Depois de mais uma derrota em casa na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paraná Clube anunciou no último domingo (25) que o treinador Marcelo Martelotte não comanda mais a equipe. O anuncio foi feito através de uma nota oficial, onde o clube confirmou o desligamento de Marcelo Martelotte e do auxiliar-técnico Antônio Carlos Júnior, sendo que a decisão foi tomada de comum acordo depois que Martelotte perdeu três jogos seguidos, 1×2 para o Vila Nova, 2×0 para o Atlético Goianiense e 1×2 para o Náutico.

Marcelo Martelotte não é mais o técnico do Paraná Clube. Diretoria e treinador se reuniram na tarde deste domingo (25) e, em comum acordo, decidiram pela antecipação do fim do vínculo. Em pouco mais de três meses – ele iniciou seu trabalho no dia 16 de junho –, Martelotte comandou o Tricolor em dezoito jogos do Campeonato Brasileiro da Série B. Foram 5 vitórias, 5 empates e 8 derrotas, com um aproveitamento de 37%.

O superintendente de futebol Hélcio Alisk trabalha na busca por um substituto, que já deverá comandar o time no jogo da próxima quinta-feira (29), frente ao Goiás, às 21h, no Serra Dourada. Além de Martelotte, também deixa o clube o auxiliar-técnico Antônio Carlos Júnior”.

O técnico Marcelo Martelotte assumiu o Paraná Clube em junho deste ano, ficando no lugar de Claudinei Oliveira, e desde então Martelotte enfrentou 18 partidas, sendo que conquistou cinco vitórias, cinco empates e oito derrotas, resultando em um aproveitamento de 37%.

Anuncio de Roberto Fernandes

Roberto Fernandes, época que treinava o Náutico.

Roberto Fernandes, época que treinava o Náutico.

Apenas algumas horas depois de notificar a saída do técnico Marcelo Martelotte, o Paraná Clube já anunciou o seu substituto. O clube paranaense confirmou a chegada de Roberto Fernandes para o cargo de treinador, além de Rogério Juidecce de Souza como preparador físico. “O Paraná Clube definiu na noite deste domingo (25) o seu novo treinador para o restante da temporada. Roberto Fernandes, 45 anos, irá comandar a equipe na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B. […] O treinador vem acompanhado do preparador físico Rogério Juidecce de Souza”. Tendo na sua lista, clubes como Náutico, Fortaleza, Paysandu e ABC, o técnico Roberto Fernandes teve como último clube o Confiança, onde disputou a Série C do Campeonato Brasileiro.

Além desses profissionais, o Paraná também anunciou que o ídolo da sua torcida, Ageu Gonçalves, será o auxiliar-técnico da equipe. Como jogador, Gonçalves esteve no Paraná por nove temporadas, sendo um dos jogadores que mais vestiu a camisa da equipe paranaense. “Ageu Gonçalves assume a função (auxiliar técnico), voltando ao clube que o projetou para o futebol nacional”.

O novo treinador, Roberto Fernandes, e sua comissão técnica farão sua estreia na próxima quinta-feira (29), quando o Paraná Clube enfrentará o Goiás pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro no Serra Dourada às 21hrs.

Oito anos na Série B

Escudo do Paraná Clube.

Escudo do Paraná Clube.

Fundado em dezembro de 1989, o Paraná Clube é um dos três clubes mais conhecidos do futebol paranaense, ao lado de Atlético Paranaense e Coritiba. Sem nunca ter conquistado o título da Série A do Campeonato Brasileiro, o Paraná tem na sua história alguns títulos regionais como o Pentacampeonato Paranaense na década de 1990 (1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997), e um título internacional, o Torneio Internacional Rei Dadá em 1995, além das taças da segunda divisão do futebol brasileiro em 1992 e 2000.

Porém, mesmo com esses títulos, o Paraná Clube vem vivendo um período triste na sua trajetória, já que há oito anos não sabe o que é disputar a Série A do Campeonato Brasileiro. A última vez que a equipe esteve entre na elite do futebol brasileiro foi em 2007, teve um começo relativamente bom, vencendo as três primeiras partidas, mas acabou terminando na vice-lanterna, afrente apenas do América-RN, e foi rebaixado para a segunda divisão. Desde então, o Paraná Clube vem brigando para voltar para a Série A.

Entre os anos 2008 e 2011, o clube terminou quase todas as edições da segunda divisão do Campeonato Brasileiro no meio da tabela, ocupando a 10ª colocação em 2009, a 7ª colocação em 2010 e a 13ª em 2011. Porém, a partir de 2012, a equipe passou a lutar para permanecer na segunda divisão do futebol brasileiro, conseguindo escapar muitas vezes nas últimas rodadas. Na atual temporada, o Paraná ocupa a décima quarta colocação da Série B de 2016, estando a seis pontos da zona de rebaixamento e a nove pontos da zona de acesso, tendo poucas chances de chegar ao G-4 e caso não consiga melhorar seus resultados, pode ficar cada vez mais próximo da ZR.

Boas Apostas!