Depois de ter garantido a contratação do volante Elias ao Sporting de Portugal, o Atlético Mineiro continua em busca de alternativas para o meio. Mohamed Sissoko, jogador com trajetória por bons clubes da Europa, foi oferecido à diretoria do Galo em janeiro. A decisão final cabe à comissão técnica.

SissokoO principal alvo do Atlético Mineiro para reforçar a posição de volante foi conseguido com a contratação de Elias, jogador que retornou ao Brasil após uma segunda passagem pouco feliz pelo Sporting de Portugal. Sob contrato do clube lisboeta estava também Bruno Paulista, atleta que interessava ao Atlético Mineiro mas acabou se transferindo para o Vasco da Gama. Agora, surge uma nova alternativa. Segundo a imprensa brasileira, o empresário Lucival Pereira apresentou à diretoria do clube de Belo Horizonte a possibilidade de contratar o malinês Mohamed Sissoko, jogador de 32 anos que na Europa representou os ingleses do Liverpool, os italianos da Juventus e os franceses do Paris Saint-Germain.

Em declarações ao portal “UOL Esporte”, Lucival Pereira, intermediário do negócio, confirmou que o passe do jogador foi oferecido à diretoria do Atlético Mineiro em janeiro, até porque o atleta também demonstrou interesse em se mudar para Brasil: “Houve conversa sim, nós nos reunimos e falei com o Atlético. O clube demonstrou interesse na contratação do jogador a princípio, mas não deram uma resposta definitiva. Estamos aguardando uma procura para definirmos esta situação”, referiu.

Fechamento da janela europeia atrasou Sissoko

A urgência no fechamento do negócio de Elias por conta do encerramento da janela de transferências europeia (31 de janeiro) fez com que a diretoria priorizasse as conversações com o Sporting de Lisboa, atrasando todo processo que envolve uma possível contratação do volante malinês. A possibilidade de Sissoko atuar no Brasil é forte e o Atlético Mineiro não foi o único clube abordado, mas naturalmente que o objetivo de brigar pelo título brasileiro, o histórico do clube e sobretudo a possibilidade de disputar a Libertadores foram fatores com peso na preferência do jogador pelo Galo.

O futebol brasileiro representa uma grande oportunidade para o atleta voltar a atuar a um alto nível, isso depois de ter representado o Pune City da Índia no ano de 2016. Hoje, Sissoko é um jogador livre e tenta definir seu futuro, pretendendo rumar à América do Sul. Antes de assinar pelo Pune City em outubro de 2016, Sissoko representou o time chinês do Shanghai Shenhua na sua primeira experiência fora do futebol europeu. Se acertar com o clube mineiro, vai ter a concorrência do também reforço Elias, de Ralph, de Yago e de Rafael Carioca para jogar na posição de volante. Suas caraterísticas poderiam adicionar qualidade ao esquema do “Galo”, mas Roger Machado e sua comissão técnica ainda estudam se o atleta revelado na base do Auxerre será uma boa alternativa até por conta de questões físicas. Segundo a imprensa brasileira, o Corinthians, clube ao qual o atleta também foi oferecido, rejeitou sua contratação.

Com um curriculum interessante, Sissoko venceu a Copa da Inglaterra com o Liverpool em 2006 e a Supercopa do país nesse mesmo ano, fez parte do elenco do Valência que venceu o campeonato espanhol e a Copa UEFA em 2003/04 e ainda venceu a Supercopa da UEFA por duas vezes, uma com os ingleses, outra com os espanhóis. Fez mais de 30 partidas com a camisa da seleção maliana.

Boas Apostas!