O volante de 31 anos da seleção da Alemanha Bastian Schweinsteiger, anunciou nesta sexta-feira, através de suas redes sociais, que está se aposentado da equipe nacional. A sua trajetória vestindo a camisa da seleção alemã chega ao fim, nesta sexta-feira (29), o jogador pediu ao treinador Joachim Low, através das redes sociais, para não mais ser convocado, afirmando que está decidido a sair da seleção. Veja a postagem na íntegra:

“Queridos fãs da seleção nacional: acabo de comunicar ao treinador Joachim Löw que deixe de contar comigo para futuras convocações, pois quero me retirar. Tive a oportunidade de representar o meu país 120 vezes e vivi alguns momentos de sucesso e beleza indescritíveis. Löw sabia o que a Eurocopa 2016 representava para mim, porque queria muito ganhar aquele título que nos foge desde 1996. Não estava destinado a ser, e tenho que aceitar isso. Ao vencer o Mundial de 2014 conquistamos algo que não tem paralelo na minha carreira a nível histórico e emocional, por isso é correto e justo, colocar um ponto final e desejar a melhor sorte na eliminatória do Mundial de 2018. Com esta decisão deixo a seleção que sempre foi uma família, mas espero que a ligação continue forte. Aos nossos fãs, quero dizer finalmente: foi uma honra jogar por vocês, obrigado por tudo que vivi.”

Schweinsteiger na seleção da Alemanha

Schweinsteiger campeão da Copa do Mundo de 2014.

Schweinsteiger campeão da Copa do Mundo de 2014.

O jogador já servia a seleção alemã desde o Sub-16, com passagens pelo Sub-18, Sub-19 e Sub-21 antes de chegar a seleção principal. Schweinsteiger estreou pela seleção principal em 2004, aos 20 anos, num amistoso contra a Hungria. Aos 22 anos, bateu um recorde de já haver jogado 41 partidas pela Seleção Alemã. Na mesma idade, Lothar Matthäus tinha feito 13 jogos somente e ele foi o recordista absoluto de participações, com 150 jogos. Lukas Podolski, de 22 anos, vem logo atrás com 38 jogos disputados. Com a aposentadoria de Michael Ballack, Schweinsteiger se tornou titular absoluto nesta posição na seleção.

Ao todo foram 120 partidas com a camisa da seleção principal da Alemanha e conquistou a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, onde foi integrante do time da seleção da Alemanha que goleou o Brasil por 1×7. O jogador também esteve presente na campanha do vice-campeonato da Eurocopa 2008. Com o anúncio do afastamento da seleção, a última partida do jogador foi a semifinal da última Eurocopa, no dia 7 de julho, quando a Alemanha foi derrotada pela França por 2 a 0, no estádio Vélodrome, em Marselha, jogo válido pela Eurocopa 2016.

Schweinsteiger no Bayern de Munique

Schweinsteiger campeão da Liga dos Campeões.

Schweinsteiger campeão da Liga dos Campeões.

Com passagens nas categorias de base do FV Oberaudorf, TSV 1860 Rosenheim e chegando no Bayern de Munique em 1998 com 14 anos, concluiu sua formação e estreou na equipe principal do Bayern de Munique aos 18 anos. Um jovem habilidoso, Schweinsteiger iniciava uma carreira digna de uma verdadeira “Lenda”. Usado inicialmente como meia-direito pelo técnico Louis van Gaal, passou a jogar de forma mais centralizada no decorrer do tempo.

Considerado por muitos o melhor jogador do mundo em sua posição, Schweinsteiger jogou no Bayern de Munique, praticamente toda sua carreira profissional, foram treze anos a frente do Bayern, de 2002 a 2015, com mais de quinhentas partidas. Durante todo este período, foram várias conquistas, entre elas estão: Oito títulos da Bundesliga (Campeonato Alemão), sete títulos da Copa da Alemanha, duas Copas da Liga Alemã, duas Supercopas da Alemanha, uma Liga dos Campeões, uma Supercopa da UEFA, duas Copas Audi, e um Mundial de Clubes FIFA, além dos prêmios individuais conquistados neste período.

Schweinsteiger no Manchester United

Schweinsteiger em sua apresentação no Manchester United.

Schweinsteiger em sua apresentação no Manchester United.

Em julho de 2015, Schweinsteiger foi contratado para jogar pelo clube inglês Manchester United por três temporadas. Marcou seu primeiro gol pelo clube inglês contra o Leicester City, em partida fora de casa. O jogador segue sua carreira profissional no Manchester United, agora comandado pelo técnico português José Mourinho, que está em pré-temporada nos Estados Unidos. A mídia vem noticiando que Schweinsteiger poderia estar incluso em uma lista de dispensas do técnico José Mourinho, devido a chegada iminente de Paul Pogba e por  o elenco do Manchester United contar com grandes meias em seus elenco. José Mourinho inclusive já teria informado Bastian Schweinsteiger sobre seus planos para a próxima temporada, os quais não incluem o jogador alemão.

Os Red Devils mostraram interesse em vender o jogador alemão e alguns clubes já mostraram interesse na contratação do meia para reforçar seus elencos. Um dos interessados é o clube italiano Inter de Milão, o qual deu sinal de interesse em fazer um acordo, porém com a condição de que o jogador alemão baixasse seu elevado salário.

Boas Apostas!