O famoso “fator casa” é algo real e que com toda certeza merece a atenção de todos os apreciadores de apostas esportivas. Tem vezes em que você consegue percecionar mudanças no comportamento quando uma equipe joga como mandante ou visitante, sendo que essas mudanças podem ter que ver com questões estratégicas e se refletem depois na atuação. A própria organização tática pode variar, em nome de uma abordagem distinta. Assim, o técnico pode, por exemplo, optar por uma marcação mais adiantada no campo do adversário, com meias de marcação substituídos por meias de criação ou até uma mudança extremamente agressiva nos momentos finais no caso do mandante ainda não ter conseguido estar na frente do placar. Essa variabilidade está associada à forma de jogar da equipe, ao adversário e muitas vezes ao fato de a equipe estar a atuar como mandante ou na condição de visitante.

O apoio da torcida nas arquibancadas é um fator habitualmente analisado na hora de proceder a uma análise. Muitas torcidas ao redor do mundo são conhecidas por empurrarem seu time durante os 90 minutos de partida e isso tem, logicamente, um efeito positivo nos jogadores. Outra questão associada ao fator casa prende-se com o fato de a equipe mandante conhecer seu campo, estar acostumada com inúmeros jogos em seu estádio e por isso não precisar se adaptar. As dimensões do campo ou o próprio estado do gramado são fatores que influenciam, já para não falar em condições naturais, com alterações que se verificam sobretudo em competições continentais – você sabe o quão difícil é ir jogar na altitude da Bolívia no caso da América do Sul, ao passo que, na Europa, jogar no rigoroso inverno russo está longe de ser algo convidativo. O fator psicológico também deve ser tido em conta: o jogador, sabendo que está atuando em casa e com todos esses benefícios, tem tendência para entrar no jogo com mais confiança e portanto com melhores condições para ajudar seu time a brigar pela vitória no encontro. É claro que existem equipes muito fracas que perdem a maioria dos seus jogos mesmo atuando como mandantes, mas este tutorial tem como objetivo destacar os bons times e suas atuações em seus domínios, algo que deve considerar sempre em suas apostas esportivas. Afinal, esse é um fator tido em conta quando as Casas de Apostas calculam suas odds.

Análise do fator casa nas apostas esportivas no Brasileirão Série A

Para ilustrar tudo aquilo que estamos referindo, nada melhor que recorrer a um exemplo associado a uma competição real. No caso, utilizaremos dados do Brasileirão 2015 para provar que o fator casa é real e importante no futebol. Na altura, o Corinthians faturou  a conquista do título, enquanto o Atlético Mineiro terminou na segunda posição. A relevância do fator casa varia de contexto para contexto competitivo e aconselhamos que, caso queira começar a apostar em uma determinada prova, efetue um levantamento semelhante ao que vai conferir nas próximas linhas para que possa ter uma perceção adequada a esse nível.

Corinthians

O Corinthians fez um excelente campeonato, tanto que somou apenas cinco derrotas em todo a competição. Para lá desses cinco desaires, somou nove empates e conquistou um total de vinte e quatro vitórias. Mesmo com quase todos os jogos com apresentações impecáveis, veremos que o fator casa nos mostra diferenças no percurso da equipa.

Corinthians atuando em casa: 16 vitórias, dois empates e uma derrota. Importa destacar que a derrota aconteceu contra o Palmeiras, rival que tinha um bom time e foi o vencedor da Copa do Brasil, portanto a equipe conquistou 50 pontos dos 81 atuando em seus domínios. O Corinthians, como mandante, marcou 41 gols em um total de 71 e sofreu 11 gols dos 31 que encaixou em toda a campanha. Isto significa que:

  • 57.7% dos gols foram marcados como mandante
  • 35.5% dos gols foram sofridos como mandante
  • 61.7% dos pontos foram conquistados como mandante

Mesmo em uma época memorável, como visitante, o Corinthians somou oito vitórias, sete empate e quatro derrotas. Em um campeonato competitivo e com as caraterísticas que o Brasileirão apresenta, o fator casa é algo extremamente importante.

Atlético Mineiro

Atlético Mineiro em casa: 13 vitórias, dois empates e quatro derrotas.

No caso do “Galo”, as derrotas como mandante aconteceram frente a Corinthians (campeão), Grêmio, Cruzeiro e Atlético Paranaense. A equipe somou 41 pontos jogando mandante em um total de 69, marcou 36 gols em um total de 65 e sofreu 20 gols em um total de 47. Isto representa:

  • 56% dos gols marcados como mandante
  • 42.5% dos gols sofridos como mandante
  • 59.4% dos pontos foram conquistados como mandante

O Atlético Mineiro teve uma prestação muito positiva em seus domínios, apesar de ter sofrido a maioria dos gols como mandante. A quantidade de gols sofridos em casa também tem que ver com o facto de o Atlético ter vencido por várias vezes de goleada e, quando em vantagem, perder alguma concentração e rigor em termos defensivos, permitindo ao adversário chegar ao gol. Mo entanto, os números do Atlético Mineiro nos mostram uma grande diferença: enquanto mandante, o Atlético conquistou 13 vitórias em 19 jogos, ao passo que como visitante, conquistou oito vitórias em 19 jogos. Aqui fica um  exemplo prático de como até uma grande equipe como o Atlético Mineiro, destacada no futebol nacional, tem grande diferença nas atuações como mandante e visitante.

Fator casa nas apostas esportivas

Já vimos que as equipes podem apresentar diferentes comportamentos dependendo do fato de estarem atuando em casa ou não. Isso não é uma novidade para si e é claro que, por trás dessa vantagem, existem diversos fatores a considerar, alguns deles já elencados acima. Sumariamente, destacaremos mais alguns aspetos a esse respeito.

Viagens

Esse é um fator que não deve ser sempre considerado, dado que depende muito da distância e tem realidades competitivas e países em que isso nem faz sentido. Se você pensar em apostar no futebol brasileiro, essa é claramente uma questão, dado que tem equipes que precisam atravessar o país de uma ponta à outra para disputar um encontro. Quando o calendário é apertado, a situação piora, dado que o tempo gasto para viajar não é rentabilizado para treinar e preparar o encontro seguinte.

Apoio da torcida

Todo o mundo sabe o quão importante é o apoio da torcida. Atuando como mandante, é natural que a maioria dos presentes na arquibancada esteja do lado do time mandante e é claro que isso pode ser muito importante do ponto de vista emocional e motivacional para a equipe, se refletindo no desempenho dos jogadores dentro do gramado. Se toda essa envolvência joga a favor do time da casa, por outro lado, o time visitante terá uma missão mais complicada fora da sua zona de conforto, como é lógico. Por vezes, uma equipa entra tão motivada em uma partida graças ao apoio da sua torcida que cedo se adianta no marcador. Se você verificar essa tendência, poderá ser uma boa opção incluir esse time nas suas apostas na primeira parte de um jogo de futebol.

Arbitragem

Não queremos com isto colocar em causa a seriedade e idoneidade de qualquer juiz de futebol, mas a verdade é que, quando uma equipa atua em casa, seus torcedores tendem a colocar mais pressão nos juízes do desafio. Isso pode não ser decisivo e o VAR veio dar uma segunda oportunidade para rever os lances que podem ter grande importância em um encontro, mas nas pequenas decisões, poderá ser algo influenciado pela pressão a favor do time da casa.

Conclusão do fator casa nas apostas esportivas

Aqui foi escolhido dois times grandes do futebol brasileiro da atualidade e até foi dado como exemplo o Real Madrid e Barcelona que muitas vezes o fator mandante e visitante não tem tanta diferença já que o predomínio dos grandes é muito comum, porém mesmo assim sempre mesmo estes gigantes tem melhor desempenho em casa.

Porém devemos ficar atentos e saber que o fator casa serve para todas as equipes (com exceção de um time muito fraco, ou de um mediano quando enfrenta um gigante), mas em qualquer liga do mundo o fator casa é predominante e assim pode ser aproveitado. Com os gigantes uma dica seria, em jogos como mandante se o gigante sair perdendo, aposte na virada ou na dupla possibilidade “mandante ou empate” é claro isto se ainda tiver vários minutos de jogos para a reação, senão tiver nenhum jogador expulso, etc.

Estas são equipes que nos permitem ter grande confiança ainda mais como mandantes. É de extrema importância ter o fator casa ao nosso lado nas apostas esportivas, junto com nossa torcida e nosso dinheiro investido estará um grande histórico nos acompanhando, os adeptos empurrando o time, o psicológico em alta da equipe e um time naturalmente mais agressivo.

Boas Apostas!