Todas as Casas de Apostas disponibilizam mercados para jogar ao vivo. Temos a certeza que, em algum momento da sua vida de apostador, você já pensou “Vish, como que é possível eles estarem acompanhando tudo isso no mesmo tempo?”. Verdadeiramente impressionante, não é? Pois bem, nas próximas linhas, lhe deixaremos algumas ideias a esse respeito, para que você possa entender como as Casas de Apostas acompanham os jogos.

Como as Casas de Apostas acompanham os jogos em tempo real

Antes de tudo, você já vem sabendo que as maiores Casas de Apostas são grandes corporações com uma elevada quantidade de funcionários e colaboradores que estão distribuídos por diversos países. Para lá disso, porque as demandas são imensas, as operadores por negociar com empresas especializadas na coleta de dados que também possuem seus próprios funcionários e os movem para os pontos nos quais decorrem partidas. No fundo, as Casas de Apostas realizam um avultado investimento em pessoas que lhes possam fazer chegar informações necessárias para um correto acompanhamento de cada um dos eventos que estão disponíveis em suas plataformas para apostas ao vivo.

Como as Casas de Apostas acompanham os jogos

Para lá de recorrem aos serviços desse tipo de empresas para manterem suas apostas ao vivo, os dados fornecidos ajudam também, por exemplo, a definir as cotações das Casas antes de elas saírem para o mercado. Os valores são alvos de ajustes pela própria operadora e  importa que você saiba como as Casas de Apostas calculam suas odds. Esse tipo de sistemas de informação são compostos por algoritmos complexos que agregam todos os dados associados a um determinado evento.

Como é feito o acompanhamento no estádio?

A tecnologia está evoluindo todo o dia e esse processo de acompanhamento das partidas ao vivo sai facilitado. Quando as partidas não são transmitidas pela televisão, as operadoras são obrigadas a colocar alguém no terreno, habitualmente conhecido como scout. Esses profissionais estão normalmente associados a empresas especializadas e se deslocam aos estádios ou pavilhões a fim de recolher toda a informação para poderem alimentar o feed de informações em tempo real.

Atualmente, esses profissionais trabalham com um tablet ou a partir do celular. Aí, devem colocar a informação do que se está passando dentro das quatro linhas: desde escanteios, lançamentos, gols e até quem tem a bola, para que o usuário tenha acesso a esse tipo de informação no mapa de calor que costuma constar na Casa de Apostas quando a operadora não está transmitindo o evento em direto. Outro dos desafios do scout passa por “fechar” atempadamente os mercados: quando há um lance perigoso que pode dar gol, deve se antecipar e encerrar de imediato rodas as opções disponíveis. No fundo, o scout precisa fazer de tudo para evitar que a Casa de Apostas fique exposta a eventuais prejuízos em virtude de uma má leitura de jogo da sua parte.

Scouts e como as Casas de Apostas acompanham os jogos

Por esta altura, você já vem sabendo como as Casas de Apostas acompanham os jogos e provavelmente estará colocando algumas perguntas sobre os scouts. Pois bem, já lhe dissemos que os scouts são profissionais contratados por empresas terceirizadas que estabelecem esses negócios com as Casas de Apostas e cujo trabalho passa por marcar presença em estádios e pavilhões para efetuarem recolha de dados. Um scout não precisa ser um génio das apostas esportivas, mas precisa, isso sim, de entender o funcionamento dos mercados da plataforma e perceber como deve proceder ao longo de todo o evento para recolha de dados.

Como as Casas de Apostas acompanham os jogos

Foto: “Adrian Dennis/Getty”

Os scouts são destacados pelas empresas em função da proximidade aos recintos onde decorrem os jogos. Para lá do montante que recebem e que é pago a cada partida, recebem ajudas de custo para hospedagem e deslocamento.

O scout é, por isso, um profissional que é contratado para acompanhar eventos ao vivo, partilhar e registar tudo o que se está passando no campo através de um contact center que está ligado ao cliente final, nesse caso, a Casa de Apostas. Ser scout está longe de ser uma tarefa fácil, visto que esse profissional não se limita a narrar o jogo, precisando também de identificar seus momentos e estar atento à probabilidade de acontecer algo para definir, por exemplo, se deve fechar o mercado ou não. Mais do que perceber sobre apostas, o Scout deve ter algum conhecimento aportado sobre o esporte em si.

Nesse momento, você se deve estar perguntando por que existem scouts mesmo nas partidas que são alvo de transmissão. Ora, como você sabe, as transmissões pelos meios de comunicação têm um delay. Se não estiver um scout perto do gramado, o torcedor que estiver apostando no estádio poderá ter uma vantagem, dado que quem está a acompanhar pelos meios de comunicação só recolherá informação e fechará os mercados mais tarde.

Como ser um Scout de Apostas Esportivas

Para começar a trabalhar nessa área, os scouts, cuja referência é essencial para entender como as Casas de Apostas acompanham os jogos, são submetidos a diversos testes durante o processo de recrutamento. Para lá de questões relacionadas com o funcionamento do aplicativo destinado à recolha de informação, os scouts precisam fazer alguns jogos de teste antes de passarem a exercer sua atividade devidamente remunerada. O último passo do processo de recrutamento corresponde a uma derradeira entrevista e é aconselhado que os scouts dominem bem a língua inglesa. A Sportsdata é uma das empresas que trabalham na área.

Se está pensando entrar nesse mundo, se lembre: esse é um trabalho bem exigente e qualquer erro pode ser descontado na sua remuneração. Estar o mais atento possível é essencial para que tudo possa correr da melhor forma. Para lá disso, esse é um tipo de trabalho sazonal, ou seja, dificilmente poderá fazer disso sua vida, mas sim uma forma de obter algum rendimento extra e de  assistir a grandes eventos esportivos no estádio.

Boas Apostas!