Depois da tragédia com o avião da Chapecoense na Colômbia, onde grande parte do seu elenco e comissão técnica acabaram mortos, a equipe catarinense terá muito o que fazer para montar um elenco novo para a próxima temporada.

Douglas Grolli com a camisa da Chapecoense.

Douglas Grolli com a camisa da Chapecoense.

Para isso, várias equipes brasileiras já se mostraram dispostas a ajudar a atual campeã da Copa Sul-Americana, emprestando de graça ou pelo menos quase de graça alguns jogadores que não eram muito utilizados dentro dos seus respectivos elencos. E foi justamente por isso que Cruzeiro anunciou recentemente que emprestará para a Chapecoense o zagueiro Douglas Grolli, que pertence ao clube mineiro, mas que estava emprestado à Ponte Preta durante 2016. Aos 27 anos, o jogador catarinense será emprestado com um contrato válido até o fim de 2017, tendo 80% do seu salário pago pelo Cruzeiro e os outros 20% pela Chapecoense, sendo que esse percentual deverá diminuir ao longo do ano, dependendo ainda de acordos. Chegando ao Cruzeiro em 2015, Douglas não teve muitas chances na equipe mineira, sendo assim emprestado para a Ponte Preta para a disputa do Campeonato Brasileiro. Na equipe paulista o zagueiro disputou 37 partidas, marcando seis gols e ajudando a equipe a terminar o Campeonato Brasileiro na oitava colocação, garantindo uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem.

Depois do acidente envolvendo a delegação da Chapecoense, o zagueiro viajou até Chapecó para participar das homenagens às vítimas, já que conhecia parte da comissão técnica e jogadores por ter sido revelado pela equipe. Mesmo sabendo do interesse de pelo menos dois clubes em contrata-lo, Douglas quis desde o início participar da reconstrução do clube catarinense onde foi formado e por quem foi revelado ao futebol profissional. O jogador será o primeiro reforço da Chapecoense para 2017, porém, o clube ainda anunciará um pacote de jogadores para a próxima temporada, quando disputará vários torneios, entre eles o Campeonato Catarinense, o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores. Nenhum anúncio oficial sobre o empréstimo do zagueiro Douglas Grolli foi dado, porém, o irmão do jogador, Márcio Grolli, afirmou que a negociação está encaminhada. “Pode confirmar”, afirmou Grolli.

Formado em Chapecó

Douglas Grolli em uma das suas passagens pela Chapecoense.

Douglas Grolli em uma das suas passagens pela Chapecoense.

Douglas Ricardo Grolli, ou apenas Douglas Grolli, nasceu em São Miguel do Oeste, em Santa Catarina e defendeu na sua juventude a Chapecoense. Em 2008, estreou como profissional pela equipe catarinense, defendendo-a até 2011 e participando de grande parte das campanhas vitoriosas que conseguiram o sair da Série D do futebol brasileiro para chegar em cinco anos na Série A do Campeonato Brasileiro. Tratando-se de títulos, o zagueiro conquistou o Campeonato Catarinense de 2011, além do acesso para a Série C. Depois de atuar pela Chapecoense, Douglas Grolli foi contratado pelo Grêmio em 2012, porém, depois de um ano sem muitos espaços na equipe titular, foi emprestado ao São Caetano, onde disputou vinte e cinco partidas e marcou dois gols.

Em 2014, o zagueiro deixou a equipe paulista e foi emprestado ao Londrina, onde ficou pouco tempo, disputando nove gols e marcando dois gols. Ainda no mesmo ano, voltou para a Chapecoense, dessa vez como jogador emprestado, participando do elenco que disputou a elite do futebol brasileiro, entre 2014 e 2015, disputando vinte e duas partidas e marcando dois gols. No mesmo ano, foi contratado pelo Cruzeiro, onde disputou apenas duas partidas, até ser emprestado novamente, dessa vez para a Ponte Preta, disputando 37 partidas e marcando seis gols pela equipe paulista.

Possível ida de meio-campista

Gabriel Xavier em entrevista pelo Cruzeiro.

Gabriel Xavier em entrevista pelo Cruzeiro.

Além de emprestar o zagueiro Douglas Grolli, o Cruzeiro está perto de acertar também o empréstimo do meio-campista Gabriel Xavier. O jogador havia sido emprestado para o Sport durante o ano de 2016, conseguindo fazer um bom trabalho na equipe, porém, como não acertou sua permanência na equipe e não será aproveitado pelo Cruzeiro em 2017, poderá ser o segundo reforço da Chapecoense. Assim como aconteceu com Douglas Grolli, caso seja acertada o empréstimo de Gabriel Xavier para a Chapecoense, grande parte do salário do meio-campista será pago pelo Cruzeiro. Com passagens pela Portuguesa e pelo Cruzeiro, Gabriel Xavier disputou 40 partidas pelo Sport em 2016, sendo 28 delas pelo Campeonato Brasileiro, marcando ao todo quatro gols e dando três assistências.

Com a chegada desses dois reforços e de mais alguns outros jogadores com quem a diretoria da Chapecoense negociará para a próxima temporada, esperamos que a equipe catarinense continue sua linda história no futebol nacional, já que em 2017 defenderá seu título na Copa Sul-Americana, além de disputar a Copa Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Boas Apostas!