A temporada da Serie A (Campeonato Italiano) 2016/17 já começou até agora o time não embalou, em duas rodadas a Inter de Milão encontra-se na décima sétima colocação com uma vitória e um empate.

Técnico Frank de Boer no comando da Inter de Milão.

Técnico Frank de Boer no comando da Inter de Milão.

O Football Club Internazionale Milano, mais conhecido como Inter de Milão, apresentou seu novo técnico, o holandês Frank de Boer, ex-jogador de grandes clubes como o holandês Ajax, o espanhol Barcelona e inclusive ex-jogador da seleção holandesa. O técnico comandou o gigante holandês Ajax desde 2010, conquistando quatro títulos da Eredivise (Campeonato Holandês). Agora o técnico tem a missão de levar a Inter de Milão a buscar ao mínimo uma vaga na Liga dos Campeões, torneio que não disputa desde a temporada 2011/12.

A Inter de Milão só tem a ganhar com o técnico Holandês, o Ajax em seu comando sempre mostrou um futebol ofensivo e com um futebol dinâmico. Frank de Boer está muito confiante para comandar o time italiano, porém está com os pés no chão. “Eu espero colocar o time no caminho certo logo, mas é claro que não será fácil”, disse o técnico. “Gostaria de agradecer à Inter. Todos nós falamos a mesma língua – eu, o presidente e a equipe técnica. Queremos vencer”, comentou o técnico holandês.

Gabigol

Gabigol atuando pela seleção brasileira.

Gabigol atuando pela seleção brasileira.

O jovem atacante Gabriel, mais conhecido como Gabigol, que foi formado pelo Santos FC, após ser descoberto em uma partida de futsal aos 8 anos de idade, quando atuava pelo arquirrival São Paulo, o jogo foi vencido pelo São Paulo por 6×1, Gabigol fez os seis gols daquela partida. Promovido a equipe principal do Santos aos 16 anos de idade, Gabriel iniciava uma carreira de sucesso no clube que já teve como jogador o maior de todos, Pelé. Em 2014, Gabigol foi artilheiro do Santos com oito gols no Campeonato Brasileiro, sete gols no Campeonato Paulista e seis gols Copa do Brasil, totalizando dezenove gols na temporada. Em 2015, fez três gols no Campeonato Paulista, dez gols no Campeonato Brasileiro e oito na Copa do Brasil, totalizando vinte e um gols na temporada. Em 2016, o atacante já tinha feito sete gols no Campeonato Paulista, cinco no Campeonato Brasileiro e foi convocado para a Copa América Centenário pela seleção principal onde fez um gol, foi campeão olímpico com a seleção do Brasil marcando dois gols na competição.

O jovem jogador fez uma viagem para a Itália na última quinta-feira para acertar detalhes de seu contrato com a Inter de Milão. O valor da negociação ficou em torno de € 28 milhões (R$ 100,6 milhões), pagos a vista. O valor da negociação ficará dividido da seguinte maneira,  Gabigol receberá R$ 36 Milhões e o Santos R$ 64 Milhões. O jovem jogador receberá um salário de R$ 1 Milhão por mês.

João Mário

João Mário atuando pela seleção de Portugal.

João Mário atuando pela seleção de Portugal.

A Inter de Milão contratou outro grande meia, trata-se do atleta português João Mário, que atuava pelo Sporting. O jogador português que tem 23 anos, teve passagem aos 9 anos de idade pelo FC Porto e aos 11 anos foi para o Sporting, onde em 2011 aos 18 anos estreou no time profissional e jogou até 2013, quando foi emprestado para outro clube português Vitória de Setúbal. O atleta tem passagens pela seleção de Portugal desde o Sub-16, passando por todas as categorias, até chegar a equipe principal em 2014. O jogador foi campeão da Eurocopa com a seleção de Portugal. O meia polivalente, foi alvo de vários times europeus por sua grande qualidade técnica e velocidade.

O clube italiano anunciou oficialmente a contratação do atleta por € 45milhões (R$ 164 milhões). O valor foi consideravelmente maior que do craque brasileiro Gabigol. Com a contratação de João Mário e Gabigol, a Internazionale concretiza a quinta contratação da Inter nesta temporada. Além deles, chegaram ao clube os argentinos Éver Banega e Cristian Ansaldi, além do meia italiano Antonio Candreva, ex-Lazio.

Boas Apostas!