Menu

Recomendamos a Bet365 para você apostar neste jogo!

Novak Djokovic – Roger Federer (Open da Austrália)

Novak Djokovic e Roger Federer se enfrentam nesta sexta feira às 6h30 pela primeira semi final do Aberto da Austrália. Os dois tenistas confirmaram favoritismo na parte de cima do chaveamento e fazem este jogo que já era esperado pelos fãs de tênis. Neste confronto estarão em quadra 9 títulos do torneio australiano, 5 de Djokovic, o maior vencedor na era aberta deste Grand Slam e 4 de Federer. Novak Djokovic chega para este confronto após vitória sem maiores problemas nas quartas de final do Aberto da Austrália. O jogador despachou o japonês Kein Nishikori por 3 sets a 0, parciais de 6-3, 6-2 e 6-4 e mesmo não fazendo uma partida das mais brilhantes, jogou o suficiente para avançar sem grandes dificuldades. O sérvio conquistou na partida 6 aces, 2 duplas faltas, colocou o primeiro serviço em quadra 57% das vezes, ganhou 65% dos pontos jogados com o primeiro serviço e 66% com o segundo saque, ganhou 8 dos 12 pontos em que subiu à rede, aproveitou 6 chances de quebra das 11 oportunidades que teve na partida, teve seu serviço quebrado por duas vezes  e disparou 22 winners contra 27 erros não forçados.

Nas rodadas anteriores ao jogo de quartas de final, Djokovic venceu o sul coreano Hyeon Chung na primeira rodada por 3 sets a 0, parciais de 6-3, 6-2 e 6-4, na segunda rodada bateu o francês Quentin Halys por 3 sets a 0, parciais de 6-1, 6-2 e 7-6, no terceiro round venceu o italiano Andreas Seppi por 3 sets a 0, parciais de 6-1, 7-5 e 7-6 e na quarta rodada teve sua partida mais difícil no torneio ao bater o francês Gilles Simon por 3 sets a 2, parciais 6-3, 6-7, 6-4, 4-6 e 6-3 num dos duelos mais emocionantes do Australian Open.

Para o jogo da semi final contra Roger Federer, Djokovic precisa melhorar o saque, já que seus números, especialmente nas duas últimas partidas, estão bem abaixo neste quesito. Contra Federer, Djokovic precisa colocar mais primeiros serviços em quadra e pontuar mais com o primeiro saque, pois esta é uma das características que fazem o sérvio ser o melhor jogador da atualidade.

Australian OpenRoger Federer chega à semi final da Austrália após vitória contundente sobre o tcheco Tomas Berdych por 3 sets a 0, parciais de 7-6, 6-2 e 6-4. Federer encontrou um pouco de dificuldades no primeiro set, porém elevou o nível nos dois sets seguintes para conquistar a vitória e a vaga na semi final sem grandes problemas. Para vencer a partida, Federer obteve 9 aces contra 3 duplas faltas, colocou o primeiro serviço em quadra em 69% das oportunidades, ganhou impressionantes 83% dos pontos jogando com o primeiro serviço e 48% com o segundo, ganhou 24 dos 29 pontos em que subiu à rede, quebrou o serviço do adversário em 5 de 10 chances e foi quebrado em 2 de 6 oportunidades que cedeu e ainda executou 48 winners contra 26 erros não forçados.

Nas rodadas que antecederam as quartas de final, Federer ganhou do georgiano Nikoloz Basilashvili por 3 sets a 0, parciais de 6-2, 6-1 e 6-2, na segunda rodada bateu o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 3 a 0, parciais de 6-3, 7-5 e 6-1, no terceiro round bateu o búlgaro Grigor Dimitrov por 3 sets a 1, parciais de 6-4, 3-6, 6-1 e 6-4 e no quarto round vitória sobre o belga David Goffin por 3 sets a 0 em fáceis 6-2, 6-1 e 6-4.

Federer vem conseguindo fazer jogos curtos, a maioria em sets diretos e tem ficado o menor tempo possível em quadra, o que é essencial para um atleta de 34 anos. Para chega à final do torneio, Federer precisa ser agressivo o tempo todo contra Djokovic porque longas trocas de bolas favorecem ao sérvio. O suíço precisa, também, manter a qualidade de seu saque como já vem fazendo durante a competição, pois jogar com o segundo serviço com Djokovic é mal negócio já que Novak é um dos melhores senão o melhor atleta da ATP na devolução de saques.

Djokovic e Federer já se enfrentaram em 44 oportunidades com equilíbrio absoluto entre os dois que possuem 22 vitórias cada. Nas últimas 5 partidas, vantagem para o sérvio com 3 vitórias contra duas do suíço.

Novak Djokovic 2-0 Roger Federer Finals 2015
Roger Federer 2-0 Novak Djokovic Finals 2015
Novak Djokovic 3-1 Roger Federer US Open 2015
Roger Federer 2-0 Novak Djokovic Cincinnati 2015
Novak Djokovic 3-1 Roger Federer Wimbledon 2015

Para esta partida de semifinal, devemos ter um duelo bastante disputado entre duas das maiores forças do tênis atualmente. Djokovic chega como favorito por ser o melhor do mundo na atualidade, porém Federer mesmo com seus 34 anos, esbanja técnica e é um dos poucos jogadores do circuito que podem complicar a vida do número 1 do mundo. Provavelmente teremos uma partida longa com mais de 3 sets em parciais bastante disputadas, por isso jogo deve se alongar a mais de 40.5 games em toda a partida.

Prognóstico Odd Casa Erro
Mais de 40.5 jogos 1.80 >Bet365
novakdjokovic
Novak Djokovic
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

rogerfederer
Roger Federer
  • País: Suíça
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Guilherme Andrade
Guilherme Andrade
  • Próg. realizados 1665
  • Média Odds usadas 1.94
  • Próg. certos 806
  • Próg. errados 709
comments powered by Disqus

Últimos jogos