Dimitri Payet vai ser oficialmente apresentado como reforço do Marselha. O meia vice-campeão europeu pela França regressa ao ao time que representou nas temporadas 2013/14 e 2014/15 depois de muita pressão junto da diretoria do West Ham para sair.

PayetO West Ham oficializou a ida de Dimitri Payet para o Marselha. A transferência custou ao clube do sul da França R$ 98 milhões, o equivalente a 25 milhões de libras. Segundo o jornal francês “L’Équipe”, o jogador viajou para a França nesse domingo e vai cumprir os habituais exames médicos para depois ser oficialmente apresentado como reforço. A maior novela da janela de transferências de inverno do futebol europeu chega ao fim com o jogador a cumprir seu desejo de retorno a França, insatisfeito nos londrinos do West Ham. Afastado do elenco desde o meio desse mês de janeiro pelo técnico Slaven Bilic, Dimitri Payet regressa ao time em que mais se destacou na França, se tornando no segundo jogador que já passou pelo clube a retornar nessa janela, como Evra.

“We’ve got Payet, Dimitri Payet”

Chegou em Londres para a temporada 2015/16 e se destacou com a camisola do West Ham. Em sua primeira experiência fora do futebol francês, uma época foi suficiente para garantir a adoração da torcida do tradicional clube inglês, ao ponto de criarem uma música totalmente dedicada ao meia.

“We’ve got Payet, Dimitri Payet! I just don’t think you understand. He’s Super Slavs man, he’s better than Zidane.  We’ve got Dimitri Payet!”

A temporada correu de feição ao meia francês que fez 12 gols em 38 partidas pelos “Hammers”, maravilhando a torcida com suas belas cobranças de faltas. O seleccionador Didier Deschamps convocou Payet para o campeonato da Europa disputado na França e o brilho do meia começou logo na primeira partida, quando foi a maior surpresa no onze gaulês para enfrentar a Roménia, definindo o jogo a favor de sua seleção. A partir daí, não mais saiu do onze de Didier Deschamps e continuou a se destacar, perdendo na final para a seleção de Portugal. Na campanha europeia, Dimitri Payet fez três gols e duas assistências.

Foto: "Charlotte Wilson/Offside"

Foto: “Charlotte Wilson/Offside”

No regresso à Inglaterra para essa temporada, tudo mudou. Deixou de ser ídolo e virou alvo da torcida após ter assumido que não queria mais defender as cores dos “Hammers”. O técnico Slaven Bilic, dececionado com a atitude do meia, decidiu o afastar do elenco, considerando que era “persona non grata” no clube. As declarações que citavam a intenção de Payet romper os próprios ligamentos para não jogar mais pelo West Ham são falsas, mas o meia aceitou uma grande redução de salário (20 mil euros por semana, segundo a imprensa francesa) para poder assinar pelo Marselha.

Na França, Dimitri Payet representou o Le Havre, o Nantes, o Saint-Étienne, o Lille e o Marselha, clube que agora volta a representar. Na anterior passagem pelo clube do sul da França, fez mais de 80 partidas em duas temporadas. O internacional francês é o segundo grande reforço marselhês nessa janela, depois de o clube ter anunciado a contratação de Evra, lateral que já jogou pelo clube na goleada ao Montpellier (5-1).

Boas Apostas!