Primeira semi do Mundial de Clubes 2018, primeira grande surpresa nos Emirados Árabes Unidos. O River Plate, recém consagrado campeão sul-americano, caiu às mãos do Al Ain, time que está a disputar a competição na condição de convidado. Essa foi a quarta eliminação de um time da CONMEBOL nas semis nos últimos oito anos.

Foto: "SUHAIB SALEM (REUTERS)"

Foto: “SUHAIB SALEM (REUTERS)”

No Mundial de Clubes da FIFA, os campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões têm direito a entrada direta nas semis da competição, entrando sempre com estatuto de favoritos no que diz respeito ao acesso à final. No entanto, os representantes das duas confederações teoricamente mais fortes têm tido sortes bem distintas nos últimos anos. Nas últimas oito edições do Mundial de Clubes, nenhum time europeu caiu nas semis – incluindo o Real nessa edição – ao passo que as equipes sul-americanas apresentam um aproveitamento de apenas 50 por cento, com quatro eliminações e outros tantos acessos à final.

Eliminações

Consideremos os dados relativos às prestações dos últimos oito anos. O River Plate, ao cair diante do Al Ain na decisão através da marcação de pênaltis, se converteu no último time sul-americano a cair nas semis do Mundial de Clubes.

Em 2010, primeiro ano da série considerada, o Internacional de Porto Alegre caiu nas semis da competição às mãos do Mazembe, representante da CAF (zona africana na competição). A situação se repetiria e com contornos bem idênticos volvidos três anos. Na altura, o Atlético Mineiro participou da competição após vencer a Libertadores, perdendo também para o representante africano, na altura, o time marroquino do Raja Casablanca. Os colombianos do Atlético Nacional da Colômbia perderiam em 2016 para os japoneses do Kashima Antlers, time que será adversário do River na briga pelo terceiro lugar que está agendada para sábado (22), em Abu Dhabi, às 11h30 (hora de Brasília).

Acessos à final 

Nesses oito anos, teve conquista por parte de um time sul-americano, com o Corinthians a erguer o troféu em 2012 após vitória frente ao Chelsea na final, eliminando o time egípcio do Al-Ahly nas semis. Um ano antes, o Santos perdeu por quatro a zero para o Barcelona depois de ter passado pelo Kashima Antlers pelas semis. Os outros dois acessos à final por parte de campeões da Libertadores aconteceram em 2014, com a derrota do San Lorenzo às mãos do Real Madrid após bater o Auckland City, e em 2017, com a presença do Grêmio na decisão depois de ter batido o time mexicano do Pachuca nas semis.

A final do Mundial de Clubes, entre Real Madrid e Al Ain, está agendada para o próximo sábado (22), a partir das 14:30h (horário de Brasília).

Boas apostas!