Leo Messi não tem sido notícia pelos melhores motivos. Suspenso por quatro jogos na sequência dos alegados insultos a um dos juízes assistentes do Argentina – Chile, o astro “albiceleste” também não pôde participar no encontro do último domingo frente ao Granada, cumprindo castigo. Esta terça-feira, em Espanha, a imprensa revela que o jogador continuará com o emblema “blaugrana” ao peito.

Acerto em maio

Foto: "Josep Lago/AFP"

Foto: “Josep Lago/AFP”

Segundo a rádio espanhola “Cadena Ser”, através do seu programa “El Larguero”, o futuro de Leo Messi passa por Barcelona. Depois de muito se ter especulado acerca da possibilidade de rumar ao Manchester City, a novela parece chegar ao fim e o emblema inglês não cometerá a tão falada “loucura” para garantir os serviços do jogador.

Vinculado ao Barcelona até 2018, há muito que a torcida do Barcelona aguardava pela notícia da renovação do jogador. A “Cadena Ser” garante que o acordo para a continuidade de Leo Messi em Barcelona está apalavrado e todos os detalhes serão formalizados no próximo mês de maio, após o final das competições oficiais. Para já, os responsáveis do clube querem que Messi se centre na questão desportiva, embora o episódio recente ao serviço da seleção tenha levantado algumas questões burocráticas fora dos gramados. Daniel Angelici, vice-presidente da AFA, confessou em declarações ao jornal argentino “Olé” que gostaria que Leo Messi se deslocasse à Suíça pessoalmente para tentar que a redução da respetiva pena, podendo ajudar a sua seleção nos desafios que restam das eliminatórias para a Copa do Mundo 2018: “Creio que a FIFA, neste caso, está aguardando um gesto do jogador. Acho que, assim, teremos uma chance. Sou otimista em poder reduzir a sanção. Seria muito bom para a Argentina que Messi faça seu pedido (de revisão de pena) pessoalmente em Zurique. Os jogadores se equivocam, e admitir que se equivocou é ser um homem de bem”, referiu. Após ter falhado os últimos dois compromissos oficiais das camisas que defende – a deslocação da Argentina à Bolívia e a ida do Barcelona a Granada -, Leo Messi deverá voltar aos gramados a meio desta semana, mais concretamente na quarta-feira. O Barcelona segue na perseguição ao Real Madrid e sabe que não tem margem de erro. Luis Enrique espera poder se socorrer dos serviços de Leo Messi para encarar o Sevilha em Camp Nou, adversário que apesar do abaixamento de forma recente, poderá dar muito trabalho aos “blaugrana”.

Relativamente à durabilidade do acordo após renovação, a “Cadena Ser” noticia que a assinatura deverá ser válida 2022, ano em que Leo Messi soprará as 35 velas. A renovação poderá pressupor um aumento salarial, se falando em uma quantia de 35 milhões de euros anuais. O acordo vai ser formalizado em maio, antes da partida de Leo Messi para férias, com a presença de seu representante, o pai, Jorge Messi.

Boas Apostas!