Dia de confirmação em Shanghai. O representante da cidade chinesa na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia 2016/17 garantiu o acesso às oitavas da competição continental ao vencer o FC Seoul por quatro a dois. O duelo teve três gols da autoria de atletas brasileiros.

Foto: "Lagardère Sports"

Foto: “Lagardère Sports”

A história do grupo F da atual edição da “Champions” asiática é fácil de escrever. Amplo domínio por parte dos chineses do Shanghai SIPG dos japoneses do Urawa Reds, em prejuízo dos australianos do Western Sydney Wanderers e dos coreanos do FC Seoul. Com 12 pontos cada, Shanghai e Urawa estão classificados para as oitavas da prova.

Os dois times se apresentaram em Shanghai com brasileiros nos respetivos onzes. Do lado da casa, Oscar, Hulk e Elkeson mereceram a confiança do treinador português André Villas-Boas. Maurinho foi o “intruso” no time visitante, com o atacante ex-Criciúma a ser o único “gringo” entre os relacionados para a partida.

Não há duvidas de que os estrangeiros têm feito a diferença nessa Liga dos Campeões da Ásia. Maurinho, aos dez minutos, inaugurou o marcador, isso antes de Hulk (25′), Wei Zhang (30′) e Wu Lei (43′) terem ajudado o time da casa a dar a volta ao marcador ainda antes do intervalo.  Aos 25 do segundo tempo, brilhou uma cara conhecida do futebol europeu: Park Chu Young, internacional pela Coreia do Sul que realizou três épocas no Mónaco (2008/09, 2009/10 e 2010/11) e ainda passou por Arsenal, Celta de Vigo e Watford antes de regressar ao futebol asiático em 2015, na altura para representar o Al-Shabab da Arábia Saudita. A cumprir o terceiro ano do FC Seoul desde seu regresso ao continente que o viu nascer, descontou no estádio de Shanghai para 3-2, mas a margem miníma foi “sol de pouca dura”. Oscar, meia atacante que tinha falhado duas grandes penalidades na partida anterior para a Liga dos Campeões da Ásia, reestabeleceu a diferença de dois gols e estabeleceu o resultado final.

Na derradeira rodada, o Shanghai vai a casa do Western Sydney Wanderers, enquanto o Urawa viaja até Seoul. Nesse momento, os japoneses lideram graças à vantagem no capítulo do “goal average”, neste caso com cinco gols positivos.

Paulinho e Alan brilham na goleada do Guangzhou, Ramires marca mas Jiansgu Suning perde

Na terça-feira, o Guangzhou Evergande de Felipão manteve a liderança do grupo G ao golear o Eastern de Hong Kong por seis gols sem resposta. Paulinho e Alan, com dois gols cada, foram os principais destaques da partida, com Ricardo Goulart a cumprir 69 minutos. No time da casa, Diego Eli foi titular e totalista. Alan (ex-Fluminense) é um dos melhores marcadores da prova com cinco gols, junto a Marat Bikmaev do Lokomotiv Tashkent e a Brandon Borrello do Brisbane Roar.

A Liga dos Campeões da Ásia desperta o instinto goleador de Ramires, meia brasileiro que fez quatro gols em cinco jogos com a camisa do Jiansgu Suning na prova. O líder do grupo H sofreu a primeira derrota em casa na atual campanha frente ao Jeju United da Coreia do Sul, atual segundo colocado da chave. A uma rodada do fim, o Jiansgu United já tem o acesso às oitavas garantido e enquanto líder, situação que ajuda a explicar algum relaxamento por parte do time chinês.

Boas Apostas!