Contratado no início de maio de 2016, o zagueiro colombiano de 21 anos, veio do Independiente Santa Fe da Colômbia. O jogador só pôde ser apresentado nesta quinta-feira (30) diante da torcida, pois a janela de contratações do exterior só abriu em 20 de junho e depois disso o zagueiro estava servindo a seleção colombiana na Copa América Centenário nos Estados Unidos, onde atuou em duas partidas da competição.

Yerry Mina com o Diretor de futebol do Palmeiras Alexandre Mattos.

Yerry Mina com o Diretor de futebol do Palmeiras Alexandre Mattos.

O zagueiro só veio ao Brasil depois do encerramento da participação da seleção colombiana na Copa América Centenário, onde a seleção colombiana terminou na terceira colocação após vencer os Estados Unidos por 1×0 na disputa de terceiro e quarto lugares. Chegou ao Brasil e apresentou-se a torcida palmeirense entrando no campo no intervalo do jogo contra o Figueirense no Palestra Itália em jogo válido pela décima segunda rodada do brasileirão. Após o anúncio dos autofalantes, a torcida gritava: “Olê, olê, olê, olá…  Mina, Mina…”  O jogo terminou em 4×0 para o Palmeiras que continua na liderança do campeonato.

O zagueiro de 1,93 m de altura já está publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e o jogador já pode vestir a camisa do Palmeiras assim que o técnico Cuca achar conveniente, inclusive o jogador já poderá ser relacionado entre os jogadores que vão enfrentar o Sport em Recife em jogo válido pela décima terceira rodada do campeonato brasileiro. O jogador poderá atuar tanto pelo campeonato brasileiro quanto pela Copa do Brasil, que o time disputará das oitavas de final em diante, por ter disputado a última edição da Copa Libertadores da América. O contrato do jogador é de longo período, cinco anos, até maio de 2021. O zagueiro será o sexto colombiano a vestir a camisa do Palmeiras. Antes de Mina, passaram pelo Verdão Rincón (1994, 1996 e 1997), Lozano (1995), Asprilla (1999-2000), Muñoz (2001, 2002, 2003, 2004, 2006 e 2007) e Pablo Armero (2009 e 2010). A respeito dos outros atletas colombianos que passaram pelo Palmeiras, Mina comentou: “Sei o legado deles aqui e acompanhei, sobretudo, a trajetória do Pablo Armero. Agora eu tenho de fazer as coisas bem, sair campeão e fazer uma história aqui. É isso o que eu quero”. O jogador ainda desfalcará o Palmeiras por cerca de seis rodadas no período das Olimpíadas no Rio de Janeiro, pois servirá a seleção olímpica da Colômbia.

O zagueiro Yerry Mina

Yerry Mina com a taça de Campeão da Copa Sul-Americana 2015.

Yerry Mina com a taça de Campeão da Copa Sul-Americana 2015.

O jovem zagueiro de 1,93 m de altura e 21 anos é uma das promessas do futebol colombiano. O atleta que conta com passagens pela seleção olímpica da Colômbia, o zagueiro começou no Deportivo Pasto da Colômbia e chegou ao Santa Fé em 2014 e se destacou pelo Independiente Santa Fe na última Copa Sul-americana, quando o time colombiano foi campeão. Desde então foi ganhando espaço e, antes da transferência para o Brasil ser sacramentada, era titular absoluto do Santa Fe. O zagueiro é Destro, atua mais pelo lado direito da defesa, mas jogou por alguns momentos na equerda também. Com passagens pela seleção olímpica da Colômbia, Mina começou no Deportivo Pasto-COL e chegou ao Santa Fé após boas aparições. Desde então foi ganhando espaço e, antes da transferência para o Brasil ser sacramentada, era titular absoluto em sua equipe. Destro, atua predominantemente pelo lado direito da defesa, mas jogou por alguns momentos na equerda também. Já chegou a jogar em uma linha de três na defesa, inclusive.

O jogador tem como pontos fortes à sua estatura de 1,93m de altura, com um bom jogo aéreo tanto no setor defensivo quanto no ataque.  Ele mostra ter um bom tempo de bola e uma boa impulsão com um aproveitamento acima da média em jogadas aéreas, tornando-se mais uma arma ofensiva para o técnico Cuca, que pode tirar proveito em situações de bola parada e escanteios. Tem força física e sabe tirar vantagem disso contra os adversários em oportunidades de contato físico. Suas dificuldades estão na marcação 1×1, quando ao enfrentar um atacante muito rápido, por ter uma alta estatura, tem dificuldades em mudar de direção com muita rapidez, por isso deve manter o posicionamento de defesa mais setorizado, evitando confrontos individuais. Sua habilidade com a bola nos pés não é fenomenal, por haver ainda um pouco de carência de habilidade, o jogador tende a fazer o simples, com passes rápidos e com um chutão para longe sempre quando houver perigo eminente. Apesar da limitação técnica com a bola nos pés, se mostra bastante concentrado e tem personalidade, com sua pouca idade, o garoto tende a evoluir com o passar do tempo, tende a ser um bom investimento para uma futura venda para o exterior, basta um pouco de paciência por parte da torcida.

O líder Palmeiras

O time paulista vem muito bem nesta edição do Campeonato Brasileiro de 2016, estando na liderança isolada com 25 pontos em 12 jogos. O time estava com algumas carências no setor defensivo da equipe, atualmente, o técnico Cuca conta com o experiente Edu Dracena e Vitor Hugo formando a zaga considerada titular do Palmeiras. Além do recém-chegado Yerry Mina, o técnico Cuca ainda pode contar com Thiago Martins, Roger Carvalho e Augusto como alternativas para o setor.

Com um bom ataque formado pelo artilheiro da competição Gabriel Jesus que já soma nove gols, Dudu com três gols, Roger Guedes com três gols como os principais atacantes, além de ter outros jogadores que chegam com perigo e fazem gols como os meias Jean e Moisés e o zagueiro Vitor Hugo, cada um com dois gols no campeonato brasileiro. Agora o Palmeiras ganha mais uma opção de ataque, pelo menos em bolas paradas e escanteios, pois o zagueiro Yerry Mina tem um poder ofensivo grande quando se trata de bolas aéreas, com 1,93 m de altura e uma boa impulsão, além de sua função básica de zagueiro, pode marcar gols e ajudar na campanha do Palmeiras.

Boas Apostas!