Separados por dois pontos (os “Citizens” têm um jogo a menos) à entrada para a rodada 32 da Premier League, Liverpool e Manchester City prometem brigar pelo título inglês até final. Terminada a pausa para compromissos de seleções, os dois times ingleses voltam à ação nesse final de semana. Ambos vão ter que lidar com o factor “Champions” pelo meio. Saiba o que resta aos dois grandes candidatos à conquista do título.

 City só depende de si

Foto: "Shaun Botterill/Getty Images"

Foto: “Shaun Botterill/Getty Images”

O Manchester City segue no segundo posto da tabela classificativa com menos dois pontos que o Liverpool, mas tem simultaneamente menos uma partida disputada. Dadas as circunstâncias, o campeão em título tem pelo menos uma certeza: a de que só depende de si para conquistar a Premier League 2018/19, dado que se vencer os oito encontros que faltam, nem precisará se preocupar com os resultados conquistados pelo Liverpool.

Para lá da Premier League, o Manchester City segue envolvido na Copa de Inglaterra e na Liga dos Campeões. Na Copa britânica, vai medir forças com o Brighton nas semis da competição, ao passo que na “liga milionária” também vai ter um adversário britânico pela frente – o Tottenham, time que vai defrontar por três vezes até o final da presente temporada.

Atentemos no calendário do Manchester City para a Premier League até final da época esportiva: Fulham (F), Cardiff (C), Crystal Palace (F), Tottenham (C), Manchester United (F), Burnley (F), Leicester City (C) e Brighton (F).

Em uma escala de exigência, a visita a Old Trafford para medir forças com o United no “derby” da cidade deverá ser o maior teste para os “Citizens”. Excluindo Manchester United, Tottenham e Leicester City, o Manchester City só vai enfrentar adversários que brigam para não cair para o Championship – o Fulham, penúltimo colocado à entrada para essa rodada com 17 pontos (13 abaixo da linha de perigo), já só aguarda a confirmação matemática da respetiva descida.

Liverpool espera deslize

Desde a época 1989/90 que a festa de campeão inglês não se faz em tons de vermelho na cidade de Liverpool. A prioridade para a atual temporada passa pela conquista do campeonato inglês e nem a presença nas quartas da Liga dos Campeões – para defrontar o Porto – aparenta diminuir o foco do conjunto de Anfield na busca desse mesmo objetivo. A situação já esteve bem mais favorável à equipe treinada por Jurgen Klopp que desperdiçou uma vantagem promissora ao empatar três encontros em quatro rodadas no início do mês de fevereiro.

Apesar dos dois pontos de vantagem que atualmente possui, o Liverpool sabe que precisa esperar um deslize do Manchester City em um dos oito jogos que faltam aos “Sky Blues”. Até final, o Liverpool vai ter dois adversários em comum com o concorrente na briga pelo título: Tottenham (C) e Cardiff City (F). Os dois encontros mais exigentes “no papel” para o Liverpool vão ser ambos disputados no Anfield, o primeiro já nesse final de semana diante do Tottenham e o segundo frente ao Chelsea a 14 de abril. Para lá dessas duas deslocações, o Liverpool vai enfrentar o Southampton (F), o Huddersfield Town (C), o Newcastle (F) e o Wolves (C). Se o City se prepara para medir forças com o (praticamente) despromovido Fulham nesse final de semana, a verdade é que o Liverpool vai ter um desafio idêntico ante o “lanterna vermelha” Huddersfield Town, equipe que está cada vez mais conformado com a queda. Nota para a deslocação ao St. James’ Park, terreno do Newcastle, onde o City deixou fugir dois pontos.

Boas apostas!