O clube paulista São Paulo Futebol Clube, mais conhecido como São Paulo, fundado em 1930 é um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro, com sede na cidade do mesmo nome é um dos grandes clubes do futebol brasileiro. Seus títulos são tantos que vamos nos resumir a apontar apenas alguns principais, são três Campeonatos Mundiais, três Copas Libertadores da América, uma Copa Sul-Americana entre outros títulos internacionais. Campeonatos brasileiros foram seis, Campeonatos Paulistas vinte e um e por aí vai, a importância deste clube no cenário nacional é de grande relevância, sempre respeitado pelos adversários. Tudo isso não isenta o clube de passar por momentos de crise, ainda mais em um cenário onde a cultura dos resultados a qualquer preço faz com que a situação mude de uma hora para outra.

Crise à vista

Ricardo Gomes, atual técnico do São Paulo FC.

Ricardo Gomes, atual técnico do São Paulo FC.

Mesmo um grande clube como o São Paulo, não fica imune a uma eventual crise, falta de resultados que leve o time a correr risco de entrar em uma zona de rebaixamento em pleno campeonato brasileiro, competição em que sempre está bem colocado e brigando entre os primeiros colocados na tabela de classificação. Atualmente, na vigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o clube ocupa a décima primeira posição da tabela, com apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento. O campeonato deste ano de 2016 vem muito disputado e com a pontuação dos times bem embolada, o que oferece ainda mais perigo ao time paulista.

O time que disputou a Copa Libertadores da América este ano de 2016, graças a ter conseguido chegar em quarto lugar no Campeonato Brasileiro de 2015, conseguindo uma vaga na Pré Libertadores e enfim conseguir uma vaga na fase de grupos. O time chegaria a semifinal da competição com grande apoio da torcida, porém na primeira partida da semifinal contra o Atletico Nacional de Medelin, o São Paulo perderia por 0x2 em pleno Morumbi e ali começaria a crise do time paulista. Na segunda partida em Medelin, o São Paulo perderia por 2×1 e daria adeus a Copa Libertadores, o Atletico Nacional acabou sendo o grande campeão, vencendo o Independiente del Valle na grande final. Durante este período em que disputou o primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores, o São Paulo fez algumas partidas no brasileirão, foram dois empates duas derrotas e apenas uma vitória. Depois da eliminação da Copa Libertadores, apesar da frustração dos torcedores, todos esperavam um melhora do time no Campeoanto Brasileiro, porém a sequência não foi boa, foram quatro empates, três empates e apenas duas vitórias, além disso o ex-técnico do São Paulo, Edgardo Bauza, foi chamado para comandar   a seleção argentina, e deixou o time paulista sem técnico. Ricardo Gomes assumiu o time paulista algumas rodadas depois em uma situação bastante complicada na competição.

Revolta da Torcida e atitude do clube

Invasão de torcedores no CT da Barra Funda.

Invasão de torcedores no CT da Barra Funda.

Na última semana de agosto, a paciência dos torcedores chegou ao fim, um protesto que começou nas ruas próximas ao CT da Barra Funda, logo tomou proporções inesperadas. Torcedores forçaram os portões da entrada do CT e conseguiram furar o bloqueio que era feito por seguranças do clube, até alguns policiais militares que estavam no local não conseguiram deter os membros da torcida organizada Independente do São Paulo. Os torcedores adentraram no CT e foram em direção dos atletas e comissão técnica que faziam treino no campo do CT. Com um clima de revolta e entusiasmo, torcedores se dividiam entre fãs admiradores que queriam tirar “Selfie” com jogadores e outros mais exaltados que gritavam e apontavam o dedo no rosto de outros atletas do clube. Alguns jogadores chegaram a ser agredidos, materiais de treinos roubados e inclusive houve relatos de membros da comissão técnica que haviam torcedores armados entre a torcida organizada, foi uma cena lamentável.

Depois do incidente, já no dia seguinte, o São Paulo haveria de empatar um jogo contra o Coritiba em pleno Morumbi, jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Ricardo Gomes admitiu que o clima entre os atletas ficou tenso e todos caíram na realidade que o time lutará para não entrar na zona de rebaixamento. Com isso, o clube tomou uma decisão, manter os treinos em portas fechadas e cancelar as entrevistas coletivas, os atletas ainda deverão manter silencio e não falar com a imprensa nem por telefone, todas as informações deverão ser dadas pela assessoria de imprensa do clube. O presidente do São Paulo Leco, já admite a busca por reforços, porém as opções são poucas, pois a janela de transferências internacionais fechou e os reforços devem vir do mercado interno. Dos jogadores que atuam no país, somente atletas que fizeram menos de sete jogos pelos seus clubes podem ficar a disposição, o que dificulta ainda mais a situação. Outros atletas de divisões inferiores seriam opções, porém ainda restam alguns nomes como Dátalo, Luan, ambos do Atlético-MG, e Rildo, do arquirrival Corinthians, porém nada está garantido. A data de 16 de setembro é quando estoura o limite imposto pela CBF, até lá o São Paulo deverá contratar alguns reforços. O que fica claro é que o São Paulo precisa ao menos vencer em casa, já que são cinco jogos consecutivos sem vitória no Morumbi, 18 pontos perdidos em casa ao todo. O time venceu só uma das últimas nove partidas que disputou.

Boas Apostas!