Toda Copa do Mundo, além de mostrar ao mundo novos craques como Kylian Mbappé, sempre traz também um tom de despedida para grandes jogadores que estão perto de encerrar suas carreiras com suas respectivas seleções. Enquanto no Mundial de 2014, realizado no Brasil, nomes como Xavi Hernández, Didier Drogba e Pirlo deram adeus a Copa do Mundo, em 2018 será a vez de outros grandes nomes do futebol mundial atual devem ter defendido suas seleções pela última vez em uma competição tão importante. A seguir, confira alguns jogadores que provavelmente fizeram sua última Copa do Mundo da carreira e que não deverão estar entre os astros da Copa do Mundo de 2022.

Jogadores experientes e destaques na Copa de 2018

Rafa Marquez, Kompany e Modric.

Rafa Marquez, Kompany e Modric.

Rafa Marquez: zagueiro de 39 anos, o mexicano esteve em cinco Mundiais, sendo capitão da seleção do México em todas elas e jogando muito na maioria. Na Copa da Rússia, não conseguiu apresentar seu melhor futebol, uma vez que a idade já pesou no seu porte físico e está cada vez mais perto de uma aposentadoria. Porém, sua participação foi importante para encerrar sua passagem pela seleção mexicana, onde é convocado desde 1997 e com quem disputa uma Copa do Mundo desde 2002. Próximo dos 40 anos, Rafa Marquez certamente não estará no Mundial de 2022;

Vincent Kompany: mais um zagueiro, o belga está com 32 anos e foi convocado para a Rússia de forma um tanto surpreendente, uma vez que não está no seu auge físico, tanto que participou de apenas 41 jogos na Premier League nos últimos três anos com o Manchester City.  Participando da reta final da Copa da Rússia, ele apareceu em momentos importantes, como o primeiro gol contra a seleção brasileira nas quartas de final, e agora a dúvida que fica é se o zagueiro conseguirá aguentar participar de outra Copa com 36 anos.

Luka Modric: eleito o melhor jogador da Copa do Mundo da Rússia e principal jogador no histórico vice croata, o meia estará com 37 anos no Mundial do Catar, daqui quatro anos. Embora seu estilo de jogar não necessite de muita explosão de velocidade, ele apresentou na Rússia muito cansaço, principalmente durante as prorrogações, o que pode indicar um desgaste alto do jogador que já não está tão jovem. Por já ter feito uma grande Copa do Mundo e pelos resultados que vieram neste ano, é possível que Modric não force tanto seu corpo para participar de mais uma Copa em 2022;

Melhores do Mundo irão se aposentar

CR7, Messi e Iniesta.

CR7, Messi e Iniesta.

Cristiano Ronaldo: embora seja conhecido por ótimo poder físico e que aos 33 anos ainda apresente um futebol muito bom, o atacante português pode ter disputado sua última Copa do Mundo deste ano. Daqui quatro anos, o craque estará com 37 anos e poderá já não tem um físico tão bom, mesmo com todo seu tradicional treinamento e autopreservação. O fato é que pela lógica, CR7 não estará entre os convocados de Portugal no Catar, porém, por tratar-se de Cristiano Ronaldo, tudo é possível;

Lionel Messi: outro grande craque do futebol atual, o argentino está hoje com 31 anos e está mais para uma dúvida do que uma ausência certeira. No Mundial do Catar, estará próximo dos 35 anos e caso ainda esteja bem fisicamente, o estado mental do atacante é a parte mais preocupante. Na seleção da Argentina, o camisa 10 sofre, claramente, um grande desgaste mental, muito por conta da grande pressão nas suas costas de carregar uma seleção inteira em toda competição, o que só aumenta numa Copa do Mundo. Isso acaba atrapalhando seu futebol e pode motivar uma aposentadoria do craque na seleção.

Andrés Iniesta: mesmo sem ter ganhado um prêmio de Melhor Jogador do Mundo, o espanhol é com certeza um dos melhores jogadores do futebol mundial. Autor do gol do único título mundial da seleção da Espanha, o meia chegou aos seus 34 anos e dá mostras de que anunciará sua aposentadoria nos próximos anos. Recentemente deixou o Barcelona para mudar-se para o futebol japonês e depois anunciou que não defenderá mais a Espanha, independentemente do resultado na Copa.

Boas Apostas!