O Tianjin Quanjian de Alexandre Pato tem novo treinador. O português Paulo Sousa foi oficialmente apresentado como técnico para a temporada que se avizinha, sucedendo a Fabio Cannavaro no cargo, italiano cujo futuro deverá passar pelo campeão em título.

Foto: "Tianjin Quanjian"

Foto: “Tianjin Quanjian”

A Superliga Chinesa 2016 chegou ao fim e é altura de fazer um balanço da temporada, iniciando desde já a preparação da época que se avizinha. O campeão não mudou: Luiz Felipe Scolari prolongou a hegemonia do Guangzhou Evergrande, alcançando o heptacampeonato chinês. Imediatamente atrás, o Shanghai SIPG de Óscar e Hulk treinado por André Villas-Boas, principal concorrente do Guangzhou ao longo de toda a campanha. O Tianjin Quanjian de Fabio Cannavaro completou o pódio, garantindo o acesso ao “play-off” da Liga dos Campeões da Ásia, saldo final de um percurso positivo. O brasileiro Alexandre Pato deu seu contributo para a boa campanha do Tianjin Quanjian – que também contou com os serviços do internacional belga Axel Witsel – ao apontar 15 gols em 24 partidas com a camisa do clube. O último deles, na derradeira rodada da SuperLiga Chinesa, foi absolutamente decisivo, uma vez que permitiu derrotar o Hebei China Fortune e consequentemente terminar na terceira posição do campeonato.

A temporada chegou ao fim e o percurso de Fabio Cannavaro no comando técnico do clube também, abandonando o time para, ao que tudo indica, voltar a orientar o Guangzhou Evergande, time que orientou em 2015 – a saída de Luiz Felipe Scolari foi comunicada ainda antes de a conquista do título ser consumada.

Paulo Sousa já foi apresentado

Sucessor de Fabio Cannavaro no clube, o português Paulo Sousa estava sem treinar desde o final da última temporada, depois de ter deixado a Fiorentina, emblema que orientou durante duas temporadas. Apontado ao AC Milan pela imprensa italiana – país em que ficou com excelente reputação sobretudo pela qualidade do futebol que a Fiore exibiu na sua primeira temporada no Artemio Francchi – das últimas semanas, o técnico português acabou por aceitar a proposta do Tianjin Quanjian, adicionando um país novo a uma carreira de treinador que já passou por Inglaterra, Israel, País de Gales, Suíça, Hungria e Itália. Depois de Fabio Cannavaro ter anunciado a saída na manhã e domingo (6) através da sua conta oficial no “Twitter”, Paulo Sousa foi apresentado durante o jantar de final de temporada que contou com a presença da diretoria do clube bem como dos jogadores.

A continuidade de Alexandre Pato, único brasileiro no elenco que disputou a Superliga Chinesa em 2016, ainda é uma incógnita.

Boas Apostas!