O Ceará, que disputará novamente a segunda divisão do futebol brasileiro, acertou no fim de dezembro a volta de um dos seus principais ídolos, o atacante Magno Alves, que já teve outras duas passagens pela equipe.

Imagem divulgada pelo Ceará Sporting Club.

Imagem divulgada pelo Ceará Sporting Club.

O anúncio da contratação do atacante foi feito através do site oficial do Ceará, onde o próprio jogador, em entrevista, afirmou que espera um ano especial dentro do clube cearense. “O Bom filho a casa torna. Muito feliz com esse retorno ao Ceará. Vou dar o máximo de mim, como sempre, para que este ano seja muito especial. Obrigado por todo carinho dessa torcida que sempre me abraçou!”. Aos 40 anos, completando 41 em janeiro, Magno Alves terá em 2017 a oportunidade de chegar a marca de 100 gols marcados pelo Ceará, já que atualmente tem 93 gols marcados pelo clube alvinegro, marcados durante as duas passagem anteriores pelo clube cearense, feitas em 2010 e entre 2012 e 2015, totalizando assim 180 partidas disputadas com a camisa do Ceará. Com esses números, o atacante está entre os dez maiores artilheiros da história do Ceará, segundo a Almanaque do Ceará, do pesquisador Eugênio Fernandes. Chegando para a sua terceira passagem pela equipe, Magnata tem como principais objetivos marcar mais gols e conquistar títulos, entre eles o campeonato estadual, disputado já no começo do ano, além de ajudar o Ceará na busca por um acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, algo tão sonhado pela equipe nos últimos anos. Juntando-se aos outros jogadores do elenco alvinegro, Magno Alves se apresentou no dia 02 de janeiro, quando iniciou os treinamentos para a próxima temporada, de olho já no Campeonato Cearense, que será iniciado no dia 15 de janeiro.

O último clube de Magno Alves foi o Fluminense, onde chegou em 2015, porém, sem conseguiu muito espaço dentro da equipe titular se comparado aos anos 1990, quando foi revelado pelo clube carioca. Mesmo assim, o atacante disputou 46 partidas pelo Fluminense, sendo 16 deles como titular, marcando apenas nove gols.

O artilheiro Magno Alves

Magno Alves atuando pelo Umm-Salal do Qatar.

Magno Alves atuando pelo Umm-Salal do Qatar.

Magno Alves está atualmente com 40 anos de idade e é o Terceiro maior artilheiro em atividade no mundo. Em atividade desde 1993 quando estreou profissionalmente com 17 anos pelo Ratrans Esporte Clube, Magno Alves já está há 24 anos em atividade jogando futebol profissional. Como já dissemos, seu primeiro clube profissional foi o Ratrans da Bahia, clube onde jogou por 2 anos e passou pelo Valinhos FC, Independente FC, AE Araçatuba, Criciúma EC e chegou ao Fluminense em 1998 onde ficou até 2002 e fez história participando de 265 jogos com 114 gols.

Em 2003 iniciou sua carreira internacional indo para a Coréia do Sul para jogar pelo Jeobuk e em 44 jogos marcou 27 gols. Após isso na temporada 2004/05 atuou pelo clube japonês Oita Trinita onde jogou 62 partidas e fez 29 gols. Na temporada 2006/07 atuou por outro clube japonês, o Gamba Osaka, onde jogou 53 partidas e marcou 36 gols. Após sua passagem pelo futebol japonês, Magno Alves foi para a Arábia Saudita jogar pelo Al-Ittihad onde atuou na temporada de 2007/08 e em 20 partidas fez 14 gols. Em 2008 foi para o Umm-Salal do Catar e novamente fez muitos gols, em 64 partidas fez 47 gols.

Em 2010 voltou para o Brasil, desta vez para fazer sua primeira passagem pelo Ceará, quando fez 21 partidas e 9 gols. Entre a segunda e terceira passagem pelo Ceará, Magno Alves atuou pelo Atlético Mineiro em 2011, onde jogou 51 partidas e fez 18 gols. Em 2012 voltou para o Umm-Salal do Catar e em 11 jogos fez 6 gols. Em 2012 mesmo, voltou para o Brasil para fazer uma curta passagem pelo Sport de Recife e logo foi para o Ceará em sua segunda passagem de 2012 a 2015, quando o Magnata participou de 156 jogos e marcou incríveis 84 gols. Em 2015 e 2016 atuou pelo Fluminense novamente, só que em 2015  foi anulado pelo centroavante Fred, que era o artilheiro do time e a equipe inteira jogava para servi-lo, em 2016 teve poucas participações no time titular.  Agora em 2017, Magno Alves volta a jogar pelo Ceará, onde Já fez 93 gols e em 2017 tem tudo para alcançar a marca de 100 gols com a camisa do Ceará.

Magno Alves com o troféu Bola de Prata 2000.

Magno Alves com o troféu Bola de Prata 2000.

Entre os títulos conquistados na sua longa carreira, os principais são o Brasileirão da Série C em 1999, Carioca de 2002 e Primeira Liga de 2016, os três pelo Fluminense. Copa da Coreia do Sul de 2003 pelo Jeonbuk e a Supercopa do Japão de 2007 pelo Gamba Osaka. Pelo Ceará foi que Magno Alves conquistou mais títulos, foram dois Campeonatos Cearenses (2013 e 2014), uma Copa dos Campeões Cearenses (2014) e uma Copa do Nordeste (2015). Entre seus inúmeros prêmios individuais estão: Bola de Prata da Revista Placar (2000), Craque do Campeonato Cearense (2013) e seleção do Campeonato Cearense (2013 e 2015).

As artilharias de Magno Alves são muitas, ele é o terceiro maior artilheiro em atividade no mundo, oitavo maior artilheiro da história do futebol, artilheiro do Brasileirão Série A em 2000 (20 gols), artilheiro do Campeonato Japonês em 2006 (26 gols), artilheiro da Liga dos Campeões da AFC em 2006 (9 gols), artilheiro da Liga do Qatar 2008/09 (25 gols), artilheiro da Copa do Nordeste em 2014 (8 gols), artilheiro do Brasileirão Série B (18 gols) e artilheiro do Brasil em 2014 (37 gols).

Boas Apostas!