Chegando praticamente no fim do Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta anunciou na última sexta-feira (02) que o técnico Eduardo Baptista esta deixando o comando da equipe. O anuncio foi feito através do site oficial da equipe e confirmado em uma coletiva de imprensa.

Eduardo Baptista como treinador da Ponte Preta.

Eduardo Baptista como treinador da Ponte Preta.

Segundo o clube paulista, Eduardo decidiu se desligar da Ponte depois de receber uma proposta financeiramente maior do Palmeiras, atual campeão brasileiro. “O Eduardo me procurou ontem (quinta), pedindo desligamento da Ponte Preta. Ele tem algumas situações a serem definidas e ele prefere resolver fora do clube. Foi muito importante aqui na Ponte. Gostaria de dizer que Eduardo foi um cara importante, um profissional competente, amigo. Acho que está indo para uma coisa pelo menos financeiramente melhor. Desejo toda a sorte do mundo para ele”, afirmou o presidente da Ponte Preta, Vanderlei Pereira. Inicialmente, a equipe paulista estaria cobrando uma multa rescisória do contrato de Eduardo Baptista, porém, ainda está aberta a possibilidade de um acordo entre as partes. O treinador já havia renovado o seu contrato com a Ponte em junho, quando o Corinthians manifestou interesse pelo técnico, que acabou assinando um novo contrato com a Macaca para até o fim de 2017.

Desde abril deste ano no comando da Ponte Preta, Eduardo Baptista disputou 43 partidas, conseguindo 17 vitórias, 11 empates e 15 derrotas. Além disso, deixou a equipe na décima colocação do Campeonato Brasileiro (até a 37ª rodada), estando seis pontos atrás da zona de classificação para a Libertadores e oito pontos a frente da zona de rebaixamento.

Felipe Moreira é efetivado

Felipe Moreira comandando a Ponte Preta contra o Internacional.

Felipe Moreira comandando a Ponte Preta contra o Internacional.

No mesmo dia em que anunciou a saída de Eduardo Baptista, a Ponte Preta também comunicou a efetivação de Felipe Moreira, então auxiliar-técnico da equipe e que a partir do ano que vem será o treinador da equipe. “Não paramos, já sabíamos desse risco de perder (Eduardo Baptista), então estou anunciando que Felipe Moreira será o técnico da Ponte em 2017. Foi uma unanimidade entre a diretoria, tem o mesmo perfil do Eduardo, e acreditamos que tem total condição de dar sequência ao trabalho”, afirmou Hélio Kazuo, diretor de futebol da Ponte em coletiva de imprensa. O novo treinador da Macaca é conhecido por ser filho de Marco Aurélio, ex-jogador e treinador. Um fato curioso sobre eles é que pai e filho seguiram o mesmo caminho, atuando pela Ponte Preta como jogador e depois assumindo a equipe como treinador.

Quem também se mostrou otimista quanto a efetivação de Felipe Moreira foi Gustavo Bueno, gerente de futebol da equipe paulista, o qual afirmou que o agora treinador está pronto para assumir a Ponte, dando como exemplo o sucesso de Jair Ventura no Botafogo. “O que pesa na decisão pela oportunidade do Felipe não é a questão financeira. Entendemos que está pronto para iniciar um trabalho na Ponte. Futebol brasileiro tem mostrado novo cenário em relação a técnicos, como o Jair no Botafogo, o Zé no Flamengo, o Cabo… Por que não a Ponte não dar uma oportunidade?”. Aos 35 anos, Felipe Moreira já teve a oportunidade de comandar a Ponte Preta em nove jogos, conseguindo três vitórias e cinco derrotas, além de um empate sem gols com o São Bento pelo Campeonato Paulista deste ano, sendo que neste empate atuou como técnico interino.

Baptista pode ir para o Palmeiras

Mesmo sem um anúncio oficial, o treinador Eduardo Baptista deverá assumir o Palmeiras na próxima temporada. Já por isso, o técnico deixou a Ponto Preta depois de receber uma proposta para assumir o atual campeão brasileiro, o qual recebeu a notícia que Cuca não seguirá no comando da equipe em 2017 poucos dias depois do título. O técnico Eduardo virou uma opção para o Palmeiras depois que o treinador Roger, primeiro na lista de substitutos de Cuca, foi anunciado como o novo treinador do Atlético Mineiro, eliminando assim a possibilidade do ex-Grêmio assumir o Palmeiras. “Eu tenho algumas situações, o Palmeiras é uma, mas não tem nada fechado ainda. Seria egoísmo ouvir propostas e continuar trabalhando aqui. Não tem nada de concreto. Temos mais situações para escolher o que será melhor para mim”, afirmou Eduardo em entrevista quando deixou a Ponte. Ainda faltam alguns detalhes a serem resolvidos na contratação de Baptista por parte do Palmeiras e por isso ainda nada foi oficializado, o que deve acontecer apenas depois do fim do Campeonato Brasileiro, já que Cuca comandará a equipe por uma última vez no próximo dia 11, contra o Vitória, pela 38ª rodada da competição.

Boas Apostas!