O clube Barcelona FC confirmou nesta quinta-feira (22) a renovação do volante espanhol Sergio Busquets. O jogador seguirá no clube catalão nos próximos anos, o acordo foi firmado em um contrato que estende o vínculo do jogador com o clube por mais cinco anos, até 2021, com possibilidade de mais dois anos, até 2023, quando Busquets já terá 35 anos e praticamente chegando ao final de sua carreira futebolística.

Sergio Busquets renovando seu contrato com o Barcelona.

Sergio Busquets renovando seu contrato com o Barcelona.

A multa recisória de Busquets ficou em R$ 715 Milhões, o que leva a crer que Busquets continuará no Barcelona pelos próximos anos. Atualmente com 28 anos, o volante é considerado peça chave no setor defensivo do Barcelona, clube que defende desde o início de sua carreira profissional.  O atleta chegou a ser especulado como contratação de grandes clubes europeus como Paris Saint-Germain, Manchester United e Manchester City, porém acabou optando por renovar com o Barcelona. Busquets segue como um dos jogadores principais do Barcelona nesta temporada, pelo Campeonato Espanhol o jogador já participou de quatro das cinco partidas, e quase todas as partidas de todos os outros torneios que o Barcelona participa, mostrando a importância de Busquets no esquema tático do time.

Uma vida no Barcelona

Sergio Busquets comemorando gol pelo Barcelona.

Sergio Busquets comemorando gol pelo Barcelona.

O defensor Busquets, iniciou seus primeiros passos no mundo do futebol em clubes espanhóis de pequeno porte como: CD Badía, Barbera Andalucía, LIeida, Unió Jabac, até chegar a base do Barcelona em 2005 com 17 anos para terminar sua formação de base. O jovem de 1,89m começou a ser relacionado no Barcelona C em 2006, no Barcelona B em 2007 e em 2008 no time principal do Barcelona. Sua história com o Barcelona é rica e grandiosa, recheada de títulos e conquistas em um dos maiores clubes contemporâneos e da história mundial.

O defensor acumulou com a camisa do time principal do Barcelona 391 jogos, onde marcou 12 gols e conquistou, entre outros títulos, três mundiais da FIFA (2009, 2011 e 2015), três Liga dos Campeões da UEFA (2008/09, 2010/11, 2014/15), quatro Copas do Rei (2008/09, 2011/12, 2014/15 e 2015/16) e levantou seis troféus de campeão da Espanha (2008/09, 2009/10, 2010/11 2012/13, 2014/15 e 2015/16), além de outras conquistas menos importantes e prêmios individuais não citados, entre eles o prêmio de revelação do Ano na La Liga de 2008/09.

Busquets na seleção espanhola

Espanha campeã mundial de 2010.

Espanha campeã mundial de 2010.

O defensor Sergio Busquets veste a camisa da seleção espanhola desde 2008 quando ainda atuava como Sub-21, defende a seleção principal da Espanha desde 2009, atuando por quase cem partidas. Busquets fez sua estreia pela seleção principal mais especificamente em 11 de fevereiro de 2009 em um amistoso contra a Inglaterra e em abril do mesmo ano, estreou em partida de competição oficial nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 contra a Turquia. Busquets acabou sendo chamado pelo técnico Vicente del Bosque para a Copa do Mundo na África do Sul em 2010, onde Busquets ajudou a “Furia Roja” a conquistar o título de campeão do mundo.

A seleção espanhola comandada pelo técnico Vicente del Bosque contava com astros do futebol como o goleiro Casillas, lateral Sergio Ramos, zagueiros Gerard Piqué e Puyol, volantes Xavi Hernández, Xabi Alonso, meias Andrés Iniesta, David Silva, atacantes David Villa, meia Fàbregas, atacantes Fernando Torres, Jesús Navas entre outros craques. A Espanha estreou aquela Copa do Mundo de 2010 com derrota para a Suíça por 1×0, seria a única derrota da seleção espanhola naquela copa. Após isso a Espanha venceria todos os seus jogos, até chegar a grande final contra a Holanda, quando o jogo terminou empatado em 0x0 e no tempo extra, com assistência de Fàbregas, Iniesta fez o gol que daria o título mundial a Espanha. Busquets ainda conquistou juntamente com a seleção espanhola a Eurocopa de 2012.

Boas Apostas!