Se você é fã de apostas esportivas, certamente já se interrogou sobre como as Casas de Apostas calculam as odds que apresentam em seus eventos. O valor médio das odds é sempre um aspeto tido em conta na hora de escolher em qual Casa de Apostas você quer jogar, daí que se interrogue sobre as variações discrepâncias que muitas vezes se verificam. O mesmo cenário costuma estar diferentemente cotado em cada Casa de Apostas e por isso se impõe perceber de que forma de que forma as odds são calculadas, estipuladas e quais as variáveis em causa.

O que são odds?

Resumidamente, as odds (ou cotações) são os valores associados a um determinado cenário disponibilizado para apostas. Essas odds, calculadas e colocadas por cada Casa de Apostas, refletem a probabilidade de um certo acontecimento se confirmar. Quanto mais baixa for a odd, maior a probabilidade de esse acontecimento (vitória em uma partida de futebol, por exemplo) se confirmar. Quanto mais alta, menor a probabilidade de suceder. É essa relação inversamente proporcional que se verifica quando abordamos as odds.

Vejamos um exemplo concreto. Imagine que a seleção do Brasil se prepara para jogar uma partida frente à Armênia. Com todo respeito que a seleção europeia nos merece, é natural que o Brasil seja claramente favorito à conquista da vitória nessa partida, daí que a odd associada à possibilidade de vitória brasileira seja tendencialmente baixa, em contraponto com a odd que contempla a possibilidade de a Armênia vencer o encontro ou até de se verificar um empate. A diferença qualitativa entre os dois times é um dos fatores que pesa na hora de definir as odds, como é por demais evidente. Todos os dados associados a esse desafio são previamente analisados e escrutinados antes que as odds saiam para o mercado. Nas próximas linhas, poderá entender que procedimentos são adotados, como as Casas de Apostas calculam as odds, saber como asseguram sempre seu lucro e o porquê de existirem diferenças ao nível das odds de Casa para Casa.

Como as Casas de Apostas calculam as odds

 

Como se interpretam as odds?

As odds definidas pelas Casas de Apostas indicam o valor que receberá por cada real que investir em determinado cenário. Calcular o lucro potencial é muito simples: você observa qual o valor da odd e o multipla pelo montante que pretende investir. Confuso? Vamos a mais um exemplo.

Imaginemos que a vitória do Brasil frente à Armênia em um amistoso de seleções está cotada a 1.20. Se você apostar R$ 10, você terá um retorno de R$12. Já a probabilidade de a Armênia surpreender e vencer está avaliada a 10.00. Se você colocar R$ 10 na vitória do time europeu, poderá faturar algo como R$100. É sempre uma questão de multiplicar seu investimento pelo valor estipulado pela Casa de Apostas. Claro que, pelo meio, terá também a possibilidade de se verificar um empate. Nota para o fato de os valores das odds acima serem meramente ilustrativos e não se encontrarem de acordo com as reais probabilidades disponibilizadas por uma Casa de Apostas para esse evento.

Em suma: quanto maior a probabilidade de um determinado cenário se verificar, menor a odd. Quanto menor a probabilidade, maior a odd. Tão simples quanto isto. Mas afinal, que tipos de odds existem e como as Casas de Apostas calculam as odds?

Diferentes tipos de odds

Odd Decimal

Na generalidade das Casas de Apostas que estão operando no Brasil, você encontrará odds decimais por defeito, dado que esse é o formato habitualmente utilizado pelos apostadores brasileiros, assim como o mais simples de entender. O exemplo que colocámos acima considera precisamente odds em formato decimal. No entanto, no mundo das apostas esportivas online, poderá encontrar Casas que optam por apresentar suas odds em outros formatos, nomeadamente odds fracionais ou odds americanas. Em que é isso diferente? Tão somente na forma como a odd (ou cotação) é apresentada aos usuários da Casa de Apostas, nada mais. O valor em causa é exatamente o mesmo, mas apresentado em um formato diferente. Grande parte das Casas de Apostas apresentam ao usuário a possibilidade de alterar o formato das suas cotações, mas no caso brasileiro, está claro que as odds decimais (também conhecidas como europeias) são as mais fáceis de interpretar. Ainda assim, abordaremos os outros dois formatos em causa.

Odds Fracionárias

Tal como o próprio nome indica, são odds que se apresentam de forma fracional. Por outras palavras, traduzem seu potencial lucro por stake apostada. Pense em uma odd fracionária com o formato “y/x”. Nesse caso, o formato fracionário traduz o lucro (y) por cada stake (y) apostado.

Se você jogar um stake de R$ 10 em uma odd fracionária de 3/1: 10*3=R$ 30 de lucro

Odds Americanas

Habitualmente usadas em Casas de Apostas americanas, esse tipo de odds costuma ser apresentada com os símbolos matemáticos “+” ou “-“. O formato é bem diferente do convencional e é totalmente normal que se você se sinta bem confuso ao observar cotações americanas pela primeira vez, mas a realidade é que é bem simples calculá-las. Sempre as odds aparecem com o sinal “+” associado, isso significa nosso lucro potencial com uma stake de 100$. Já quando é o sinal “-“ que surge associado à cotação, essa odd nos indica que valor devemos apostar para ganhar 100$.

Por norma, qualquer Casa de Apostas permite que seus usuários ajustem as odds, portanto você não precisa quebrar sua cabeça quando surgirem valores em formatos aos quais não está acostumado. Por vezes basta aceder as definições, alterar suas preferências e passará a poder consultar suas cotações da forma que lhe for mais conveniente.

Como é calcular as probabilidades de um jogo pelas odds?

Converter o valor de uma odd em ganho percentual é bem simples. Para isso, basta verificar o valor associado a cada cenário. Uma vez verificado, divide 1 pelo valor da cotação e posteriormente multiplica por 100. Desse modo, perceberá percentualmente qual a probabilidade de acerto de uma determinada odd – ou de um determinado cenário se verificar. Passemos então a um exemplo prático, por forma a explicarmos como as Casas de Apostas calculam as odds e lucram independentemente do desfecho de um evento e das apostas que sejam efetuadas pelos seus usuários…

Vamos considerar as odds pré-jogo atribuídas pela Betano para o confronto entre Real Madrid e Liverpool, válido pela Liga dos Campeões.

Vitória do Real Madrid @2.52
1 / 2.52 = 39,68%

Empate @3.60
1 / 3.60 = 27,7%

Vitória do Liverpool @ 2.67
1 / 2.67 = 37,45 %

Os arredondamentos foram feitos às décimas e, somando todas essas probabilidades, teremos um resultado de 104,83%, um valor superior a 100%. Estranho, hein?! É aqui que você começa refletindo sobre como as Casas de Apostas calculam as odds…

odds betano

Nesse momento, se estará questionando por que isso acontece e qual a razão para que as probabilidades de um desafio não sejam de 100%. A resposta é simples: é desse modo que as Casas de Apostas garantem lucro independentemente das apostas realizadas e do desfecho da partida. Aconteça o que acontecer no jogo, a Casa tem garantida uma margem de ao menos 4,83%. Esse é o mecanismo de proteção de qualquer Casa de Apostas e você já estará percebendo melhor o porquê de existirem odds e cotações que variam de Casa para Casa. Se recorde: quanto maior a margem da Casa de Apostas, menos lucro potencial têm os apostadores, dado que as odds não serão tão ajustadas.

Mas afinal, quem define as cotações?

Estamos em pleno século XXI e, aos dias de hoje, você sabe perfeitamente que existem softwares para tudo e mais alguma coisa, assim como sistemas matemáticos que combinam um “sem fim” de variáveis. Ora, no mundo das apostas esportivas, são mobilizados diversos recursos que permitem definir as odds associadas a todos as competições, eventos e respetivos mercados. Em jogo estão diversos fatores e dados considerados, assim como, em alguns casos, opiniões de especialistas. Você já estará pensando que todo esse processo que diz respeito à definição das odds envolve grande complexidade e pode ter a certeza absoluta que é mesmo assim. Afinal, o trabalho ao nível de definição das cotações não termina quando as mesmas saem para o mercado. Uma Casa de Apostas é um negócio e você não pode esquecer isso. Após estabelecidas as cotações para 100 por cento, a Casa precisa “mexer” com o valor das odds por forma a incluírem uma margem de lucro. Assim, antes de disponibilizar as odds, as Casa de Apostas têm que incluir sua margem de lucro, daí que as odds não reflitam sempre probabilidades de 100 por cento, tal como pudemos observar no exemplo que colocámos acima. Assim, você já está percebendo como as Casas de Apostas calculam as odds.

Flutuação das odds

Após saírem para o mercado, as cotações passarão a ser condicionadas em função daquilo que é o comportamento dos apostadores. As Casas de Apostas tentam prever o comportamento dos seus clientes e isso implica mexer com as odds constantemente. Quando o volume de apostas (dinheiro investido) aumenta em relação a uma determinada opção que está no mercado, a odd associada a esse cenário vai descendo progressivamente, como é natural.

Como as Casas de Apostas calculam as odds

E agora você se estará perguntando por que isso acontece: nada mais simples. Imagine, por exemplo, que um jogador muito importante se machuca e passa a ser desfalque confirmado para uma partida. É normal que a equipe desse jogador fique mais fragilizada e isso faça com que os apostadores possam espreitar a oportunidade do time adversário vencer o desafio.

Classificar as odds

Uma vez concluído seu estudo em relação a um determinado evento e analisadas todas as variáveis que você costuma contemplar, você avança para a avaliação das odds associadas a cada um dos cenários que teve sob a análise, percebendo se existe valor ou não nas cotações que a Casa de Apostas está disponibilizando. De um ponto de vista global, diríamos que podem categorizar as odds em quatro categorias distintas:

  •   1,01-1,14. Odds muito baixas
  •   1,15-1,49. Odds baixas
  •   1,50-1,99. Odds médias
  •   +2. Odds altas

Dessa forma, você perceberá se vale ou não a pena apostar em um determinado cenário. Não há uma resposta linear em relação a isso, mas está claro que, para apostas simples, você sempre debruçará em odds médias/altas. De 1.60 a 1.70 para cima, você já considerará um investimento em simples, dado que isso lhe poderá vir a permitir um retorno na ordem dos 60 a 70 por cento. Abaixo disso, está claro que juntar algumas odds com valores mais baixas poderá fazer com que consiga uma boa odd em múltipla, mas se lembre: valerá a pena o risco? Tem odds que mesmo em múltipla podem e devem ser evitadas. Você quer mesmo perder sua múltipla com três ou quatro seleções por conta de uma “zebra” que lhe tirou seu lucro por uma odd de 1.05? É isso que você precisa pensar. Reflita sobre isso, adote sua mesma metodologia que poderá até por passar por rejeitar odds abaixo de um determinado valor.

Em suma, existem diversas estratégias distintas e não há uma só forma de abordar o mercado, fazer suas apostas esportivas e procurar lucrar com apostas esportivas. Você necessita adotar uma estratégia em que acreditar, ser fiel aos seus procedimentos e, sobretudo, se sentir confortável e identificado com a mesma. Apostar será sempre sobre ganhar e perder, tal e qual como o esporte. Aquilo que você pretende é que suas vitórias se sobreponham às derrotas e que seus ganhos em apostas esportivas sejam maiores que as perdas. Tudo isso requer estudo, preparação e muito rigor.

Apostar não é só sobre matemática

Acima incidimos em diversas questões matemáticas, abordando também a conversão de uma odd em ganho percentual. No entanto, fizemos isso para lhe dar a conhecer de que forma é que as Casas de Apostas garantem seu lucro independentemente das apostas que seus usuários façam ou do desfecho de um determinado evento. Antes, abordámos a forma como as Casas de Apostas procedem à definição das odds e lhe garantimos que os modelos e softwares utilizados, monitorados também por especialistas, consideram numerosos fatores. Então, se as Casas fazem isso no momento de definirem suas cotações, por que é que você não vai adotar um comportamento semelhante antes de proceder ao investimento, por exemplo, em uma aposta em futebol? Se lembre: você tem que ir para lá das odds e das tendências, precisando efetuar seu estudo prévio antes de apostar. Porém, o valor das odds deve ser determinante para sua decisão. Vejamos um exemplo prático.

O exemplo do Cara ou Coroa

Quando você joga cara ou coroa, você tem duas chances possíveis: precisamente sair cara ou coroa. Para uma “moeda padrão”, as chances de sair uma ou outra face da moeda são exatamente as mesmas, ou seja, de 50 por cento para cada lado. Ora, em um cenário ideal (sem pensar em margens da Casa), as odds justas seriam de 2.00 para ambos os cenários, dado que se você dividir 100% por 50%, 100/50= 2.00. Imagine, por hipótese, que a possibilidade de sair cara está a 3.00 e a de sair coroa está a 1.50. Dado que você considera (e sabe) que há 50 por cento de hipóteses para cada lado, então fará sentido você arriscar na possibilidade de sair cara. Porquê? Se trata de um cenário com valor. Tem o risco de perder, mas teoricamente, a possibilidade de ganho vale o risco de perder. Levar este tipo de abordagem para suas apostas esportivas é essencial, para que perceba melhor cada cenário e faça com que valha a pena correr o risco.

Boas apostas!