Com pouco tempo de negociação entre as partes, o Grêmio anunciou no último sábado (17) a renovação de contrato do treinador Renato Gaúcho. Em reunião realizada na casa do vice-presidente de futebol do Grêmio, Adalberto Preis, entre a diretoria gremista e o empresário do treinador, Odorico Roman, ficou acertado que Renato Portaluppi permanecerá na equipe por mais um ano.

Renato Gaúcho comemorando título da Copa do Brasil de 2016.

Renato Gaúcho comemorando título da Copa do Brasil de 2016.

Segundo veículos da imprensa brasileira, com esse novo contrato, Renato receberá entre R$ 450 mil à R$ 500 mil por mês. Um dia antes do anúncio oficial, Adalberto Preis já havia confirmado a permanência do treinador. “Está tudo alinhavado, mas vamos esperar o anúncio do presidente (Romildo Bolzan Júnior)”. Durante os quatro dias de negociação, o Grêmio apresentou na última quarta-feira (14) sua primeira oferta ao empresário de Renato Gaúcho, Odorico Roman, o Gauchinho, que por sua vez repassou os detalhes da proposta para o treinador, que está de férias no Rio de Janeiro. Portaluppi pediu para seu empresário mandar uma contraproposta, a qual chegou ao Grêmio na quinta-feira (15), onde o principal pedido feito pelo treinador era uma valorização doo seu salário. Para o treinador, Renato merecia um aumente no seu salário por ter encerrado o jejum de 15 anos sem m título de expressão para o Grêmio, que no começo do mês conquistou a Copa do Brasil, e também pelo seu histórico como treinador da equipe, já que em 2013 tirou a equipe gremista do limbo no Campeonato Brasileiro e levou-a para a Copa Libertadores. Porém, o Grêmio recusou a contraproposta na sexta-feira, realizando na tarde de sábado uma reunião onde as partes entraram em um acordo de acertaram um novo contrato, com validade até o fim de 2017 e com novos salários.

Assumindo o Grêmio depois da saída do técnico Roger, Renato Gaúcho herdou o bom trabalho feito pelo seu antecessor e mesmo sendo derrotado na sua estreia, na partida de volta das semifinais da Copa do Brasil contra o Atlético Paranaense, contou com as defesas de Marcelo Grohe nos pênaltis e chegou a final da competição. Depois de duas partidas da final, vencendo fora de casa por 1×3 e empatando em casa em 1×1, Renato Portaluppi encerrou o jejum de grandes títulos do Grêmio, consagrando-se campeão da competição.

O jogador Renato Gaúcho  

Renato Gaúcho jogador do Grêmio.

Renato Gaúcho jogador do Grêmio.

O técnico do Grêmio Renato Portaluppi, mais conhecido como Renato Gaúcho é atual campeão da Copa do Brasil de 2016 pelo Grêmio. Com 54 anos, Renato Gaúcho acumula vasta experiência no futebol, contando com a experiência que teve como jogador profissional, são 34 anos de futebol, além disso, grandes títulos na carreira de jogador como Copa Libertadores da América e Mundial de 1983 pelo Grêmio, Copa do Brasil pelo Flamengo em 1990, além de outros campeonatos estaduais o credenciaram um dos maiores jogadores da década de 80 e 90.

Sua carreira profissional no futebol já nasceu vitoriosa, após passar pelo clube da cidade de Bento Gonçalves, o Clube Esportivo Bento Gonçalves, Renato Gaúcho foi indicado para o Grêmio, onde terminou sua formação de base e foi lançado profissionalmente em 1982 com 20 anos de idade, entrou em um time recém campeão brasileiro de 1981 e logo em 1983 conseguiu com a ajuda de Renato Gaúcho ser campeão da Copa Libertadores da América e campeão Mundial (Copa Intercontinental) de 1983 em um jogo contra o Hamburgo da Alemanha onde o Grêmio venceu por 2×1 com dois gols de Renato Gaúcho.

Após este começo meteórico, Renato Gaúcho simplesmente ficou supervalorizado, foi negociado com o Flamengo em 1987 e encerrou esta primeira passagem pelo Grêmio com 74 gols em 65 jogos, ajudando a conquistar também dois Campeonatos Gaúchos, de 1985 e 1986. No Flamengo jogou até 1988, foi para a Roma da Itália em 1988, depois voltou para o Flamengo e conquistou entre os títulos o título de maior expressão foi a Copa do Brasil de 1990. Atuou ainda pelo Botafogo, e no Cruzeiro em 1992 foi campeão mineiro e campeão da Supercopa Libertadores. No Fluminense conquistou o Campeonato Carioca de 1995 e encerrou sua carreira no Bangu em 1999.

Renato Gaúcho ainda teve uma história na seleção brasileira, sendo um grande jogador na década de 1980 e 1990, também foi convocado para a seleção brasileira, perdeu a chance de disputar a Copa do Mundo de 1986 sob comando de Telê Santana por questão de indisciplina, na Copa do Mundo de 1990 foi convocado e participou da Copa sendo reserva de Muller e Careca, Renato acabou entrando nas oitavas de final contra a Argentina, mas não conseguiu ajudar o Brasil a reverter o placar de 1×0 e foram eliminados naquela ocasião. Ao total, Renato Gaúcho jogou 43 partidas pela seleção brasileira e fez somente 4 gols.

O técnico Renato Gaúcho

Renato Gaúcho em sua terceira passagem como técnico do Grêmio.

Renato Gaúcho em sua terceira passagem como técnico do Grêmio.

Renato Gaúcho estreou como técnico pelo Madureira em 2000 e iniciava uma segunda parte de sua carreira que também seria vitoriosa. O técnico Renato Gaúcho praticamente iniciaria sua nova carreira nos times cariocas Fluminense e Vasco da Gama onde até 2009 alternou entre um e outro por várias vezes, neste período conseguiu ser vice-campeão da Copa do Brasil pelo Vasco e campeão da Copa do Brasil em 2007 pelo Fluminense, levando o clube carioca para a Copa Libertadores da América de 2008 onde foi vice-campeão.

Em 2010 assumiu o Bahia e no mesmo ano voltou para o Grêmio, clube onde era idolatrado e conquistou a Taça Piratini de 2011. Em 2011 foi técnico do Atlético Paranaense e em 2013 assumiu o Grêmio novamente e foi vice-campeão brasileiro. Em 2014 assumiu o Fluminense e agora em 2016 voltou para o Grêmio para conquistar a Copa do Brasil de 2016. Após ser campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio em 2016, Renato Gaúcho criou polêmica em dizer que futebol é igual andar de bicicleta, não se esquece. Que alguns precisam ir para Europa estudar e se aperfeiçoar, mas ele pode ir para a praia, querendo insinuar que ele já sabe e não precisa estudar e nem se aperfeiçoar. Muitos disseram que Renato Gaúcho é assim mesmo, fanfarrão, mas mesmo assim Renato foi muito criticado, pois uma pessoa na posição dele pode influenciar negativamente os mais jovens, deixando uma impressão que o estudo não é importante, enfim, o Renato Gaúcho é uma figura a parte e tem seus méritos.

Boas Apostas!