Muito cobiçado na Europa segundo a imprensa brasileira, a saída do meia Walace para o Velho Continente estará perto de se concretizar. Segundo o blog “Ora Bolas”, do portal “Goal”, a saída do brasileiro ficou acertada nesse fim de semana.

Foto: "AP Photo/Silvia Izquierdo"

Foto: “AP Photo/Silvia Izquierdo”

Depois de ter sido frequentemente associado a time ingleses, a mudança de Walace para a Europa está perto de se concretizar, mas não para representar um time do Reino Unido. Tudo indica que o destino é o futebol alemão para representar o Hamburgo. A transferência terá ficado acertada nesse fim de semana com o Grêmio a receber um valor a rondar os R$ 33,6 milhões, equivalente a 10 milhões de euros. Destaque do “Tricolor das Pampas” na última temporada, Walace chegou a ser comparado pelo presidente Romildo Bolzan a Paul Pogba por suas caraterísticas físicas e de jogo. O meia é aguardado na Alemanha nessa segunda-feira para realizar os habituais exames médicos e assinar contrato por quatro anos e meio.

O Hamburgo, destino de Walace, é um dos times mais tradicionais do futebol alemão. Nunca foi rebaixado em toda a sua história, mas os últimos anos têm sido duros para o time que na temporada 2014/15 foi obrigado a disputar o “play-off” de manutenção na Bundesliga. Esse ano, com 18 jogos já realizados, está na 17ª e penúltima colocação da tabela com 13 pontos. A situação dos homens do técnico Markus Gisdol é preocupante. Num time que normalmente atua num 1x4x2x3x1 com dois jogadores mais fixos, na posição de volante, Walace vai coincorrer com Holtby, Ostrzolek, Jung e Janjicic. Sua adaptação à nova realidade levará algum tempo e a situação delicada do clube ao nível classificativo poderá fazer com que a adaptação demore mais que o normal.

Trajetória no Grêmio

Foto: "Lucas Uendel/ Grêmio"

Foto: “Lucas Uendel/ Grêmio”

Walace chegou na casa do “Tricolor das Pampas” em 2013 para integrar o time de sub-18, nessa época por empréstimo do Avaí. Quando atingiu a idade de 18 anos, o Grêmio comprou seus direitos desportivos por ver no jogador um bom potencial para desenvolver. Era o início de uma carreira de ascensão que, no profissional, começou com uma oportunidade dada por Luiz Felipe Scolari num Gre-Nal que o Grêmio perdeu por dois a zero ainda no Brasileirão 2014. O volante começou a ser peça importante no esquema do Grêmio, ganhou estatuto de titular em 2015 e agora se despede do clube com mais de 100 jogos e uma Copa do Brasil no seu curriculum.

As boas atuações com o Grêmio não passaram despercebidas aos responsáveis da Confederação Brasileira de Futebol. O ano de 2016 fica marcado na história da “Canarinha” pela conquista do ouro olímpico em casa e Walace fez parte desse time que levantou o troféu frente a Alemanha, numa espécie de revanche do doloroso sete a um sofrido no Mundial. Após representar a seleção olímpica, Walace já estreou na seleção principal. O jogo de homenagem às vítimas da tragédia da Chape que pôs frente a frente Brasil e Colômbia foi realizado fora de data FIFA, obrigando Tite a se socorrer de jogadores que atuam em times brasileiros. Atento às prestações de Walace, Tite promoveu sua estreia com a camisola da “Canarinha” nesse desafio amistoso. Walace ruma à Europa com uma internacionalização pela seleção principal e quer fazer parte dos planos de Tite para as eliminatórias da Copa do Mundo 2018.

Boas Apostas!