Já são conhecidas as 16 nações que vão disputar as oitavas da Copa Asiática. Sem grandes surpresas a registar, a generalidade dos favoritos seguiu em frente na competição que decorre nos Emirados Árabes Unidos. A fase a eliminar da competição começa no próximo domingo (20).

Grupo A: Emirados Árabes Unidos e Tailândia

Foto: "EPA/MAHMOUD KHALED"

Foto: “EPA/MAHMOUD KHALED”

Cinco pontos foram suficientes para a seleção dos Emirados Árabes Unidos assegurar o acesso à próxima fase da competição. O time local venceu a Índia por dois a zero e empatou os duelos com Bahrein e Tailândia, terminando a chave sem derrotas.

Os tailandeses também asseguraram o acesso ao conquistarem o segundo lugar em virtude da vantagem no confronto direto. Apesar de terem terminado com os mesmos quatro pontos que o Bahrein, a única vitória conquistada nessa fase, precisamente diante do adversário direto (0-1), permitiu carimbar o passaporte para as oitavas da competição. O Bahrein seguiu em frente como um dos melhores terceiros.

Grupo B: Jordânia, Austrália e Bahrein

Fase de grupos mais complicada do que aquilo que aquilo que se previa para a campeã em título Austrália, apurada através da segunda posição com seis pontos, menos um que a líder Jordânia. Os “Socceroos” iniciaram seu per urso com uma derrota diante da Jordânia, bateram a Palestina por três a zero na segunda ronda e, no derradeiro desafio, venceram a Síria no “último suspiro” graças a um gol de Tom Rogic nos acréscimos, isso depois de terem deixado escapar a liderança do placard por duas vezes. A Jordânia, sem derrotas no percurso, nem precisou de bater a Palestina (0-0) no último encontro para se apurar na liderança do grupo B com mais um ponto que os australianos.

Grupo C: Coreia do Sul, China e Quirguistão

A Coreia do Sul é uma forte candidata ao título e se apurou para as oitavas com um pleno de vitórias. O conjunto mandado pelo português Paulo Bento se superiorizou à China treinada pelo ex-campeão mundial Marcelo Lippi na derradeira rodada e garantiu o apuramento na “pole”. Os chineses também não falharam o acesso e o Quirguistão, ao bater as Filipinas, conseguiu apurar-se com estatuto de um dos melhores terceiros colocados.

Grupo D: Irão, Iraque e Vietname

A igualdade sem gols registada na última rodada permitiu que Irão e Iraque seguissem em frente com sete pontos cada. A vantagem no “goal average” permitiu aos iranianos asseguraram o primeiro lugar em um grupo a partir do qual também se apurou o Vietname, time que bateu o Iémen e conquistou três importantes pontos que deram o acesso à fase seguinte.

Grupo E: Qatar e Arábia Saudita 

A seleção do Qatar, nação que vai receber a próxima edição da Copa do Mundo em 2020,  conquistou o grupo E com um pleno: três vitórias em outros tantos jogos, a última delas diante da Arábia Saudita, por duas bolas a zero. Líbano (três pontos) e Coreia do Norte (zero) ficaram pelo caminho.

Grupo F: Japão, Uzbequistão e Omã

Os japoneses também fizeram jus ao estatuto de candidatos ao título e venceram os três jogos na fase de grupos, conquistando o grupo na última rodada com uma vitória ante o Uzbequistão por duas bolas a uma. Omã também assegurou um lugar nas oitavas a bater o Turquemenistão por três a um.

Oitavas 

Jordânia – Vietname (20/01, 09h00)
Tailândia – China (20/01, 12h00)
Irão – Omã (20/01, 15h00)
Japão (21/01, 09h00)
Austrália – Uzbequistão (21/01, 12h00)
Emirados Árabes Unidos – Quirguistão (21/01, 15h00)
Coreia do Sul – Bahrein (22/01, 11h00)
Qatar – Iraque (22/01, 14h00)

Boas apostas!