Despedido pela diretoria do Leicester City no final do mês de fevereiro, Claudio Ranieri deverá voltar ao ativo no início da próxima época. O timoneiro do “conto de fadas” dos “foxes” é um dos favoritos para assumir a Fiorentina, emblema que já orientou entre 1993 e 1997. A Europa do futebol aguarda com expetativa para conhecer o destino do técnico transalpino.

A demissão de Claudio Ranieri por parte da diretoria do Leicester City dividiu o mundo do futebol. De um lado, os apologistas da permanência em Inglaterra até final da época por uma questão de gratidão, do outro, os detentores de uma visão menos romântica, influenciada pelo mau momento vivido por um campeão em título envolvido na luta pela permanência. Agora, o técnico está na iminência de voltar aos bancos de reservas para conduzir o representante da cidade de Florença entre a elite do futebol italiano.

Ranieri para suceder a Paulo Sousa

Foto: "Reuters/John Sibley Livepic/File Photo"

Foto: “Reuters/John Sibley Livepic/File Photo”

A temporada não tem corrido bem à Fiorentina de Paulo Sousa e a saída do técnico português é, cada vez mais, um dado adquirido. A possível rotura entre o treinador e o clube é noticiada desde finais de 2016 e os resultados desportivos negativos contribuem para fortalecer esse cenário. Neste momento, após 34 rodadas, a Fiorentina está na 8ª posição da Série A e vai falhar o acesso às competições europeias.

No último domingo, após a derrota na Sicília para o Palermo por dois a zero, cerca de uma centena de torcedores aguardava a comitiva da Fiorentina na chegada a Florença, furiosos com o desempenho frente a um adversário praticamente condenado à relegação. Paulo Sousa foi um dos principais alvos da ira da torcida, segundo a os relatos da imprensa italiana.

Depois de uma primeira época em que o trabalho desenvolvido culminou com o acesso direto à Liga Europa, Paulo Sousa conhece o “reverso da medalha”, perdendo o crédito ganho após alguns problemas aquando da sua chegada a Florença devido à sua ligação anterior (enquanto jogador) à rival Juventus.

Mazzarri considerado

Claudio Ranieri parece ser o principal candidato à sucessão, retornando ao futebol italiano depois de passagens por Mónaco, seleção grega e, claro, Leicester City. Nascido na capital italiana e torcedor confesso da AS Roma, emblema que representou como jogador e posteriormente enquanto técnico, Claudio Ranieri tem seu nome gravado na história da Fiorentina. Além de ter conquistado o acesso à Série A na temporada 1993/94, orientou a célebre equipa “Viola” que contava com Batistuta ou Rui Costa, erguendo uma edição da Copa de Itália e outra da Supercopa. Apesar de seu passado de sucesso em Florença, não é a única opção sobre a mesa da diretoria da Fiorentina. Walter Mazzarri, atual treinador do Watford, é outro dos nomes citados pela imprensa italiana para assumir os destinos da Fiorentina na próxima temporada. Antes de rumar à Inglaterra, Mazzarri dirigiu o Inter de Milão na temporada 2013/14. A Copa da Itália conquistada em 2011/12 – ao serviço do Nápoles – é o troféu mais importante no curriculum do treinador de 55 anos.

Boas Apostas!