O Santa Cruz anunciou na última terça-feira (09) que o seu então treinador, Milton Mendes, havia pedido demissão do seu cargo. O treinador estava no comando do Santa Cruz, desde março de 2016, conquistando dois títulos no início do ano, o do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste, sendo que este último nunca havia sido conquistado pelo Santa Cruz. Porém, mesmo com os títulos, Milton Mendes não conseguiu manter os bons resultados na principal divisão do futebol brasileiro, pedindo demissão depois de uma sequência de quatro jogos seguidos sem vencer, deixando a equipe na vice-lanterna da Série A do Campeonato Brasileiro com dezenove pontos conquistados.

Milton Mendes não é mais treinador do Santa Cruz.

Milton Mendes não é mais treinador do Santa Cruz.

O anúncio da saída de Milton Mendes do Santa Cruz foi dado pelo próprio treinador depois da derrota em casa por 1×2 para o São Paulo. “Assumo responsabilidade, deixo o cargo, mas não vou falar mal de ninguém. É minha postura como líder, como um gestor, e como um pai de família. Peço desculpas se vocês quisessem que eu apontasse o dedo para alguém, mas não vou fazer isso. O clube está mudando uma série de paradigmas e avançando em situações”. O pedido de demissão foi posteriormente confirmada em uma coletiva de imprensa realizada com Milton e o presidente do Santa Cruz, Alírio de Melo.

Anúncio do novo treinador

Doriva é o novo treinador do Santa Cruz.

Doriva é o novo treinador do Santa Cruz.

O Santa Cruz já tem um novo treinador para o segundo turno do Campeonato Brasileiro. O escolhido para assumir o posto de comandante da equipe pernambucana foi Doriva, que estava sem nenhum clube desde que foi demitido do Bahia no fim de junho. A contratação de Doriva foi anunciada na última sexta-feira (12) através da rede social oficial do Santa Cruz, com o pronunciamento do próprio técnico Doriva, também no site oficial do Santa Cruz. “Feliz e honrado em trabalhar em um clube grande como o Santa Cruz!”.

Doriva já era uma opção da diretoria pernambucana desde o início do ano de 2016, depois da saída de Marcelo Martelotte, porém, na época o Santa acabou contratado Milton Mendes. Com a saída de Mendes no fim do primeiro turno do Brasileirão, o primeiro na lista de possíveis contratações para o cargo de treinador do Santa Cruz era Gilson Kleina (Ex-Coritiba), mas as negociações acabaram não prosseguindo e outro nome surgiu, o de Doriva. O treinador fez sua primeira proposta salarial e na sequência o Santa Cruz começou a negociar com o técnico, não demorando muito para fechar um contrato para até o fim de 2016. Ao assumir a equipe, Doriva tem a missão de tirar o Santa Cruz da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e fazer com que a equipe permaneça na Série A do próximo ano. O treinador provavelmente não fará sua estreia na partida contra o Vitória pela 20ª rodada do Brasileirão no próximo domingo, já que segundo a assessoria de imprensa de Doriva, ele quer ter mais tempo para conhecer seus novos comandados e poderá fazer sua primeira partida como treinador oficial do Santa Cruz no dia 21 de agosto, jogando em casa contra o Fluminense pela 21ª rodada do Brasileiro.

Carreira de Doriva

Doriva foi campeão paulista com o Ituano, seu primeiro clube como treinador.

Doriva foi campeão paulista com o Ituano, seu primeiro clube como treinador.

Doriva começou sua carreira no futebol como jogador, atuando em equipes brasileiras como São Paulo (onde foi revelado) e Atlético Mineiro, além de times internacionais como Porto, Sampdoria e Celta de Vigo. Como treinador, ele começou atuando como auxiliar-técnico no Ituano e foi efetivado no fim do Campeonato Paulista de 2013. Depois de cinco partidas disputadas e sete pontos conquistados, Doriva conseguiu evitar o rebaixamento da equipe e seguiu no cargo de treinador. No ano seguinte, o treinador e seu clube surpreenderam a todos ao serem campeões do Campeonato Paulista, eliminando grandes equipes e vencendo o Santos na partida de volta nos pênaltis por 6×7 em plena Vila Belmiro.

Com o título, Doriva despertou o interesse de grandes clubes brasileiros, sendo contratado pelo Atlético Paranaense em junho de 2014. Porém, depois de apenas oito jogos comandando a equipe paranaense, conseguindo três vitórias, dois empates e três derrotas, acabou sendo demitido. Contratado no fim de 2014, Doriva levou o Vasco da Gama ao título do Campeonato Carioca de 2015, tornou-se o primeiro e único treinador a conquistar o Paulistão e o Carioca consecutivamente. Durante o Brasileirão de 2015, o Vasco não teve um bom começo, passando as oito primeiras rodadas sem nenhuma vitória e depois da quinta derrota consecutiva, Doriva acabou pedindo demissão.

Entre agosto e outubro de 2015, o treinador teve uma boa passagem pela Ponte Preta, conseguindo deixar a equipe perto do G-4, mas acabou saindo da equipe em 7 de outubro para comandar o São Paulo. Doriva acabou ficando apenas sete jogos comandando a equipe paulista, sendo demitido em novembro do mesmo ano com duas vitórias, um empate e quatro derrotas. Na sequência, foi contratado pelo Bahia com o objetivo de levar a equipe para a Série A do Brasileiro e depois de 36 jogos, com 23 vitórias, 6 empates e 7 derrotas, Doriva acabou demitido da equipe baiana em junho de 2016, depois de perder em casa por 1×2 para o Londrina e deixar o G-4 da Série B. Agora, Doriva tem a missão de manter o Santa Cruz, sua nova equipe, na primeira divisão do futebol brasileiro, recebendo o time na zona de rebaixamento, há três pontos da primeira equipe fora da ZR.

Boas Apostas!