Os primeiros rumores surgiram há cerca de uma semana e agora vão ganhando contornos de certeza: Cristiano Ronaldo não deverá estar entre os três finalistas do Ballon D’Or, distinção atribuída pela “France Football” ao melhor jogador do mundo.

Foto: "Juventus/Divulgação"

Foto: “Juventus/Divulgação”

A notícia é avançada esta quarta-feira (21) pelos italianos do “Tuttosport” e do “Corrière dello Sport”. Cristiano Ronaldo não deverá ser um dos últimos três concorrentes à conquista do Ballon D’Or, prémio que vai ser entregue no próximo dia 3 de dezembro. Na manchete do “Corrière dello Sport” pode mesmo ler-se “Chapada a Ronaldo”.

A mesma fonte avança que para além de Luka Modric, o mais forte candidato à conquista do troféu sobretudo depois da atribuição do “The Best”, os outros dois finalistas serão os campeões do mundo Varane e Mbappé. Leo Messi também está arredado dos prémios assim como Antoine Griezmann, campeão do mundo que também era apontado como potencial finalista.

Luka Modric

Vice-campeão do mundo com a seleção croata, campeão da Europa ao serviço do Real Madrid, agraciado com o prêmio “The Best” da FIFA e melhor jogador da Copa do Mundo 2018. O criativo Luka Modric é o principal candidato à conquista do galardão nas principais casas de apostas. Caso o seu nome seja confirmado entre os três finalistas, será a primeira vez para Lika Modric. A Croácia não tem um finalista nomeado para o Ballon D’Or desde 1998, ano em que Davor Suker, também jogador do Real Madrid, ficou no segundo posto atrás de Zinedine Zidane.

Mbappé

Campeão do mundo aos 19 anos e eleito melhor jogador jovem da Copa 2018, Kylian Mbappé é um fenômeno nos gramados e tem tudo para se tornar uma das maiores referências da história do futebol. O “príncipe” do Parc do PSG vai deslumbrando e sua preponderância na caminhada gaulesa em solo russo justifica a presença nesse lote. Vencedor de todos os troféus coletivos em França na última temporada e melhor jogador jovem da competição, Mbappé não é mais um “rookie”, mas sim uma certeza.

Varane

Caso se confirme, será a nomeação mais questionada. Varane dispensa apresentações, se sagrou campeão do mundo pela França e da Europa pelo Real Madrid, atuando com regularidade tanto na seleção quanto no clube. Ainda assim, haverá decerto quem considere que a sua influência/nível individual não justifique a presença nesse lote.

Há 12 anos que não se via algo assim

As das últimas edições do Balon D’Or foram ganhas por Cristiano Ronaldo, sempre com Leo Messi na segunda posição. Precisamos recuar 12 anos, até 2006, para encontrarmos a última ocasião em que Ronaldo e Messi não estiveram entre os três finalistas para a premiação. Nesse mesmo ano, Fabio Cannavaro venceu Buffon e Thierry Henry. Desde 2008 que o prêmio é atribuído a Ronaldo ou Messi.

Boas apostas!