Mesmo que se tenha iniciado recentemente no mundo das apostas esportivas online, estamos certos de que já se deparou em algum momento com o conceito de rollover. Mas afinal, o que é rollover? Nas próximas linhas vamos esse conceito que é bem mais simples do que você possa pensar.

Rollover em bônus de boas-vindas

O conceito de “rollover” surge várias vezes associado aos bónus de boas-vindas que são disponibilizados pelas Casas de Apostas. Assim que você efetua seu cadastro, é agraciado com uma bonificação que, na maioria das vezes, corresponde a uma percentagem do valor que você depositou. No entanto, mesmo que você queira, não poderá levantar o valor do bônus de imediato. É aí que entra a questão do rollover…

Ainda que o valor do bônus lhe seja atribuído, você precisa de o jogar para que esse montante seja, ao fim ao cabo, convertido em “saldo real”. Por outras palavras, você precisa “liberar” esse valor de bônus, proceder a sua conversão e a partir daí, se entender, proceder ao saque. As Casas de Apostas têm diferentes exigências para que esse bônus seja convertido em saldo real, mas na maioria das vezes, terá que apostar o valor de bônus um determinado número de vezes ou investir esse valor em odds com um certo valor mínimo.

A Bet365 tem um interessante bônus de boas-vindas e seu rollover é bem simples. Se ligue na oferta!

o que é rollover

Como se cumpre

Agora que você já está sabendo o que é o rollover e se encontra identificado com o conceito, precisa saber como se cumpre o rollover. Como lhe dissemos acima, para esse efeito, a operadora lhe pode exigir uma das seguintes coisas ou até mesmo uma combinação de ambas:

  • Apostar o valor do bônus um determinado número de vezes
  • Apostar o bônus em odds com um valor mínimo definido pela operadora

Vejamos um exemplo concreto. Você efetua um depósito e recebe um bônus no valor de R$200. Se a Casa de Apostas estipular que o rollover é de 10 vezes o valor do bônus, então você precisa apostar R$2000 antes de o bônus ficar convertido em dinheiro, tal e qual como o montante que você depositou em sua conta de jogador.

Assim que você cumprir essa exigência, o valor do bônus ficará liberado para saque, independentemente do valor: quer seja R$200, R$50 ou qualquer outro valor.

Por outro lado, você também poderá ter que jogar esse valor do bônus em odds mínimas, ou seja, cotações acima iguais ou superiores a um determinado valor. Com isto, as Casas de Apostas procuram impedir que você jogue o montante de bônus em odds de 1.01 ou 1.05 que fariam com que você tivesse uma elevada probabilidade de conseguir liberar o bônus. Por norma, as cotações mínimas para efeitos de rollover são a partir de 1.50.

Você já está vendo que essa é uma abordagem bastante genérica à questão do “rollover”, mas fica difícil ter uma abordagem mais concreta sobre o tema do “rollover” tendo em conta que cada Casa de Apostas aplica seus critérios. Como tal, aconselhamos a que leia sempre os termos e condições relativos aos bônus. Sabemos que por vezes é entediante ler as “letras pequenas”, mas só dessa forma se poderá inteirar sobre aquilo que precisa fazer para converter o valor de bônus em saldo real e, a partir daí, o resgatar se assim for do seu interesse. Assim, existem quatro tópicos que você deve ter sempre em consideração relativamente ao rollover:

  • Qual é o valor total para efeitos de rollover?
  • Quantas vezes preciso de investir o dinheiro para converter o bônus?
  • Se existir, qual a odd mínima para cumprir com os critérios de rollover?
  • Que prazo tenho para cumprir o rollover?

Se souber responder a essas quatro questões, estará mais perto de conseguir cumprir com os critérios exigidos pela operadora de apostas e, consequentemente, poderá converter o saldo de bônus em saldo real, aumentando a sua banca e ficando com a possibilidade de resgatar esse valor assim que quiser.

Bet365: Bônus de Boas-Vindas até R$200

Conselhos para cumprir o rollover

Antes de mais, voltamos a sublinhar que cada Casa de Apostas tem seus critérios de rollover. No entanto, há dicas que são, de certa forma, genéricas. Algumas das dicas que vamos dar em seguida são extensíveis ao mundo das apostas esportivas e devem ser aplicadas por forma a que tenha sucesso:

  • Antes tudo, você deve ler de forma cuidadosa e atenta todas as condições associadas ao rollover, uma vez que, insistimos, esses critérios variam de operadora para operadora. Por forma a não ser surpreendido, aconselhamos que leia tudo por forma saber exatamente tudo aquilo que precisa fazer até a tão ambicionada conversão.
  • Ser paciente. Sabemos que a maioria dos bônus de boas-vindas têm um prazo, mas o período ao longo do qual estão disponíveis costuma ser bem extenso. Cada dia proporciona novas e diversificadas oportunidades para apostar. Tenha isso em consideração e não saia apostando seu bônus em tudo o que aparecer com a ambição desmesurada de proceder à conversão com a maior velocidade possível.
  • Aposte naquilo que conhece. Sabemos que pode até ser “tentador” apostar o valor do bônus, até porque, no fundo, nem parece que está lidando com dinheiro real. No entanto, você está fazendo um importante investimento que poderá vir a engrossar sua banca e sua capacidade de investimento. Com o saldo de bônus como com o saldo real, aposte em cenários com os quais está identificado.

Esses são alguns conselhos simples que lhe deixamos na hora de investir seu bônus de boas-vindas. Aproveite essa oportunidade dada pela operadora para proceder à conversão. Antes de efetuar o cadastro em uma Casa de Apostas, leia os termos e condições associados aos bônus. Por vezes, o bônus aparentemente mais atrativo em termos de valor é aquele que possui os critérios de “rollover” mais “apertados” ou exigentes. Assim, fique a par de tudo e se lembre: ainda que o valor de bônus possa ser mais elevado, sua conversão poderá ser também bem mais difícil e isso o tornará menos atrativo.

Boas Apostas!