A seleção do México se superiorizou à Costa Rica e assumiu a dianteira do grupo de classificação para a Copa do Mundo 2018 (zona CONCACAF). “Chicharito” Hernández, autor do primeiro gol do desafio, atingiu uma marca histórica de 46 gols marcados.

Foto: "Getty Images"

Foto: “Getty Images”

O estádio Azteca, na cidade do México, recebeu o embate entre México e Costa Rica, relativo à terceira rodada da 2ª fase de grupos (zona CONCACAF) de classificação para a Copa do Mundo 2018. A visitante Costa Rica subiu ao gramado na liderança do grupo, com dois pontos de vantagem sobre o rival, mas a noite era de mudança no topo da chave. Após empatar sem gols no Panamá, a seleção mexicana abriu o placard logo no início do desafio, graças a um gol de “Chicharito” Hernández. O atacante que vive uma ótima fase com a camisa dos alemães do Bayer Leverkusen chegou aos 46 gols ao serviço da sua nação, igualando o “record” de Jared Borgetti como goleador máximo da seleção do México. A questão ficou resolvida logo no primeiro tempo, com um gol de Nestor Araujo em cima do intervalo que encerrou o placard em dois a zero, conquistando três pontos que colocaram a equipa no topo da classificação da chave com sete pontos. Os seis pontos conquistados nessas três primeiras rodadas permitem à Costa Rica continuar em zona de classificação para o Mundial 2018. O time que completa o lote de apurados é o Panamá, conjunto que nessa jornada perdeu frente à seleção de Trindade e Tobago por um a zero, averbado a primeira derrota nessa fase.

Estados Unidos goleiam Honduras

Presença habitual em fases finais da Copa do Mundo, a seleção dos Estados Unidos vai ter que sofrer para garantir presença na Rússia, em 2018. Derrotada nos dois primeiros jogos frente a México (1-2) e Costa Rica (4-0), a equipa americana viu o técnico alemão Jurgen Klinsmann abandonar o projeto, cedendo o lugar a Bruce Arena. Em noite de estreia, a torcida do país do “soccer” não poderia pedir melhor resposta do que aquele que foi dada na noite de San José. A primeira vitória na chave foi alcançada com uma goleada por seis bolas a zero frente à seleção das Honduras. Clint Dempsey, figura de proa da seleção, assinou um “hat-trick”, com os restantes gols a serem marcados por Sebastian Lletget, Bradley e Pulisic. Nesse momento, os Estados Unidos ocupam a quarta posição do grupo em igualdade com Trindade e Tobago e Honduras. O lugar dá acesso a um “play-off” frente a um time da zona asiática. Esta dupla jornada de compromissos da zona CONCACAF poderá culminar com a presença dos Estados Unidos em zona de apuramento, precisando para isso de vencer na terça-feira, frente ao Panamá.

Boas Apostas!