Titular absoluto no time do Real Madrid e na seleção alemã, onde foi um dos destaques na última Copa do Mundo, o meio-campista alemão de 26 anos, Toni Kroos, permanecerá na equipe espanhola para mais seis anos, no mínimo. Na manhã da última quinta-feira (13) o atual campeão da Liga dos Campeões, Real Madrid, anunciou a renovação de contrato entre o clube e Toni Kroos. Contratado em meados de 2014 por € 30 milhões (R$ 105 milhões), quando defendia o Bayern de Munique, o meio-campista assinou um novo contrato com validade para até metade de 2022, quando terá 32 anos e completará oito anos defendendo as cores do Real Madrid.

Toni Kroos e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Toni Kroos e Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Segundo alguns jornais da imprensa alemã, que inclusive anunciaram a renovação antes mesmo do Real Madrid confirmar a permanência do jogador, o alemão Kroos ganhará com o novo contrato cerca de € 20 milhões (R$ 70,5 milhões) por temporada, dobrando o valor recebido com o primeiro contrato, que era de cerca de € 10,9 milhões (R$ 38,7 milhões), além de receber cerca de € 120 milhões (R$ 423,2 milhões) durante os seis anos do novo contrato. Com isso, o meio-campista tornou-se o jogador alemão com o maior salário na história, superando o atacante Thomas Muller e o volante Bastian Schweinsteiger, que ganham € 15 milhões (R$ 52,5 milhões) e € 14 milhões (R$ 49 milhões) no Bayern de Munique e Manchester United, respectivamente.

Possível aposentadoria no Real

Toni Kroos defendendo o Real Madrid.

Toni Kroos defendendo o Real Madrid.

No mesmo dia em que foi confirmada a renovação de contrato entre o meio-campista Toni Kroos e o Real Madrid, o jogador alemão realizou uma entrevista coletiva, onde entre outras coisas, afirmou que pretende encerrar sua carreira no clube espanhol, já que seu novo contrato prevê um vínculo até 2022, quando Toni Kroos já estará com 32 anos e próximo do fim da carreira como jogador. “Minha ideia é que o Real Madrid seja minha última equipe. Não faço as coisas por capricho. Me comprometi por seis anos e estou seguro. Quando o contrato terminar estarei com 32 anos. E se as partes quiserem, este será meu último time. Estou desde os 17 anos entre os profissionais, nove anos muitos duros. Penso em me aposentar em um nível alto, por isso falo de 35 ou 36 anos”, afirmou o jogador que agora até com 26 anos e já tem muitos títulos na bagagem.

Depois de dois anos defendendo o Real Madrid, onde já conquistou quatro títulos, sendo os principais deles a Liga dos Campeões de 2015/16 e o Mundial de Clubes de 2014, Toni Kroos se mostrou feliz na equipe espanhola e deixou claro que sua prioridade sempre foi estender seu contrato no Real Madrid, contrariando assim alguns rumores que afirmavam que o meio-campista queria deixar a equipe. “Eu tinha tudo claro, apesar dos rumores (sobre uma possível saída). Não disse nada porque estou muito feliz desde o primeiro dia. Por isso, rapidamente chegamos ao acordo. Sou Feliz desde o primeiro dia e sempre tive certeza de que continuaria no Real Madrid”, afirmou Toni Kroos na entrevista.

Carreira do meio-campista

Toni Kross atuando pelo Bayern de Munique.

Toni Kross atuando pelo Bayern de Munique.

O meio-campista alemão Toni Kroos começou sua carreira jogando por pequenas equipes alemãs na sua juventude, o Greifswalde e o Hansa Rostock. Em 2006, quando estava com 16 anos, mudou para as categorias de base do Bayern de Munique e já na temporada seguinte, 2007/08, foi promovido para a equipe principal do clube. Logo na sua estreia no Campeonato Alemão, o jogador deu duas assistências para os gols de Miroslav Klose, ajudando o Bayern na vitória por 0x5 contra o Energie Cottbus e tornando-se o jogador mais jovem a disputar uma partida profissional pelo Bayern de Munique, com 17 anos, oito meses e dois dias de idade.  Chegando ao fim da temporada, Kroos disputou vinte partidas pela equipe principal e marcou três gols em doze partidas pelo Bayern de Munique II.

Na temporada seguinte, foi pouco usado pela equipe principal do Bayern, sendo emprestado para o Bayer Leverkusen na segunda metade da temporada 2008/09. No Leverkusen, o meio-campista esteve em duas temporadas, marcando 10 gols em 32 partidas pelo Campeonato Alemão. Depois das duas temporadas de empréstimo, Toni Kroos voltou ao Bayern de Munique, onde ficou até a temporada 2013/14 e conquistou muitos títulos, entre eles três do Campeonato Alemão (2007/08, 2012/13, 2013/14), uma Liga dos Campeões (2012/13) e um Mundial de Clubes (2013).

Boas Apostas!