Noite de grandes emoções no estádio General Rumñahui, em Sangolquí, no Equador. O Independiente del Valle, “vice” da Libertadores 2016, sofreu para garantir uma vaga na próxima fase da atual edição da prova. Deportivo Capiatá e Montevideo Wanderers também seguem para a fase seguinte.

A vitória na partida de ida deixava o Independiente del Valle com boa perspetiva de passagem à 2ª fase da pré-Libertadores 2017. O gol solitário do reforço Michael Estrada em Lima, na casa do Deportivo Municipal, deixava o Independiente com a vaga na mão. Porém, a partida de volta foi bem dura para o finalista derrotado da última edição da competição.

Foto: "AFP"

Foto: “AFP”

Os peruanos do Deportivo Municipal entraram com o pé direito na partida em Sangolquí e marcaram aos 20 minutos do primeiro tempo por Sergio Moreno. O gol do centroavante panamiano colocou a eliminatória igualada em um e um. Foi preciso esperar pela segunda etapa da partida para a torcida equatoriana ter um motivo de alegria. Tal como na primeira mão, o jovem reforço Michael Estrada fez o gol do Independiente ao minuto 17 do segundo tempo e devolveu vantagem aos donos da casa. Porém, a fase mais crítica de todos os 180 minutos da eliminatória estava para chegar. O “caçula” Pier Larraruri 22 anos), jogador com nacionalidade italiana e peruana, fez um grande gol de fora da área do Independiente que deu vantagem ao Deportivo pela primeira vez na eliminatória com cerca de 30 minutos da segunda etapa. Conhecido em 2016 por sua vontade de brigar até ao fim, o Independiente del Valle foi à procura do gol que dava a classificação para a próxima fase. O juiz colombiano Wilson Lamouroux Riveros deu quatro minutos de acréscimos e foi precisamente nos últimos instantes que o Independiente encontrou o caminho para a rede da baliza defendida por Érick Delgado. Gabriel Cortez fez o gol da classificação e deixou as bancadas do modestos General Rumñahui em grande loucura. Nessa próxima fase, o Del Valle vai defrontar o Olimpia, time paraguaio que já tinha defrontado na temporada passada na fase pré-Liberta. A primeira partida está marcada para dia 31 desse mês de janeiro e a segunda para 7 de fevereiro. Quem se classificar desse confronto, vai jogar com o vencedor da eliminatória entre Botafogo e Colo-Colo.

Resistir em San Cristóbal

O torcedor do Deportivo Capiatá paraguaio também teve uma noite de sofrimento. O Capiatá viajou até San Cristóbal, na Venezuela, para defrontar o Deportivo Táchira no estádio Puebli Nuevo de San Cristóbal. A vitória curta (1-0) na partida de ida deixava o time do Capiatá numa posição delicada para a volta, mas os dois times se anularam nesse encontro que terminou com um empate a zero e classificou os visitantes para a 2ª fase da pré-Libertadores. O Universitario do Perú é o próximo rival do Capiatá nessa pré da Libertadores 2017.

Goleada no Uruguai

Foto: "AFP"

Foto: “AFP”

Em Montevideo na partida de volta como em Sucre na partida de ida, se assistiu a uma “chuva de gols”. Depois dos cinco gols da primeira mão que deram uma vitória do time boliviano por três a dois, na capital do Uruguai, o Montevideo Wanderers venceu por cinco a dois e garantiu um lugar na próxima fase. Mesmo sem jogar a um ritmo alto, o time da casa ganhou vantagem desde cedo e construiu um resultado amplo, sem discussão quanto à passagem. A derrota na altitude de Sucre foi corrigida pelos Wanderers que apresentaram novamente um time 100 por cento uruguaio para a disputa dessa partida. O veterano Sergio Blanco se destacou ao fazer dois dos cinco gols do seu time. A 2ª fase da pré-Liberta obriga o Montevideo Wanderers a viajar novamente à altitude da Bolívia para defrontar o The Strongest.

Boas apostas!