O diferendo entre Riascos e a diretoria do Cruzeiro chegou ao fim. O atacante colombiano terminou seu polêmico processo de desvinculação e já foi oficialmente apresentado como reforço do Millonarios do seu país natal.

Afastado desde julho

Foto: "Millonarios FC"

Foto: “Millonarios FC”

Riascos não disputa uma partida oficial há sete meses, desde que concedeu uma entrevista polêmica após uma derrota do Cruzeiro frente ao Fluminense por dois a zero. O atacante colombiano foi a jogo no segundo tempo e mostrou-se insatisfeito em declarações à imprensa: “Não é normal, não estou feliz aqui por tudo o que está acontecendo. Há que procurar uma solução, não podem tirar minha felicidade para vir jogar esta m**** aqui”, atirou. Algum tempo depois do desabafo, o jogador contratado pelo Cruzeiro em janeiro de 2015 se desculpou ao dizer que o xingamento não era direcionado para o clube, mas a diretoria já havia tomado posição: Thiago Scuro, diretor de futebol do Cruzeiro, foi a voz da indignação dos responsáveis e se prontificou a anunciar que o atleta não fazia mais parte do elenco. A partir daí, o atacante colombiano deixou Belo Horizonte e não mais regressou, procurando resolver seu futuro para voltar a jogar. O fato de estar há sete meses sem competir oficialmente prejudica bastante sua situação, porém, o Millonarios investiu em seus serviços. Revelado no America de Cali, Duvier Riascos ruma a Bogotá para vestir a camisa dos “Millos”, já acertou as bases salariais com os responsáveis do clube e também realizou os indispensáveis exames médicos. Em declarações à imprensa colombiana, o jogador garantiu que também tem autorização para jogar pelo Millonarios e quer integrar as sessões de treinamento o mais depressa possível para poder ganhar ritmo, voltar à melhor forma física e aos gols.

Riascos já veste a camisa do Millonarios

Embora afastado do elenco e de Belo Horizonte, Riascos foi sempre um peso na folha salarial cruzeirense, daí que o presidente Gilvan de Pinho Tavares tenha revelado a intenção de lucrar com a saída do atacante. No fim de 2016, a imprensa brasileira noticiou que o Tribunal Superior do Trabalho tinha determinado que Riascos deveria pagar cerca de $2,30 milhões para deixar o clube, porém, nas últimas semanas, o jogador apresentou o recurso que dá direito a deixar o clube e assinar contrato com outro sem indemnizar o “Raposa”, algo que acabou por acontecer. A imprensa colombiana não revelou pormenores quanto a acordo e seus valores, mas assegurou que o Cruzeiro deverá receber uma compensação financeira do Millonarios, acordo que permitiu facilitar a chegada de Riascos e pôs fim a uma longa batalha jurídica entre o Cruzeiro e o jogador.

“O “Millonarios FC dá as boas-vindas ao atacante Duvier Riascos, que chega de futebol brasileiro com uma larga carreira em que militou em 11 equipes, somando mais de 100 gols desde seu debute em 2005 com América de Cali. Riascos chega à nossa equipe para aumentar sua cota goleadora e contribuir para conseguir os objetivos traçados para esta temporada”, pode ler-se no site oficial do time de Bogotá.

Boas Apostas!