O meia brasileiro Otavinho, que foi formado no Internacional, foi contratado pelo Porto em 2014 por um contrato de cinco anos e deu bom retorno financeiro ao clube gaúcho. Na época da contratação o meia chegou a comentar sobre sua ida a Portugal: “Estou muito feliz.

Otavinho atuando pelo Porto nos Playoffs da Liga dos Campeões 2016/17.

Otavinho atuando pelo Porto nos Playoffs da Liga dos Campeões 2016/17.

O FC Porto é uma das grandes equipes da Europa e sempre foi o meu sonho jogar aqui na Europa, ainda mais no FC Porto, que eu sempre acompanhei bastante. Espero ajudar a equipe a conquistar títulos e a ganhar o maior número de jogos possível”, o jogador também agradeceu o clube que o formou: “Obrigado Internacional, foram 5 anos que aprendi bastante e só tenho que agradecer por tudo que fez na minha vida, espero um dia voltar!”

Agora no fim de 2016, o clube português, embora tenha contrato até 2019, quer garantir ainda mais a permanência do jogador brasileiro em seu elenco, já pensando nisso, estendeu o contrato do jogador até 2021. A renovação do contrato do jogador estabelece uma cláusula de rescisão de contrato no valor de € 60 milhões (R$ 217 milhões). Agora mais uma vez o jogador fez muitos elogios ao clube português e demonstrou muita alegria em estender seu contrato: “Muito feliz por prolongar o meu contrato com o Porto até 2021. Um lugar onde eu me sinto em casa. Espero conquistar muita coisa nesse clube tão especial”.

O Futebol Clube do Porto é um dos maiores clubes de Portugal, atualmente é o segundo maior detentor de títulos do Campeonato Português (Primeira Liga) com 27 conquistas, logo atrás do Benfica que tem 35 taças da competição. O Futebol Clube do Porto ainda tem grandes conquistas como 2 taças Intercontinentais (1987 e 2004), 2 Liga dos Campeões (1986/87 e 2003/04), 2 taças da Liga Europa (2002/03 e 2010/11), além de 16 Taças de Portugal, 20 Supertaças Cândido de Oliveira entre outros importantes títulos.

Carreira do meia

Otavinho nas categorias de base Sub-13 do Santa Cruz Futebol Clube.

Otavinho nas categorias de base Sub-13 do Santa Cruz Futebol Clube.

Otávio Edmilson da Silva Monteiro, mais conhecido como Otavinho, iniciou seus primeiros passos no futebol  de salão, onde desde muito pequeno, já era acompanhado pelo pai, o Sr. Otávio Júnior, o próprio disse em entrevista a um jornal esportivo: “Aos 11 anos ele deixou a equipa de João Pessoa . Foi jogar futsal para o Santa Cruz do Recife. 120 kilómetros para lá, 120 kilómetros para cá. Levava-o e trazia-o todos os dias. Só posso estar muito feliz com tudo o que o meu filho está a conseguir”, recordou o pai ao ver seu filho negociado com o Porto de Portugal. Otavinho jogando pelo Santa Cruz teve muitos bons momentos, entre eles o vice-campeonato Pernambucano e também foi campeão da Brazil Cup, torneio nacional realizado em Minas Gerais entre categorias Sub-13. Em vários torneios Otavinho foi grande destaque e isso o levou ao clube gaúcho Internacional.

Quando Otavinho chegou nas categorias de base do clube gaúcho Sport Club Internacional em 2010 com 14 anos para fazer um teste, o treinador Deive Bandeira descobriu o jovem talento: “Aos 14 anos fazia tudo bem: controle de bola, passe, drible, chute ao gol. Em dois treinos fiquei convencido. Informei logo os responsáveis do clube: temos aqui um diamante. Não me enganei” comentou aquele que seria o primeiro treinador de Otavinho no Internacional. Logo chamou a atenção da diretoria do clube, qual o lançou no profissional em 2012 com 17 anos.  Pelo Internacional o atleta atuou em 62 partidas entre 2012 e 2014 com 7 gols marcados. Durante este período, Otavinho ajudou o Colorado a conquistar dois títulos regionais, os Campeonatos Gaúchos de 2013 e 2014. Inicialmente atuando como lateral, o jogador acabou virando meia-atacante quando foi comandado pelo técnico Clemer Melo da Silva.

Otavinho comemora gol na vitória por 4x1 sobre o Náutico no Brasileirão de 2013.

Otavinho comemora gol na vitória por 4×1 sobre o Náutico no Brasileirão de 2013.

Otavinho chamou a atenção de diversas grandes equipes e acabou sendo negociado com o clube português Futebol Clube do Porto no segundo semestre de 2014 com um contrato para cinco temporadas por um valor R$ 14,5 milhões na época. A negociação do jogador foi um bom retorno financeiro para a equipe Colorada, mesmo lucrando apenas 50% do valor, já que os outros 50% pertenciam para um fundo de investimentos do Japão e do próprio jogador. Embora inicialmente quando chegou ao Porto, fez parte do elenco do time B, Otavinho seguiu trabalhando e chegou até ser emprestado para outro clube português, o Vitória de Guimarães em 2015/16. Durante sua passagem no Vitória de Guimarães, o técnico do Porto José Peseiro afirmou que o atleta fazia falta no Porto e o presidente do Porto chegou a afirmar que o atleta voltaria para a próxima temporada. O prometido aconteceu, o jogador voltou ao Porto agora em 2016 foi integrado no elenco principal dos Dragões (como é chamado o time do Porto) e logo conquistou a vaga de titular da equipe. O jovem jogador de apenas 21 anos de idade, vem participando de grandes competições e acumulando experiência profissional. Otavinho vem participando de todos os jogo do Porto na Liga dos Campeões de 2016/17, inclusive marcando um gol importante no empate contra o Copenhague da Dinamarca por 1×1 na estreia da fase de grupos da competição. Suas boas atuações lhe renderam uma renovação de contrato com o Porto até 2021.

Boas Apostas!