Na ausência de Neymar, Cavani foi a grande estrela na noite do Parc des Princes, em Paris. O PSG recebeu e bateu o Nice por três a zero na partida que inaugurou a rodada 11 da Ligue 1 2017/18, na noite desta sexta-feita (27).

Foto: "AFP"

Foto: “AFP”

Expulso por acumulação de amarelos na última rodada aquando do empate a dois em Marselha, Neymar ficou fora das opções de Unai Emery, técnico espanhol que apostou nos brasileiros Thiago Silva e Dani Alves. Apesar da ausência do astro brasileiro, o PSG não sentiu dificuldades para “despachar” o Nice com uma vitória por três a zero que começou a ser construída desde cedo, logo aos três minutos do primeiro tempo, quando Edinson Cavani inaugurou o placard a favor do time da casa. Em uma partida amplamente dominada pelos pupilos de Unai Emery, o PSG chegou à meia hora a vencer por dois golos de diferneça, novamente graças a um tento de Edinson Cavani, atacante uruguaio que finalizou após assistência de Ángel Di María.

O PSG estava nas “suas sete quintas”. Em vantagem, a dominar e sempre com a partida sob aparente controlo. O Nice foi praticamente inofensivo do ponto de vista ofensivo e foi com naturalidade que a equipa parisiense dilatou a vantagem para três golos de diferença aos sete minutos do segundo tempo, altura em que o brasileiro Dante não foi feliz e desviou a bola para a própria baliza, estabelecendo o resultado final do desafio: 3-0 a favor do PSG, um regresso às vitórias depois de ter deixado dois pontos em Marselha. A tranquilidade proporcionada pelo resultado permitiu à formação da capital gaulesa gerir o esforço para a partida da próxima terça-feira frente ao Anderlecht, para a Liga dos Campeões, encontro em que os parisienses querem evitar surpresas para que possam também manter a liderança do respetivo grupo. Já o derrotado Nice continua a sofrer neste início de temporada e a atual série já é de cinco desaires de modo consecutivo, ocupando um modesto 14º lugar da pauta classificativa – apenas um ponto acima da linha de perigo – depois de ter brilhado na última temporada. Vida difícil para os homens da Côte D’Azur que continuam a ser treinados pelo suíço Lucien Favre.

Esta vitória permitiu ao PSG cimentar a liderança, aumentando a vantagem em relação para o AS Mónaco para sete pontos a título provisório, uma vez que o emblema campeão em título só entra em campo este sábado para enfrentar o Bordéus. O Nantes, com 20 pontos, completa o pódio, seguido do Lyon, com 19. Na próxima jornada, o PSG viaja até ao terreno do Angers.

Boas Apostas!