Ano após ano, o Ceará entra na Série B como forte candidato ao acesso à Série A, se afirmando também com boas campanhas na Copa do Brasil. Para 2017, a diretoria do time de Fortaleza tinha investido nos serviços do “rei dos acessos” Givanildo de Oliveira para finalmente garantir o acesso. A ligação chegou ao fim.

Givanildo

Givanildo de Oliveira deixa o Ceará

A oitava rodada da Série B ficou marcada pelo despedimento de Givanildo de Oliveira, Pernambucano de 68 anos conhecido como “rei dos acessos”. O início de temporada bem modesto protagonizado pelo Ceará fez com que a diretoria do clube abdicasse dos serviços do treinador que tem um histórico sem paralelo no que diz respeito à subidas de divisão, com cinco acessos ao leme de quatro equipas distintas. América-MG (1997 e 2015), Paysandu (2001), Santa Cruz (2005) e Sport (2006) foram os times que Givanildo de Oliveira devolveu à elite do futebol brasileiro, algo que já não conseguirá fazer com o Ceará, uma vez que o vínculo com o time foi quebrado este sábado, na sequência do empate caseiro a um gol entre o Ceará e a Luverdense. Os dois resultados ruins alcançados de forma consecutiva e a jogar em casa, frente ao Santa Cruz (1-3) e à Luverdense (1-1), precipitaram a saída do experiente treinador. O maior mérito do treinador nessa passagem pelo Ceará corresponde à conquista do título Estadual frente ao Ferroviário, insuficiente para “segurar” Givanildo Oliveira ao comando. Wellington Vero, seu auxiliar, seguiu o mesmo caminho e abandonou a comissão técnica.

Nesta Série B 2017, não há duvidas de que o Internacional de Porto Alegre é o maior candidato à subida, presumivelmente na primeira posição da tabela. O plano do “Vovô” para essa época também passava por integrar o grupo da frente desde a primeira hora, cimentando sua posição nas partes cimeiras da tabela. Os 11 pontos conquistados em oito rodadas correspondem a um registo que não agrada à diretoria do clube, mesmo que os postos de acesso à Série A estejam a um pequeno passo – o Santa Cruz (4º) tem apenas mais um ponto que o Ceará.

O próximo desafio do Ceará, agendado para a noite de terça-feira (20), corresponde a uma deslocação ao estádio da Serra Dourada para enfrentar o Vila Nova. A diretoria garante que já está a trabalhar na contratação do sucessor de Givanildo de Oliveira, porém, nessa partida, ainda não surgirá com orientação técnica. O eleito para o cargo vai ter uma tarefa exigente em mãos, visto que a diretoria surge determinada em assegurar o acesso à Série A.

Boas Apostas!