A “deadline” do mercado europeu se aproxima e os negócios se preicipitam a um ritmo alucinante. No dia em que a janela europeia se encerra, o Liverpool oficializou a contratação de Oxlade-Chamberlain ao Arsenal.

Foto: "Liverpool FC"

Foto: “Liverpool FC”

Desde a abertura do mercado que se falava na possibilidade de Alex Oxlade-Chamberlain deixar o Arsenal. Ainda assim, o internacional inglês foi sempre opção regular para Arsene Wenger neste início de temporada, cumprindo os 120 minutos da Supercopa diante do Chelsea, sendo totalista nas duas primeira rodadas diante de Leicester City e Stoke City e atuando ainda durante 62 minutos em Anfield, na goleada sofrida frente ao Liverpool. O Chelsea de Antonio Conte se perfilava como principal candidato a assegurar os serviços do jogador, no entanto, foi o Liverpool quem se chegou à frente para garantir os serviços do jogador, impedindo que este trocasse o Arsenal pelo rival Chelsea. A mudança na condição de “The Ox” se deu na quarta-feira (30), dia em que chegou a Liverpool para cumprir os exames médicos necessários para a oficialização do acordo.

Produto da ótima base do Southampton, Oxlade-Chamberlain chegou ao Arsenal na temporada 2011/12, permanecendo ao serviço dos “Gunners” desde então. O atacante de 24 anos contabiliza 27 internacionalizações e obrigou o Liverpool a desembolsar uma quantia a rondar os 38 milhões de euros. O vínculo aos “Reds” é válido para as próximas cinco temporadas.

Depois de Mohamed Salah (AS Roma), Andrew Robertson (Hull City) e Dominik Solanke (Chelsea), Oxlade-Chamberlain é o quarto reforço dos “Reds” para abordar a época 2017/18. O dia 31 de agosto começou com o anúncio da contratação de Oxlade-Chamberlain, mas os torcedores dos “Reds” já suspiram pelo encerramento da janela, visto que o assédio do Barcelona por Coutinho continua a ser grande.

Com o anúncio da contratação de Oxlade-Chamberlain, não se deverão registar mais entradas no elenco dos “Reds” até ao fecho desta janela de verão. Em Inglaterra, o mercado encerrará às 00h locais. Em Espanha, o mercado só encerrará às 00h de dia 1 e setembro, tal como na Ucrânia.

Vale lembrar que o Liverpool também garantiu Naby Keita nessa janela, jogador que só chegará a Anfield no início da próxima temporada.

Divock Origi cedido

Após a chegada de Oxlade, o Liverpool anunciou a cedência de Divock Origi ao Wolfsburgo da Bundesliga. Segundo a imprensa inglesa, o acordo válido por uma temporada terá rendido seis milhões de euros aos cofres dos “Reds”. Divock Origi chegou a Anfield em 2015, proveniente do Lille, mas não entrava nas contas de Jurgen Klopp para a nova temporada.

Boas Apostas!