Na Europa se jogam as oitavas da Liga dos Campeões, na América do Sul são discutidos os primeiros encontros da fase de grupos da Libertadores e, na América do Norte/Central, já são conhecidos os dois primeiros apurados para as semis da Liga dos Campeões da CONCACAF. A noite ficou marcada pelo sucesso de dois times estadounidenses frente a congéneres mexicanas.

México, Estados Unidos, Canadá e Panamá. São quatro os países representados nessas quartas da Liga dos Campeões da CONCACAF 2018, máxima competição de clubes daquela confederação.

Foto: "Dan Hamilton/USA Today Sports"

Foto: “Dan Hamilton/USA Today Sports”

Na madrugada de terça (13) para quarta (14) ficaram conhecidos os dois primeiros times apurados para as semis da competição.

Após uma vitória por dois a um na partida de ida, disputada no Canadá, o Toronto carimbou o apuramento na deslocação ao México para enfrentar o Tigres em uma eliminatória com brasileiros envolvidos. Na noite mexicana, o Tigres orientado por Tuca Ferretti que contou com os brasileiros Juninho e Rafael Carioca até venceu por três a dois, mas os gols apontados fora de portas pelo time canadiano que conta com Sebastian Giovinco foram decisivos. Auro, único brasileiro do time do Toronto, foi a jogar ao minuto 15 para render o machucado Justin Morrow.

No outro confronto da noite, esse sem intervenientes brasileiros, o emblema estadounidense do NY Red Bulls confirmou o apuramento para as semis da competição ao levar novamente a melhor sobre o Club Tijuana. A partida de ida, no México, já se tinha saldado em uma vitória dos americanos por dois a zero, replicada na volta, desta feita por três a um.

América está praticamente apurado, Chivas tenta “virada”

Para a noite dessa quarta-feira (14) estão agendados os dois desafios que restam para encerrar o quadro dessas semis. O time “azteca” do América – conta com o brasileiro William, ex-Palmeiras – tem o apuramento praticamente garantido, dado que venceu o primeiro confronto com os panamianos do Tauro por quatro gols sem resposta.  A outra eliminatória está bem mais nivelada e se adivinha que a discussão vá até às últimas consequências: para já, um gol de Clint Dempsey na CenturyLink Field faz a diferença entre Seattle Sounders e Chivas. Os comandados de Brian Schmetzer terão que resistir na ida até à casa do time orientado pelo argentino Matías Almeyda, ex-jogador e técnico ro River Plate.

O Pachuca, time que venceu a última edição da Liga dos Campeões da CONCACAF, já não está em prova. De resto, nenhum dos times envolvidos chegou nas semis da prova na temporada passada.

Boas Apostas!