O Atlético Paranaense disputará pela quinta vez na sua história a Copa Libertadores da América e para conseguir ter bons resultados na principal competição de clubes do futebol sul-americano, a equipe vem tentando manter seus principais jogadores e buscando também reforços, de preferência jogadores experientes, que já tenham disputado a Libertadores.

Zagueiro Paulo André jogando pelo Atlético Paranaense.

Zagueiro Paulo André jogando pelo Atlético Paranaense.

Seguindo essa lógica, o Furacão acertou última terça-feira (10) a permanência do zagueiro Paulo André, que ao lado do zagueiro Thiago Heleno e do goleiro Weverton, formou a melhor defesa do Campeonato Brasileiro de 2016, sofrendo 32 gols em 38 rodadas na competição nacional. Emprestado pelo Cruzeiro por um ano, o contrato de Paulo André com o clube mineiro e com o Atlético chegaram ao fim no dia 31 de dezembro, sendo necessária a realização de um novo contrato de um ano com as partes. Em entrevista ao site oficial do Furacão, o zagueiro se mostrou feliz com sua permanência na equipe e ainda afirmou que 2016 foi um ano vitorioso. “Feliz de poder renovar e ter tido o reconhecimento do Clube e da torcida. Foi um ano vitorioso, com conquistas e com a construção de um time e deu uma maneira de jogar. Esperamos que em 2017 possamos ter ainda mais alegrias”.

Como dissemos anteriormente, o Atlético disputará a Libertadores de 2017, iniciando sua participação na segunda fase da chamada Pré-Libertadores. Paulo André já disputou essa competição com outros clubes, conquistando a Libertadores em 2012 com o Corinthians. “Sei das dificuldades e das durezas dessa competição. Então vamos ter que nos preparar bem. Mas todo atleta fica feliz e satisfeito de jogar, sabendo que é marcante. E poder deixar uma história no Clube é maravilhoso”. Foi justamente com a equipe paulista que o jogador conheceu o primeiro adversário do Atlético na Libertadores desse ano, o Millonarios, da Colômbia. “A decisão começa no primeiro jogo, em casa. Precisamos fazer um resultado favorável, para chegar lá com mais tranquilidade. Tenho boas lembranças do jogo lá [na Colômbia]. Vencemos, mas fomos pressionados os 90 minutos. Estádio lotado e tem um pouco de altitude. Então não vai ser fácil”.

Passagem pelo Furacão e título no Timão

Paulo André em entrevista pelo Corinthians.

Paulo André em entrevista pelo Corinthians.

O zagueiro Paulo André passou entre 1998 e 2004 por pelo menos quatro clubes durante sua formação como jogador. Inicialmente, o zagueiro passou pelo São Paulo, para depois passar por outras pequenas equipes, CSA, Águas de Lindoia e Guarani, por quem foi revelado profissionalmente em 2004. Depois de ficar pouco mais de um ano na equipe como jogador profissional, o zagueiro foi para o Atlético Paranaense, onde formou a dupla de zaga com Danilo e teve bons resultados. Pouco depois da sua chegada, Paulo André tornou-se titular, capitão e vice-artilheiro da equipe paranaense, além de ter sido eleito em 2005 um dos cinco melhores zagueiros do Brasil, recebendo o prêmio Bola de Prata da revista Placar. No ano seguinte, o jogador foi eleito o melhor zagueiro do Paraná pela FPF (Federação Paranaense de Futebol). Durante sua primeira passagem pelo Furacão, o zagueiro disputou 54 partidas e marcou 8 gols.

Saindo do Atlético em meados de 2006, Paulo André foi transferido para o Le Mans, da França, onde ficou até 2009. Voltando ao futebol brasileiro, o jogador foi para o Corinthians, onde viveu o melhor momento da sua carreira naquela época. Ganhando sua titularidade ao poucos e sendo um dos líderes dentro do elenco corintiano, Paulo André ajudou o clube na conquista de cinco títulos entre 2011 e 2013, sendo eles: o Campeonato Brasileiro de 2011, a Copa Santander Libertadores de 2012, o Mundial de Clubes da FIFA de 2012, o Campeonato Paulista de 2013 e a Recopa Sul-Americana de 2013. Em 2014, o jogador deixou o Timão para jogar no futebol chinês, sendo contratado pelo Shanghai Shenhua, para no ano seguinte transferir-se para o Cruzeiro, onde foi pouco aproveitado. No fim de 2015, o zagueiro foi emprestado para o Atlético Paranaense, onde logo tornou-se titular e um dos destaques da equipe durante o Campeonato Brasileiro e conquistando o Campeonato Paranaense de 2016.

Boas Apostas!