Agora é oficial. Ryan Giggs é o novo treinador da seleção do País de Gales, semi finalista do Euro 2016, disputado na França. O anúncio foi feito nessa segunda-feira (15) e a apresentação  está marcada para o dia de hoje.

Foto via "Manchester Evening News!

Foto via “Manchester Evening News!

Um novo ciclo se inicia na seleção do País de Gales, nação sem um grande historial futebolístico que, graças a talentos como Gareth Bale ou Aaron Ramsey tem vindo a marcar sua posição no futebol europeu, chegando inclusive na semi final do Euro 2016, etapa da competição em que perdeu com a congénere de Portugal que se viria a sagrar campeã. Ryan Giggs, um nome que dispensa apresentações por conta da sua grande carreira como jogador do Manchester United, é o novo timoneiro máximo daquela seleção, sucedendo dessa forma a Chris Coleman, técnico que falhou o acesso à Copa do Mundo de 2018 e acabou por deixar o cargo. Os responsáveis galeses chegaram a apresentar uma proposta de prorrogação de contrato a Coleman, mas o técnico de 47 anos que conduziu o País de Gales à melhor prestação de sempre em uma fase final optou por deixar a equipe e voltar a trabalhar em clubes, assumindo o comando técnico do Sunderland. Antes disso já tinha orientado Fulham, Real Sociedad, Coventry City e Larissa.

O primeiro grande objetivo de Ryan Giggs é claro: devolver o País de Gales à fase final de uma grande competição, nomeadamente ao Euro 2020, competição que ficará marcada pela introdução de um novo modelo competitivo que levará a prova até diversos pontos espalhados por toda a Europa. A fase de apuramento para a competição começará no final desse ano civil de 2018.

Internacional pelo País de Gales em 64 ocasiões, Ryan Giggs é uma figura incontornável daquele país. O “one man club” do Manchester United marcou uma era com a camisa galesa e agora se prepara para a comandar a partir do banco de reservas naquele que será a primeira aventura da sua carreira como técnico principal.  Giggs representou a seleção do seu país entre 1991 e 2007.

Experiência anterior

A carreira de Ryan Giggs fora das quatro linnhas começou em 2014. Após o despedimento de David Moyes do comando do Manchester United, Ryan Giggs assumiu os destinos da equipa de forma interina. Quando Louis Van Gaal chegou ao clube, permaneceu como técnico adjunto, procurando  desde então dar início à carreira como treinador principal. Aos 44 anos, tem essa oportunidade e a imprensa britânica escreve que no processo de recrutamento terá ganho a corrida a outro jogador que já foi internacional pelo País de Gales: Craig Bellamy.

Boas Apostas!