As partidas de ida das semis da Liga dos Campeões da CONCACAF foram disputadas na madrugada dessa quarta-feira (4). Toronto e Chivas, times que atuaram na condição de mandantes, deram um passo em frente.

Triunfo prometedor

Foto: "Nathan Denette/The Canadian Press via AP"

Foto: “Nathan Denette/The Canadian Press via AP”

Depois de ter deixado os americanos do Colorado Rapids e os mexicanos do Tigres pelo caminho, o time canadiano do Toronto discute o acesso à final da Liga dos Campeões da CONCACAF com os “aztecas” do América. Atuando como mandante, o time que conta com o brasileiro Auro deu um passo importante rumo à decisão da competição ao vencer por três bolas a uma com gols de Sebastian Giovinco, Jozy Altidore e Ashtone Morgan. A partida chegou a estar empatada a um graças a um gol do colombiano Andrés Ibarguen aos 20 minutos, mas Altidore deu nova vantagem ao Toronto antes da saída para o intervalo e Ashtone Morgan dilatou a vantagem na segunda etapa. Essa foi a primeira derrota averbada pelo América na fase a eliminar da prova.

O time mandado por Greg Vanney irá até ao estádio Azteca, na cidade do México, com uma prometedora vantagem de dois gols, pretendendo segurar o acesso à decisão.

Margem miníma

O Chivas alcançou vantagem nessa ida das semis da Liga dos Campeões da CONCACAF ao bater o NY Red Bulls por uma bola a zero. O time mandado por Matías Almeyda, um dos mais apreciados da confederação pelo estilo de jogo atrativo, conquistou o triunfo graças a um gol apontado por Isaac Brizuela aos 26 do primeiro tempo. Fica um “amargo de boca” para o time mexicano que atuou em superioridade numérica durante praticamente 20 minutos, uma vez que Aurélien Colin  foi expulso por acumulação de amarelos e deixou o time norte-americano reduzido a dez unidades.

Para chegar nessa etapa, o NY Red Bulls passou pelo CD Olimpia en pelo Club Tijuana. Frente aos também mexicanos do Tijuana, venceu ambas as partidas. À semelhança do que aconteceu com o América na outra semi, também sofreu a primeira derrota nessa fase a eliminar. A decisão está marcada para a Red Bull Arena, em New Jersey.

As partidas de volta que vão definir os finalistas da competição estão agendadas para a madrugada de dia 11 de abril. Independentemente do que aconteça, essa Liga dos Campeões da CONCACAF terá um novo vencedor, dado que a última edição da prova foi ganha pelo Pachuca que se superiorizou ao Tigres.

Boas Apostas!