A passagem do técnico uruguaio Gustavo Poyet pelo comando técnico do Bordeaux caminha para o fim e em França já se fala em um potencial sucessor: nada mais nada menos que Thierry Henry, figura consagrada da história do futebol gaulês que poderá assumir seu primeiro projeto como técnico principal.

Foto: "Getty"

Foto: “Getty”

A temporada só agora começou, mas o ciclo de Gustavo Poyet no comando do Bordeaux poderá estar a chegar ao fim. O técnico uruguaio que chegou no clube no final da temporada passada criticou abertamente a política de transferências do clube em uma coletiva de imprensa após o encontro com o Mairupol, situação que desagradou bastante à diretoria dos “Girondins” e resultou em uma suspensão aplicada ao treinador. Em causa está a venda de Gaetan Laborde ao Montpellier, movimentação que não terá sido efetuada com o aval do treinador. Nessa mesma intervenção, Gus Poyet colocou em causa sua continuidade no clube, revelando que conversaria com seu agente para decidir o futuro nas horas seguintes.

Segundo as informações veiculadas pela imprensa gaulesa, Poyet também não orientará o time a partir do banco de reservas no encontro agendado para essa quinta-feira (23), na Bélgica, diante do Gent, se preparando para deixar o clube nos próximos dias. De resto, o time já tinha sido orientado pelo inerino Eric Bdeouet no último encontro, frente ao Toulouse.

Thierry Henry apontado ao cargo

A saída de Gustavo Poyet figura cada vez mais como uma inevitabilidade e, como tal, surgem os primeiros nomes apontados à sucessão. Para já, segundo a “Radio Monte Carlo”, Thierry Henry é o principal candidato a assumir o Bordeaux para essa temporada 2018/19. O atacante que em França se notabilizou ao serviço do AS Mónaco e fez história com a camisa do Arsenal “pendurou as botas” em 2014, após representar o New York Red Bulls da Major League Soccer. Dois anos depois, deu início ao seu percurso como treinador ao desempenhar funções de adjunto na seleção da Bélgica. Na Copa do Mundo da Rússia, Thierry Henry integrou a equipa técnica liderada pelo espanhol Roberto Martínez e ajudou a seleção do centro da Europa a igualar sua melhor prestação de sempre em uma fase final da competição, ao terminar no terceiro lugar.

Ainda sem experiência como técnico principal, Henry poderá estar perto de ter essa oportunidade ao serviço do Bordeaux.

Boas Apostas!