A agonia do Newcastle durou 348 dias. Os “Magpies” asseguraram o retorno à Premier League a duas jornadas do final da fase regular do Championship 2016/17, para alívio da torcida.

Foto: "Rex Features"

Foto: “Rex Features”

O Newcastle United, histórico do futebol britânico, se prepara para o retorno ao “convívio” entre os grandes. Penúltimo colocado da Premier League 2015/16, o time tinha sido relegado ao terminar na 18ª posição da tabela classificativa.

O espanhol Rafa Benítez, técnico dos Newcastle nas últimas rodadas da Premier League 2015/16, recebeu o aval da diretoria do clube para permanecer no clube e assinou um acordo válido por três anos. Apesar da apreensão da torcida e de um início de campanha menos bom, Rafa Benítez levou sua avante e agora celebra novo sucesso em Inglaterra, isso depois de ter deixado sua marca no Liverpool. Jogadores como Anita, Haidara, Shelvey, Ameobi , Pérez, Gouffran ou Mitrovic aceitaram permanecer no clube após a relegação, mas Rafa Benítez deu “guia de marcha” a mais de uma dezena de elementos do elenco e foi ao mercado recrutar soluções, procurando as melhores opções para um emblema que desde o primeiro momento se assumiu como candidato à subida.

A selva

O Championship é uma autêntica maratona. A “jungle”, como é conhecida, reúne 24 emblemas e é um espelho fiel da competitividade do futebol britânico. O Brighton & Hove Albion, emblema que na anterior temporada já tinha ameaçado, foi o primeiro a assegurar a subida. O Newcastle conseguiu cumprir esse objetivo na segunda-feira, garantindo o acesso direto através do segundo posto. Os 88 pontos conquistados em 44 jogos são suficientes para segurar o lugar entre a elite, exibindo o melhor ataque da prova com 80 gols marcados.

No desafio que encerrou a rodada 44, o Newcastle recebeu e goleou o Preston North End por quatro a uma, aproveitando da melhor forma as derrotas do Readong e do Huddersfield Town nas vésperas. Os tentos de Ayozé Pérez (2), Christian Atsu e Ritchie permitiram selar um triunfo decisivo que soltou a festa em St. James Park. Depois de três jogos sem vencer, o Newcastle não desperdiçou a oportunidade de encerrar as contas da subida quando faltam duas jornadas para o fim, descartando a possibilidade de se envolver no “play-off” de subida que será disputado por Reading, Sheffield Wednesday, Huddersfield Town e Fulham/Leeds United. Nas contas da relegação, há muito que o Rotherham está condenado, o Wigan Athletic tem a descida praticamente confirmada e só o Blackburn Rovers poderá escapar, discutindo com o Birmingham City agora treinado por Harry Redknapp e com o histórico Nottingham Forest.

Matematicamente, o Newcastle ainda tem legitimidade para sonhar com a conquista do título, hipótese que pode cair já na próxima rodada caso o Brigthon & Hove Albion vença o seu desafio. A duas rodadas do fim, o time do sul tem mais quatro pontos que o Newcastle e os “magpies” ainda vão a Cardiff e recebem o Barnsley.

Boas Apostas!