Dia determinante para o futuro de Neymar. O astro brasileiro está a um pequeno passo de efetivar sua transferência para os franceses do PSG, consumando a movimentação mais badalada desse mercado de verão na Europa.

Foto: "Mike Ehrmann/Getty Images/AFP"

Foto: “Mike Ehrmann/Getty Images/AFP”

Esta quarta-feira (2) começou com um anúncio por parte do Barcelona em que o emblema “Blaugrana” informou que Neymar Jr. não participaria nas sessões de treino agendadas pelo técnico Ernesto Valverde. O atacante brasileiro apareceu posteriormente no treino para se despedir dos colegas, cumprimentado-os um por um. Pouco tempo depois, Leo Messi recorreu à rede social “Instagram” para se despedir do jogador, publicando um vídeo com várias fotos dos dois juntos juntamente com a legenda “Foi um prazer enorme ter partilhado este balneário contigo ao longo deste anos, amigo Neymar. Desejo-te muita sorte na nova etapa da tua vida”.

Antes de Leo Messi ter procedido à publicação da despedida na sua conta oficial no Instagram, o Barcelona já tinha anunciado formalmente, em uma nota emitida no seu site, a vontade demonstrada por Neymar em deixar o clube. O jogador esteve nas instalações do clube junto com seu pai e empresário Wagner Ribeiro, expressando a vontade de deixar o clube junto da diretoria “blaugrana”. Sensíveis à situação, os responsáveis do clube dispensaram Neymar das próximas sessões de treino do clube, mas referiram que a sua venda está dependente do pagamento dos 222 milhões de euros expressos na multa rescisória do jogador.Relativamente à cobrança do prémio de renovação estabelecido, o clube informou que os 26 milhões de euros estão retidos num notário até que o processo seja fechado.

À entrada para o aeroporto de El Plat, em Barcelona, Wagner Ribeiro assegurou à imprensa que o clube parisiense vai pagar o valor estipulado e que Neymar será jogador do time francês nas próximas horas. “O PSG pagará a cláusula e vai apresentar Neymar até ao final da semana”, assegurou Wagner Ribeiro. O portal brasileiro “Veja” garantiu que em Paris, Neymar vai usar a camisa 10, anteriormente utilizada por Zlatan Ibrahimovic e atualmente envergada pelo argentino Javier Pastore. Após um defeso aparentemente tranquilo em que tinha contratado apenas Yuri Berchiche à Real Sociedad e Dani Alves (a custo zero), o PSG se presta ao maior investimento de sempre para ter Neymar às ordens do espanhol Unai Emery. O “menino da Vila” será o quinto brasileiro no plantel do PSG, para além de Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Lucas Moura.

A confirmar-se a mudança para Paris a troco do valor da multa rescisória, Neymar se converterá no jogador mais caro da história do futebol por larga margem. Neste momento, a maior transferência de sempre corresponde ao valor pago pelo Manchester United à Juventus para resgatar Paul Pogba, 105 milhões de euros, importância que retirou o Real Madrid do top-1 no que respeita à contratação mais cara de sempre, Bale, por 100 milhões de euros. A contratação de Neymar ao Santos custou ao Barcelona 88 milhões de euros, 5º valor mais alto da história por agora, apenas superado por Gonzalo Higuaín (80), Cristiano Ronaldo (94), Gareth Bale (100) e Pogba (105). A nova mudança fará com que desça mais um posto neste ranking.

Boas Apostas!