Apenas alguns dias depois de confirmar a saída do treinador Oswaldo de Oliveira, o Sport Clube Recife anunciou através do seu presidente João Humberto Martorelli, a efetivação do então auxiliar-técnico Daniel Paulista, para o cargo de treinador da equipe durante o restante do Campeonato Brasileiro de 2016. O anuncio foi feito em uma entrevista cedida pelo presidente da equipe pernambucana, que afirmou ter conversado com a diretoria do Sport e com alguns jogadores que lideram o elenco pernambucano, como o goleiro Magrão, o zagueiro Durval e o meio-campista Diego Souza. “Gostaríamos de anunciar que estamos efetivando Daniel Paulista. Temos o respaldo de várias lideranças do clube e o comprometimento do elenco. Nos reunimos com jogadores como Magrão, Diego Souza, Durval e Rithely e todos se comprometeram com a solução. Assumiram o compromisso.”.

Daniel Paulista, novo técnico do Sport Recife.

Daniel Paulista, novo técnico do Sport Recife.

Ainda segundo o mandatário, a decisão de efetivar Daniel Paulista foi tomada pela dificuldade encontrada pela diretoria rubro-negra em contratar outro treinador apenas para as próximas oito rodadas restantes do Campeonato Brasileiro. “Tivemos contatos com pelo menos cinco treinadores, com os quais tivemos contatos diretos e indiretos. Alguns querem contrato de um ano e outros não puderam ser liberados. Disseram que não fariam o que Oswaldo fez. Essa dificuldade foi mais um motivo para que a gente fique na solução caseira no momento”, afirmou o presidente do Sport.

Ex-jogador que há pouco virou técnico

Daniel Paulista quando defendia o ABC como jogador.

Daniel Paulista quando defendia o ABC como jogador.

Antes de começar sua carreira como treinador, Daniel Paulista esteve no futebol durante doze anos como jogador, atuando por grandes equipes como Santos e Corinthians. Em 2002, o volante deu início a sua carreira profissional, jogando pelo Comercial-SP, onde logo chamou atenção por marcar bem, saber sair jogando e ainda ter uma boa finalização. No ano seguinte, foi contratado pelo Santos FC, onde ficou até 2005 e conquistou a Copa Paulista de 2004 e o Campeonato Brasileiro do mesmo ano. O primeiro clube onde realmente chamou atenção foi no São Caetano-SP em 2006, sendo indicado pelo técnico Emerson Leão para jogar no Corinthians.

No Timão, teve boas atuações no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, mas acabou se machucando no Campeonato Brasileiro e teve que se afastar dos gramados por um tempo. Em 2007, foi emprestado ao Náutico, onde ajudou a equipe a escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2007, atuando como capitão e líder da equipe. No ano seguinte, tinha tudo para voltar ao Corinthians, porém, acabou optando pelo Sport, onde teve uma boa passagem, conquistando o Campeonato Pernambucano de 2008 e 2010, o jogador também conquistou a Copa do Brasil de 2008. Depois de uma breve passagem pelo Rapid Bucareste, Daniel Paulista esteve em mais algumas equipes paulistas, como Botafogo-SP, Audax-SP e por último o ABC, equipe do Rio Grande do Norte onde encerrou sua carreira como jogador em 2014.

Depois da aposentadoria como jogador, Daniel voltou ao Sport, dessa vez como auxiliar-técnico, cargo que ocupou até a saída de Oswaldo de Oliveira, assumindo a equipe como treinador.

Saída de Oswaldo de Oliveira

Oswaldo de Oliveira na sua apresentação no Corinthians.

Oswaldo de Oliveira na sua apresentação no Corinthians.

Na última quarta-feira (12) o Sport anunciou a saída do treinador Oswaldo de Oliveira, que estava no comando da equipe desde abril deste ano e que a partir de agora comandará o Corinthians. O treinador havia negociado sua volta ao Timão no último fim de semana, quando conversou com a diretoria da equipe paulista para acertar um contrato para o início de 2017. Porém, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, não aceitou a proposta e insistiu para o Oswaldo assumir a equipe o quanto antes. Com isso, o treinador pediu demissão do Sport e foi apresentado como o novo treinador do Corinthians na última sexta-feira (14).

O anuncio oficial da saída de Oswaldo de Oliveira do comando técnico do Sport foi dado pelo próprio clube pernambucano, que publicou uma nota oficial onde confirma o pedido de demissão do treinador e afirmou que anunciaria um novo técnico até sexta-feira (15). “O Sport Club do Recife comunica que o técnico Oswaldo de Oliveira pediu demissão e, nesta quarta-feira (12), comanda o Leão pela última vez na partida contra a Chapecoense. […] Até sexta-feira (14), o clube anunciará o novo treinador que já está apalavrado, faltando apenas a assinatura de contrato”. Cumprindo o prometido, o Sport anunciou dias depois da efetivação do auxiliar-técnico Daniel Paulista, que assumiu a equipe com a missão de tirar o Sport da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Boas Apostas!