O Sudamericano sub-20 2017 termina nessa noite de sábado com a realização da 5ª jornada do “Hexagonal Final”. Equador e Uruguai se defrontam na discussão pela primeira posição, isso numa altura em que ainda falta definir quem são os apurados o Mundial sub-20. Depois de ter terminado o grupo A da primeira fase na terceira posição com sete pontos, tantos quanto o líder Equador e a “vice” Colômbia, o Brasil entra nesta rodada na quarta posição com cinco pontos e vencer é aconselhável para não ser ultrapassado pela Argentina e correr o risco de falhar o apuramento. Dê uma olhada nos nomes dos “muleques” que têm se destacado com a camisa da “Canarinha” sub-20 num ano em que o time tem sido bem irregular a nível de exibição.

Felipe Vizeu

Foto: " Lucas Figueiredo/CBF"

Foto: ” Lucas Figueiredo/CBF”

A boa prestação de Felipe Vizeu não causa estranheza ao torcedor brasileiro. Aos 19 anos, o atacante que na última temporada foi usado por Zé Ricardo no time principal do Flamengo esteve a bom nível nessa edição do Sudamericano. O líder do ataque da “Canarinha” chega na última rodada com quatro gols na conta pessoal e foi bem importante na campanha dos escolhidos por Rogério Micale. Definiu o jogo da primeira rodada com o Equador (0-1), marcou o terceiro gol na vitória frente ao Paraguai (3-2), fez o gol que derrotou a Venezuela (1-0) em cima da hora e cobrou uma grande penalidade de forma certeira no empate (2-2) com a rival Argentina. Se sua cotação já era alta depois de ter participado em 13 partidas na boa campanha do “rubro negro” em 2016 (multa de R$ 100 milhões), o Sudamericano sub-20 ajuda a apresentar suas qualidades junto do mercado europeu. Nesse momento, parte do passe de Felipe Vizeu já pertence a Giuliano Bertolucci, um dos principais empresários do futebol brasileiro que certamente receberá contatos do “Velho Continente” em breve, procurando garantir o atacante para a próxima temporada.

Lyanco

Opção regular de Rogério Micale para a zaga da seleção, Lyanco chegou com a cotação em alta ao Equador, despertando o interesse de vários clubes europeus. A prestação no Sudamericano sub-20 do jogador adquirido pelo São Paulo ao Botafogo ainda na base poderia ter sido melhor, ficando algo aquém da expetativa. Mesmo assim, a imprensa brasileira revela que o zagueiro poderá ser a próxima grande venda do “tricolor Paulista”, isso depois de ter acertado a ida de David Neres para o Ajax. Juventus e Atlético de Madrid já demonstraram interesse na sua contratação recentemente, assim como o FC Porto há algum tempo, mas os italianos parecem mais bem posicionados que os espanhóis para assegurar o concurso do jogador. A mudança poderá acontecer em junho desse ano, na abertura do mercado de verão na Europa.

David Neres

David NeresNeres deu o ambicionado salto para o futebol europeu em pleno decurso do Sudamericano. Considerado um dos jogadores mais valiosos da base do São Paulo, o jogador que foi titular em praticamente todos os jogos dessa prova levou o Ajax a investir nos seus serviços. O clube de Amsterdã fez um negócio com o São Paulo que pode chegar aos 15 milhões de euros, consumado no último dia da janela de inverno europeia. Marc Overmars, diretor de futebol do time holandês, afirmou que David Neres é “um dos maiores talentos do continente americano” e justificou o elevado investimento pela intenção de levar o jogador para a Europa logo após o final do Sudamericano, para que possa ser aposta já nessa temporada. O ponta brasileiro assinou um contrato válido até 2021. Antes de rumar ao futebol europeu, David Neres realizou apenas oito jogos com o time principal do São Paulo. Em outubro de 2016, estreou na Série A ao atuar meia hora contra o Fluminense. No jogo seguinte, cumpriu os 90 minutos frente à Ponte Preta e fez seu primeiro gol na elite brasileira.

Caio Henrique

Estreou com o time principal do Atlético de Madrid a 30 de novembro de 2016, surgindo no time titular de Diego Simeone para enfrentar o modesto Guijelo pela Copa do Rei. A partida terminou com uma goleada “Colchonera” de seis a zero e Caio Henrique esteve em campo durante 69 minutos. Transferido do Santos para o Atlético no início do ano passado, habitualmente joga pelo time reserva. Chamado por Rogério Micale para esse Sudamericano, impressionou pela regularidade no meio e mostrou o porquê de o Atlético ter investido na compra de seu passe.

Guilherme Arana

Não é revelação por conta dos vários jogos que já realizou com o time principal do Corinthians, mas Guiherme Arana também merece menção pela prestação positiva nesse Sudamericano sub-20. Muito utilizado na lateral esquerda, Guilherme Arana fez gols frente ao Equador (2-2) e ao Uruguai (2-1), na partida em que a “Canarinha” perdeu para os “Charrua” já depois dos 90, em jogo marcado pelas expulsões de Lucas Cunha e Lyanco.

Boas Apostas!