No fim de novembro, o Vasco anunciou a contratação do técnico Cristóvão Borges, que teve como última trabalho uma passagem pelo Corinthians e já passou pela equipe vascaína entre 2011 e 2012, como auxiliar-técnico e como treinador. O anúncio foi feito no último dia 29 através de uma rede social oficial do Vasco da Gama, onde o clube carioca escreveu: “Cristóvão Borges é o novo técnico do Vasco!”. Cristóvão chega para assumir o lugar do técnico Jorginho, o qual deixou o Vasco no último dia 28 depois de conseguiu o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro do próximo ano.

Cristóvão Borges em sua apresentação pelo Vasco.

Cristóvão Borges em sua apresentação pelo Vasco.

Alguns dias depois do anúncio da contratação de Cristóvão, o Vasco apresentou seu novo treinador. A apresentação foi feita na última sexta-feira (02), onde o presidente do Vasco, Eurico Miranda, elogiou e defendeu seu novo técnico. Eurico e Cristóvão realizaram algumas reuniões durante a negociação, onde o treinador foi avisado que deverá utilizar jogadores da categoria de base do clube carioca, uma vez que o Vasco não tem dinheiro para grandes investimentos. “O Vasco sempre aproveitou muito bem as suas categorias de base e tem potencial para seguir nesta linha. […] Do atual elenco, alguns da base jogaram bastante esse ano e estão prontos para nos ajudarem na próxima temporada. Outros serão incorporados ao trabalho com o devido cuidado. Material humano neste sentido o Vasco sempre teve”, afirmou Cristóvão em entrevista realizada na sua apresentação.

A intenção da diretoria vascaína é fazer contratações pontuais e valorizar jogadores da base do Vasco, como o volante Douglas, o meio-campista Evander e os atacantes Caio Monteiro e Thalles, jogadores os quais deverão ser muito utilizados em 2017. Com a temporada de 2016 já encerrada para o Vasco e com os jogadores de férias desde a última quarta-feira (30), Cristóvão comandará a equipe apenas em janeiro do ano que vem, quando o Vasco disputará a Flórida Cup, nos Estados Unidos, durante a pré-temporada.

Saída de Jorginho

Técnico Jorginho como treinador do Vasco da Gama.

Técnico Jorginho como treinador do Vasco da Gama.

Poucos dias depois de conseguir uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro de 2017 com o Vasco da Gama, o treinador Jorginho deixou o comando técnico da equipe. A confirmação da sua saída foi feita na última segunda-feira (28), quando o presidente do clube carioca, Eurico Miranda, convocou uma coletiva de imprensa, onde oficializou a saída de Jorginho do comando técnico vascaíno. “Estamos deixando o cargo neste momento. Tivemos uma conversa de mais de uma hora, quase que um relatório do que se passou”, afirmou Jorginho durante a coletiva. Mesmo conquistando o Campeonato Carioca deste ano e tendo um bom início da Série B do Campeonato Brasileiro, o treinador não suportou a pressão sofrida pelo elenco vascaíno devido à queda de desempenho da equipe durante a competição.

No primeiro turno da Série B, o Vasco chegou a liderar a competição, conseguindo doze vitórias, três empate e quatro derrotas. Porém, já no segundo turno, a equipe carioca não conseguiu repetir os mesmos resultados, ficando perto de não conseguir o acesso para a Série A. Nas dezenove partidas disputadas pelo segundo turno da Série B, o Vasco conseguiu sete vitórias, cinco empates e sete derrotas, terminando a competição na terceira colocação e garantindo sua vaga na Série A do próximo ano apenas na última rodada, quando venceu o Ceará em casa de virada por 2×1. Durante os cerca de um ano e três meses no comando técnico do Vasco, Jorginho disputou 87 partidas, conseguindo 43 vitórias, 24 empates e 19 derrotas, um aproveitamento de 49% sob o comando da equipe.

Renovação de Thalles

Thalles comemorando gols pelo Vasco da Gama.

Thalles comemorando gol pelo Vasco da Gama.

No mesmo dia em que anunciou a contratação de Cristóvão Borges como seu novo treinador, o Vasco anunciou também a renovação de contrato com o herói do acesso, o atacante Thalles. Depois de marcar os dois gols vascaínos na vitória por 2×1 sobre o Ceará, vitória esse que deu a vaga na Série A do Campeonato Brasileiro do próximo ano, o atacante assinou seu novo contrato com a equipe carioca, já que o anterior tinha validade até maio de 2017, enquanto o novo tem validade para mais dois anos, tendo validade até maio de 2019. A negociação foi conduzida pelo próprio presidente do Vasco, Eurico Miranda, e por Pedro Pereira, representante do atleta, os quais vinham fazendo reuniões para garantir a permanência de Thalles no Vasco.

Revelado na equipe carioca, Thalles sempre foi considerado uma joia no elenco vascaíno, porém, veio enfrentando algumas dificuldades para se encaixar no elenco principal. Agora com 21 anos, o atacante finalmente conseguiu seu espaço, sendo muito importante na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, marcando cinco gols nas últimas sete rodadas da competição, sendo a principal delas a última, onde marcou os gols da virada sobre o Ceará, dando o acesso ao Vasco. Durante o ano de 2016, o atacante disputou 47 partidas, marcando 13 gols, além de ter disputado 128 partidas e marcado 29 gols durante toda a sua trajetória no clube carioca.

Boas Apostas!