O jogador Mario Gómez, que nasceu na Polônia e se naturalizou alemão, atleta da seleção principal da Alemanha e que inclusive participou da Eurocopa 2016 marcando dois gols, estava atuando no futebol turco por um dos maiores clubes do país, o Besiktas. O jogador anunciou sua saída do clube turco, devido a problemas políticos que ocorreram no país nos últimos meses, em uma tentativa de golpe de estado que originou grandes conflitos armados no país. Na noite de 15 para 16 de julho, a tentativa de golpe militar na Turquia deixou mais de 300 mortos, porém o governo interviu e cerca de 55.000 pessoas, a maioria policiais, professores e militares, foram suspensos ou demitidos, entre eles, mais de 9.000 foram presos.

O técnico Dieter Hecking e Mario Goméz em sua apresentação.

O técnico Dieter Hecking e Mario Goméz em sua apresentação.

Mario Gómez anunciou sua saída do Besiktas dizendo: “Não jogarei mais por este grande clube. A razão para a minha decisão prende-se com a situação política. A minha decisão não radica em nenhuma razão desportiva ou outra, mas sim nos acontecimentos terríveis dos últimos dias”, declarou Mário Gómez em seu Facebook oficial.

O jogador alemão chegou a ser sondado pelo clube português Sporting e o clube almeão Borussia Dortmund, porém acabou fechando com o clube alemão Wolfsburg. O atacante de 31 anos jogará esta temporada pelos “Lobos”, após fechar um contrato de três anos por um valor de € 7 Milhões (R$ 25,5 Milhões).  O técnico dos “Lobos”, Dieter Hecking, rasgou elogios ao atacante: “Na minha opinião ele é, sim. Todo seu sucesso e faro de gol falam por si só. Além disso, ele possui muitas qualidades de um líder e tem uma grande visão. Ele é perfeito para o time”. A estreia de Mario Gómez poderá ser sábado, pela Copa da Alemanha, contra o FSV Frankfurt, da terceira divisão, ou apenas no outro sábado, dia 27, às 10h30 (de Brasília), diante do Augsburg na primeira rodada da Bundesliga (Campeonato Alemão).

Trajetória de Mario Gómez no futebol

Gol pela Alemanha na vitória sobre a Irlanda do Norte por 1x0, na Eurocopa 2016.

Gol pela Alemanha na vitória sobre a Irlanda do Norte por 1×0, na Eurocopa 2016.

O atacante alemão Mario Gómez de 1,89 m de altura e 31 anos, começou no futebol com 5 anos de idade no SV Unlingen, mas depois de passar por outros dois clubes de formação, acabou terminando sua formação de base no Stuttgart, onde em 2003 que com 18 anos estreou na equipe principal. Em 2007, Mário Gómez fez sua melhor temporada pelo Stuttgart, sendo campeão alemão e eleito o melhor jogador alemão do ano, premiado ainda por sua primeira convocação para a seleção principal alemã, seleção que já defendia desde o Sub-15, passando por todas outras divisões até chegar a principal.

No primeiro semestre de 2009, Mario Gómez se transferiu para o Bayern de Munique, em uma negociação que seria a maior da história da Bundesliga (Campeonato Alemão), um valor de € 30 Milhões (R$ 110 Milhões). Pelo Bayern de Munique o jogador conquistaria as Copas da Alemanha de 2009/10 e 2012/13, o Campeonato Alemão de 2009/10 e 2012/13, as Supercopas da Alemanha de 2010 e 2012 e a Liga dos Campeões da UEFA de 2012/13, sendo artilheiro do Campeonato Alemão de 2010/11 com 28 gols e vice-artilheiro da Liga dos Campeões da UEFA de 2011/12 com 12 gols, somente atrás de Lionel Messi que fez 14 gols no torneio.

Em julho de 2013 foi para a Fiorentina (ITA) por um contrato de quatro temporadas, porém sofreu uma lesão no joelho que o prejudicou bastante no clube italiano. Não integrou a seleção campeã mundial na Copa do Mundo de 2014 no Brasil, por ter tido uma temporada ruim atuando pela Fiorentina, sua ausência no ataque alemão também pode ser justificada pela convocação do atacante Miroslav Klose, que já tinha quatorze gols marcados em Copas do Mundo, estava atrás do brasileiro Ronaldo (Fenômeno) que era o maior artilheiro de Copas do Mundo com quinze gols. A convocação de Miroslav Klose deu certo, pois o atacante conseguiu marcar dois gols e com dezesseis gols, se tornou o maior marcador de gols em Copas do Mundo. Mario Gómez tem um excelente aproveitamento na seleção alemã, com 29 gols em 68 jogos.

Na temporada de 2015/16 o jogador foi emprestado pela Fiorentina ao clube turco Besiktas, Mario Gómez foi o artilheiro da Super Liga (Campeonato Turco) da temporada 2015/16 com 26 gols marcados, ajudando o time a conquistar o décimo quarto título do Campeonato Turco, sendo o terceiro clube que mais conquistou campeonatos turcos, somente atrás de Fenerbahçe com dezenove e Galatasaray com vinte conquistas. O atacante defendeu a seleção alemã na Eurocopa 2016 marcando dois gols, um sobre a Irlanda do Norte por 1×0 e outro gol marcado na vitória por 3×0 sobre a Eslováquia. A Alemanha acabou eliminada pela França nas semifinais da competição.

O clube alemão Wolfsburg

Volkswagen Arena, casa do Wolfsburg.

Volkswagen Arena, casa do Wolfsburg.

Agora Mario Gómez volta para a Alemanha para atuar pelo Wolfsburg, clube que teve fundação em 1938, mas sofreu falência devido à crise financeira, pós-guerra. Após a saída de vários atletas, o clube se reergueu devido aos esforços do único jogador que permaneceu no clube, Josef Meyer, que juntou esforços com a comunidade local de Wolfsburg, a grande maioria formada por funcionários da fabrica automobilística Volkswagem, juntando doações de lençóis brancos, os quais as mulheres costuraram e fizeram os calções dos jogadores, juntando com o único jogo de camisas verdes que tinham, determinaram as cores verde e branco usadas até hoje pela equipe. Após algumas temporadas o clube passou a contar com o patrocínio da Volkswagen, empresa que atualmente possui 95% dos direitos do clube. Seu estádio chamasse Volkswagen Arena, construído em 2002 com capacidade para 30 mil torcedores.

Mario Gómez atuará sob o comando do técnico do alemão Dieter Hecking e a companhia dos jogadores brasileiros zagueiro Dante, meia Luiz Gustavo, o meia alemão Draxler, o meia português Vieirinha. No ataque, o alemão terá a companhia do jovem atacante espanhol Borja Mayoral e do holandês Bas Dost. O Wolfsburg não tem muitos títulos em sua história, talvez pelas dificuldades ao decorrer da história, talvez pela hegemonia dos grandes clubes alemães, mas após a construção de sua arena em 2002, o clube vem crescendo e já teve algumas conquistas importantes como o Campeonato Alemão de 2008/09 com o atacante Grafite sendo artilheiro do campeonato com 28 gols marcados. O Wolfsburg ainda conquistaria a Copa da Alemanha de 2014/15 e Supercopa da Alemanha em 2015.

Boas Apostas!