Já se passaram dez anos desde que o jovem lateral-esquerdo defende as cores do gigante espanhol Real Madrid. Em 2006 Marcelo encerrava sua participação no clube carioca Fluminense e na janela de transferências de janeiro de 2007 o jovem de apenas 18 anos migrava para a Espanha. Marcelo iniciaria uma caminhada vitoriosa de várias conquistas e feitos, ao completar dez anos de clube, Marcelo divulgou uma foto mostrando o antes, momento em que chegou ao clube e o depois, foto quando conquistou sua última Liga dos Campeões na temporada 2015/16.

O jogador chegou ao Real Madrid em 14 de novembro de 2016, portanto nesta última segunda-feira, dia 14 de novembro, Marcelo comentou em sua rede social a seguinte mensagem: “São 10 anos de trabalho, 10 anos de alegria, 10 anos que eu tenho muito a agradecer à minha família, aos torcedores, ao clube e especialmente aos meus companheiros que me ajudaram a crescer como pessoa e jogador. Este é apenas o começo!”.

Carreira brilhante

Segunda renovação de Marcelo pelo Real Madrid.

Segunda renovação de Marcelo pelo Real Madrid.

Marcelo Vieira da Silva Júnior, ou simplesmente Marcelo é atualmente o lateral-esquerdo do Real Madrid e da seleção brasileira. Comparado ao ex-jogador Roberto Carlos que também jogava pelo Real Madrid e seleção brasileira, Marcelo tem tudo para seguir os passos do considerado melhor lateral-esquerda do Real Madrid de todos os tempos, Roberto Carlos. Marcelo já foi elogiado tanto por Roberto Carlos, que chegou a falar “Marcelo possui uma melhor capacidade técnica do que eu”, tanto por outros grandes ex-jogadores como Paolo Maldini e Diego Maradona que o consideraram o melhor em sua posição.

Os primeiros passos de Marcelo no futebol foi no clube carioca Fluminense Football Club em 2002, quando com 14 anos de idade Iniciou sua formação nas categorias de base. Em 2005, pelas mãos do técnico Abel Braga, com 17 anos Marcelo estreava no profissional do clube. Nesta época o jogador já contava com participações no Sub-17 da seleção brasileira. Marcelo foi considerado uma pérola, integrou a seleção do Campeonato Brasileiro de 2006, chamando atenção de muitos grandes clubes europeus, porém foi o gigante Real Madrid que conseguiu contratar o garoto.

Contratado na janela de transferências no final de 2006, o jogador foi muito bem recebido e enaltecido pelo presidente do Real Madrid Ramón Calderón, o qual disse: “Ele é uma celebração importante para nós. Ele é um jovem jogador que vai injetar um pouco de juventude para o lado e é parte do nosso plano para trazer os jogadores mais jovens no plantel. Estamos muito felizes porque ele é uma pérola que metade da Europa queria”. Marcelo estreou no início de 2007 sob o comando do técnico Manuel Pellegrini. Suas boas atuações entre 2008 e 2010, lhe rendeu sua primeira renovação de contrato, de fevereiro de 2010 à junho de 2015. Atualmente o jogador tem contrato com o Real Madrid até 2020.  Em 10 anos de Real Madrid, Marcelo conquistou três títulos da Liga Espanhola (2007, 2008 e 2012), duas Ligas dos Campeões (2014 e 2016) e um Mundial de Clubes (2014).

Seleção brasileira

Marcelo com a camisa da seleção brasileira.

Marcelo com a camisa da seleção brasileira.

A história de Marcelo com a seleção brasileira começou no Sub-17 na época que fazia formação de base no Fluminense. Marcelo ainda passou pelo Sub-20 e Sub-23. Em agosto de 2006, Marcelo foi convocado pelo então técnico Dunga e estreou em uma partida amistosa contra a Turquia em junho de 2007. Marcelo participou de duas olimpíadas, tendo conquistado uma medalha de Bronze nas Olimpíadas de Pequim em 2008, competição qual Marcelo fez um gol contra o Camarões e uma medalha de prata nas Olimpíadas de Londres em 2012.

Após o jogador ter alegado contusão durante várias convocações em 2011, o então técnico Mano Menezes questionou o comprometimento do jogador, na época o clube Real Madrid interveio e defendeu o jogador. Em 2013 Marcelo foi convocado para a Copa das Confederações, competição qual o Brasil foi campeão. O jogador também participou da Copa do Mundo do Brasil, onde marcou um gol contra na estreia do Brasil contra a Croácia, jogo que o Brasil virou para 3×1. Marcelo ainda participou do famoso jogo que o Brasil perdeu por 1×7 para a Alemanha. Ao total, Marcelo tem 45 participações pela seleção principal, com quatro gols anotados, hoje ele é considerado titular da seleção brasileira sob o comando do técnico Tite.

Boas Apostas!