O modelo competitivo de uma prova acaba influenciando decisivamente o desenrolar de uma partida. É por isso que importa abordar o tema “Apostas em Campeonatos vs Apostas em Copas“.

Um jogo entre dois times em uma prova de regularidade (campeonato) nada tem que ver com uma partida entre esses mesmos dois times em uma prova que se joga a eliminar (copa).

Um apostador deve ter sempre isso em conta. Para lá de olhar para as forças de um e outro time, assim como para os demais fatores que influenciam uma aposta de futebol, precisará sempre considerar a competição na qual essa partida está enquadrada.

De uma forma ou outra, o contexto acaba sempre influenciando aquilo que poderá acontecer em uma partida.

Jogue com os Melhores Bônus e Promoções

[betfair] [188bet]

Campeonatos (Provas de regularidade)

Por provas de regularidade entendemos competições com uma duração mais longo, disputadas ao longo de vários meses.

Quando falamos em provas de regularidade, nos estamos referindo a competições como o Brasileirão, a Premier League, a Bundesliga e demais ligas.

Por norma, em uma competição tão longa, vence o time mais regular. Ou seja, a equipe que ao longo de toda a competição apresentou maior capacidade para manter o nível, foi mais consistente e por isso terminou na primeira posição.

Se parar um pouco para pensar, no início de uma liga, os maiores candidatos estão bem definidos. Em algumas competições tem um leque de favoritos bem menor que em outros, mas a realidade é que, regra geral, sempre acaba vencendo um dos times que estão integrados nesse lote.

Se pensar que um campeonato é normalmente disputado por 16, 18 ou 20 times e o lote de favoritos acaba ficando reduzido a três ou, na melhor das hipóteses, a quatro equipes, então já vem percebendo o quão capaz (e regular) é preciso ser para se vencer uma prova dessa natureza.

No fundo, aquilo que lhe queremos transmitir que os campeonatos não são tão dados a surpresas, ou pelo menos não costumam acontecer tantas surpresas em termos de vencedor final. Um campeonato é sempre bem longo e é verdade que as surpresas acontecem ao longo da competição, sendo que mesmo os maiores times acabam perdendo jogos, mas é raro ter uma surpresa total em termos de campeão.

Se parar para pensar no Brasileirão ou nos maiores campeonatos europeus, exceção feita à França que durante vários anos teve diferentes campeões e hoje vive sob domínio do PSG, a realidade é que a maior surpresa talvez tenha acontecido em Inglaterra quando o Leicester superou todas as expetativas e se sagrou campeão. Semelhante acontecimento poderá ser considerado o “scudetto” alcançado pelo Napoli em Itália em 2023, embora a conquista dos “Foxes” em 2016 tenha sido bem mais surpreendente.

A regularidade é chave para vencer um campeonato. Por norma, os times que estão melhor preparados são os que acabam por conseguir aplicar essa regularidade e vencer campeonatos.

Nada é certo no esporte, mas a tendência, em uma prova de regularidade, é que a lei do mais forte se acabe impondo.

Se cadastre na Bet365 e descubra toda a oferta para apostas em futebol!

Copas (Provas a eliminar)

Dentro do leque de provas a eliminar, tem competições estruturadas de forma totalmente diferente.

Em competições como a Libertadores, por exemplo, tem os grupos e o “mata-mata” só começa nas “oitavas”, se jogando sempre em regime de ida e volta até a final, disputado a jogo único.

No caso da Copa do Brasil, as duas primeiras fases se disputam em jogo único e tem ida e volta a partir da terceira fase.

No entanto, se viajarmos até a Inglaterra, o modelo da FA Cup (Copa Inglesa), prova de clubes mais antiga do mundo, muda de figura.

Nesse caso, as eliminatórias são disputadas a um só jogo a partir da primeira eliminatória. No entanto, tem uma exceção: caso haja empate, se disputa uma partida de ida para definir quem avança. O segundo jogo, se necessário, sempre se disputa na casa do time que disputou o primeiro encontro como visitante.

Se olharmos para a realidade da Espanha, o modelo de disputa da Copa del Rey já difere em relação aos dois anteriormente apresentados.

Assim, a Copa se disputa sempre em regime de eliminatórias disputadas a um só jogo. Quando chegas nas semis, aí sim, tem jogo de ida e volta, mas a decisão também é em regime de jogo único.

Agora, deixamos uma questão: se pensar no vencedor fina de uma competição, em que contextos competitivos costumam acontecer as maiores surpresas? Nas provas de regularidade, ou seja, nos campeonatos, ou em competições a eliminar como as copas?

É bem fácil perceber. Só precisará fazer a seguinte reflexão: se há bocado puxámos o tempo atrás para recordar grandes surpresas nos maiores campeonatos e tivemos algumas dificuldades, agora faça o mesmo exercício em relação aos vencedores de copas.

Ainda que as surpresas aconteçam na Copa do Brasil, a competição não é propriamente o melhor exemplo. No entanto, vamos olhar por exemplo para a realidade da Copa del Rey, na Espanha. Em 2021/22 venceu o Bétis, em 2019/20 ganhou a Real Sociedad e em 2018/19 foi o Valência que conseguiu erguer o troféu.

As surpresas são mais propícias de acontecer em contexto de Copa. As equipe teoricamente inferiores não precisam manter o nível durante tanto tempo quanto em uma liga, podem até ter um encontro difícil, mas um percurso simpático e a realidade é que as eliminatórias disputadas a um só jogo acabam sendo autênticas finais. E como bem sabe, as finais são bem imprevisíveis…

Outro fator que não podemos perder de vista tem que ver com as opções dos técnicos.

Ainda que isso não seja uma verdade absoluta, a realidade é que, geralmente, os times teoricamente mais fortes acabam descansando suas principais referências nos jogos das copas. Ainda que sem comprometer suas aspirações se mantendo o favoritismo, essas mudanças acabam por nivelar mais as partidas – é bem importante ter em conta a gestão de times antes de apostar.

Por outro lado, tem o fator psicológico. O time que é teoricamente inferior sempre entra muito motivado por tentar a grande surpresa, mas sem a pressão sobre si já que o favoritismo está do lado contrário. Passando para a frente, o “tabuleiro vira”: o time mais forte fica com a pressão toda sobre si e o time teoricamente mais fraco acaba se motivando pelo que está acontecendo e tentando de todas as formas conservas a situação.

Conheça a oferta da 1xBet para suas apostas em futebol!

Apostas em Campeonatos vs Apostas em Copas

O contexto competitivo em que duas equipas se defrontam acaba mexendo com aquilo que o jogo pode ser. É por isso que temos esse contraste entre Apostas em Campeonatos vs Apostas em Copas.

É tão válido apostar em jogos de campeonato quanto em jogos de copas, mas não pode esquecer que são provas com naturezas distintas e que isso tem um “peso” a vários níveis e pode influenciar decisivamente a realidade de uma partida.

Um duelo entre dois times para o campeonato não é igual a um duelo entre esses mesmos dois times para a Copa. Tenha sempre isso em consideração.

Agora, uma coisa é certa: as surpresas são mais frequentes em competições com a natureza de uma copa, daí que seja difícil apostar em jogos a eliminar, que em provas de regularidade com os campeonatos.

Já vem sabendo que as principais Casas de Apostas que aceitam jogadores brasileiros disponibilizam múltiplos mercados para apostas em futebol, tanto em campeonatos quanto em copas.

Fique ligado na oferta da 22Bet para apostas em futebol!

Perguntas Frequentes

1) Onde posso apostar nas principais competições de futebol?

Aposte em competições de futebol com as melhores odds. A 1xBet, a 22Bet, a Bet365, a Betfair e a 188bet são ótimas opções a esse nível.

As melhores Casas de Apostas

[betfair] [188bet]

Boas Apostas!