Menu

A Bet365 oferece um bônus deR$200 grátis para esse jogo!

Novak Djokovic – Andy Murray (Open da Austrália)

Novak Djokovic e Andy Murray se enfrentam neste domingo às 06h30 pela decisão do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada 2016. Os jogadores fazem a reedição das finais de 2011, 2013 e 2015 do torneio australiano. Novak Djokovic chega para esta grande final após excelente vitória sobre o suíço Roger Federer por 3 sets a 1, parciais de 6-1, 6-2, 3-6 e 6-3. O sérvio controlou a partida e mesmo após perder a terceira parcial, conseguiu fechar o jogo sem maiores dificuldades. Para conquistar a vitória, Djokovic disparou 10 aces contra apenas 1 dupla falta, colocou o primeiro serviço em quadra em 67% das vezes, ganhou 77% dos pontos jogados com o primeiro saque e 66 jogados com o segundo serviço, ganhou 6 dos 10 pontos em que subiu à rede, aproveitou 5 das 9 chances de quebrar o serviço de Federer, foi quebrado apenas uma vez em 4 oportunidades cedidas ao rival, conquistou 33 winners contra apenas 20 erros não forçados e fez Federer errar bastante na partida, já que 51 dos 115 pontos que Djokovic ganhou durante todo o jogo vieram de erros não forçados do suíço.

Nas fases anteriores à semifinal, Djokovic venceu o sul coreano Hyeon Chung na primeira rodada por 3 sets a 0, parciais de 6-3, 6-2 e 6-4, na segunda rodada bateu o francês Quentin Halys por 3 sets a 0, parciais de 6-1, 6-2 e 7-6, no terceiro round venceu o italiano Andreas Seppi por 3 sets a 0, parciais de 6-1, 7-5 e 7-6 e na quarta rodada teve sua partida mais difícil no torneio ao bater o francês Gilles Simon por 3 sets a 2, parciais 6-3, 6-7, 6-4, 4-6 e 6-3 e, por fim, vitória sobre o japonês Kei Nishikori por 3 a 0, parciais de 6-3, 6-2 e 6-4.

Para a decisão deste domingo, Djokovic precisa se manter jogando no alto nível que apresentou na semi final, errando pouco e sacando bem, pois Murray é um exímio trocador de bolas e devolve muito bem o serviço de seus adversários. Longas trocas de bolam podem beneficiar o número 1 do mundo já que Murray vem de uma desgastante batalha de mais de 4 horas na sexta feira.

Australian OpenAndy Murray chega para a decisão do Aberto da Austrália após jogo dificílimo na semi final contra o canadense Milos Raonic por 3 sets a 2, parciais de 4-6, 7-5, 6-7, 6-4 e 6-2. Raonic era superior na partida até o terceiro set, porém na quarta parcial sentiu lesão na perna e o nível de tênis decaiu muito, com Raonic não conseguindo se movimentar direito e com grandes dificuldades de apoiar a perna esquerda nas trocas de bola. Murray saiu vencedor do confronto após conseguir 9 aces contra duas duplas faltas, colocou o primeiro serviço em quadra 68% das vezes, ganhou 79% dos pontos com o primeiro serviço e 68% com o segundo serviço, ganhou 21 dos 28 pontos em que subiu à rede, aproveitou 4 de 16 chances de quebrar o saque de Raonic e disparou 38 winners contra 28 erros não forçados.

Durante o torneio, além da vitória sobre Raonic na semi final, Murray venceu na primeira rodada Alexander Sverev por 3 sets a 0 com parciais de 6-1, 6-2 e 6-3, venceu Sam Groth na segunda rodada por 3 sets a 0 com parciais de 6-0, 6-4 e 6-1, na terceira rodada vitória sobre o português João Sousa por 3 sets a 1 com parciais de 6-2, 3-6, 6-2 e 6-2, vitória no quarto round sobre o jovem australiano Bernard Tomic por 3 sets a 0, parciais de 6-4, 6-4 e 7-6 e vitória sobre David Ferrer por 3 sets a 1, parciais de 6-3, 6-7, 6-2 e 6-3.

Para a final contra Djokovic, Murray irá precisar muito de seu primeiro serviço e as subidas à rede devem ser uma boa saída para pressionar o rival. Nas partidas anteriores em que se enfrentaram, os slices fundos de Murray incomodaram bastante Djokovic e é um golpe que Murray deve usar bastante para quebrar o ritmo das trocas de bola.

Djokovic e Murray já se enfrentaram em 30 oportunidades com 21 vitórias do sérvio contra 9 triunfos do britânico. Nos últimos 11 jogos, Murray ganhou apenas 1 e nas 3 finais que se encontraram na Austrália, Djokovic venceu em todas as oportunidades. Nos últimos 5 jogos os resultados foram os seguintes:

Novak Djokovic 2-0 Andy Murray Paris 2015
Novak Djokovic 2-0 Andy Murray Shanghai 2015
Andy Murray 2-1 Novak Djokovic Canadá 2015
Novak Djokovic 3-2 Andy Murray Roland Garros 2015
Novak Djokovic 2-1 Andy Murray Miami 2015

Para a final deste sábado, Djokovic entra como favorito tanto pelo nível acima de Murray apresentado no torneio quanto pelo retrospecto entre os dois jogadores que iniciaram carreiras no mesmo ano e se conhecem muito bem. Andy Murray foi beneficiado pela lesão de Raonic na semi final, pois até então perdia a partida e jogava pior que o adversário, porém o britânico tem qualidade suficiente para fazer jogo duro com Djokovic devido à sua excelente capacidade para se defender e solidez nas trocas de bola. É esperado que tenhamos um jogo disputado com vários games jogados.

Prognóstico Odd Casa Erro
Total de Jogos: Mais de 37.5 1.80 Bet365
novakdjokovic
Novak Djokovic
  • País: Sérvia
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

andymurray
Andy Murray
  • País: Inglaterra
  • Estádio:
  • Cidade:
  • Fundação:

Ver ficha completa

Guilherme Andrade
Guilherme Andrade
  • Próg. realizados 1087
  • Média Odds usadas 1.86
  • Próg. certos 531
  • Próg. errados 482
comments powered by Disqus

Últimos jogos